terça-feira, 6 de novembro de 2018

LAURO MAIA - 105 ANOS


LAURO MAIA
Carioca, 1940
http://memoria.bn.br


Há 105 anos nascia o compositor LAURO MAIA.

Lauro Maia Teles nasceu em Fortaleza, Ceará, em 06 de novembro de 1913. Também era arranjador, instrumentista e pianista.

Sua mãe, que era professora de teoria musical, ensinou-lhe as primeiras lições de música.

Em 1933, passou a cursar a Faculdade de Direito do Ceará, abandonando no final do curso. Nesse mesmo ano, ingressou na Diretoria de Viação e Obras Públicas do estado do Ceará.

Casou-se com Djanira Teixeira, que era irmã do compositor Humberto Teixeira, parceiro musical de Lauro Maia em várias composições.

Ainda adolescente, estudante do antigo ginásio, tocava piano no célebre Cine-Teatro Majestic, em Fortaleza. Em 1935, passou a trabalhar na Ceará Rádio Clube, dirigindo o programa Lauro Maia e Seu Ritmo.

Em 1937, obteve o primeiro lugar em um concurso musical promovido pelo jornal O Povo, do Rio de Janeiro, com a marcha Eu sei o que é, e o samba Eis o meu samba. Nesse mesmo ano, Lauro Maia lançaria para o carnaval os sambas Cadê a Melodia? e Foi uma Mulher, ambas para o bloco O que foi Galinha?.

Em 1942 compôs o samba Cara de Judeu, sendo o grito de guerra da Escola de Samba Lauro Maia, que desfilava pela primeira vez e se tronou um grande sucesso em Fortaleza.

Teve sua primeira composição gravada em 1942, pela Odeon, no Rio de Janeiro. Os intérpretes foram os Quatro Ases e Um Coringa, conjunto cearense que registrou a marcha Eu Vi um Leão.

A partir de então teve suas composições gravadas por grandes nomes de nosso cenário musical, a exemplo dos cearenses Gilberto Milfont e do conjunto Quatro Ases e Um Coringa, como também Orlando Silva, Cyro Monteiro, J. B. de Carvalho, Carmélia Alves, Violeta Cavalcanti, Déo, entre outros.

Lauro Maia foi um dos grandes compositores brasileiros dos anos 30 e 40, deixando uma bela e inspirada obra. Ele faleceria precocemente, vitimado pela tuberculose, em 05 de janeiro de 1950, no Rio de Janeiro, aos 36 anos.


Vamos conferir algumas de suas composições, gravadas entre 1942 e 1950, por alguns dos mais queridos de nossos intérpretes.


EU VI UM LEÃO
Batuque de Lauro Maia
Gravado pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.160-A, matriz 6943
Gravado em 16 de abril de 1942 e lançado em junho



PROVA DE FOGO
Samba de Lauro Maia
Gravado pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.246-A, matriz 7151
Gravado em 21 de novembro de 1942 e lançado em janeiro de 1943



FEBRE DE AMOR
Samba de Lauro Maia
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento do Quarteto de Saxes
Disco Odeon 12.345-B, matriz 7248
Gravado em 02 de abril de 1943 e lançado em agosto



TREM DE FERRO
Marcha de Lauro Maia
Gravada pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.355-A, matriz 7350
Gravado em 03 de agosto de 1943 e lançado em setembro



PALMINHA DE GUINÉ
Marcha Infantil de Lauro Maia
Gravada pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.470-A, matriz 7588
Gravado em 02 de junho de 1944 e lançado em agosto



BATE COM O PÉ NO CHÃO
Samba de Lauro Maia
Gravado pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.494-B, matriz 7637
Gravado em 18 de agosto de 1944 e lançado em outubro



EU VOU ATÉ DE MANHÃ
Balanceio de Lauro Maia
Gravado pelos Quatro Ases e Um Coringa
Disco Odeon 12.568-A, matriz 7760
Gravado em 08 de fevereiro de 1945 e lançado em abril



QUANDO DOIS DESTINOS DIVERGEM
Valsa de Lauro Maia
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Lírio Panicali
Disco Odeon 12.571-B, matriz 7771
Gravado em 09 de março de 1945 e lançado em abril



SAMBA DE ROÇA
Samba de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Abel e Raul com Regional
Disco Odeon 12.635-B, matriz 7898
Gravado em 03 de setembro de 1945 e lançado em outubro



SÓ UMA LOUCA NÃO VÊ
Samba de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.643-B, matriz 7914
Gravado em 28 de setembro de 1945 e lançado em novembro



DEUS ME PERDOE
Samba de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravado por Cyro Monteiro
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Regional
Disco Victor 80-0370-A, matriz S-078328-1
Gravado em 07 de novembro de 1945 e lançado em janeiro de 1946



MARIPOSA
Marcha de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Abel e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.672-A, matriz 7957
Gravado em 10 de dezembro de 1945 e lançado em fevereiro de 1946



XÔ PERU
Marcha de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravada por Déo
Acompanhamento de Napoleão e Seus Soldados Musicais
Disco Continental 15.573-B, matriz 1351-2
Lançado em janeiro de 1946



MARGARIDA
Marcha de Roda de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravada por J. B. de Carvalho
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.580-A, matriz 1369-1
Lançado em janeiro de 1946



A MARCHA DO BALANCEIO
Marcha Balanceio de Lauro Maia
Gravada por Joel e Gaúcho
Acompanhamento de Abel e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.678-B, matriz 7982
Gravado em 08 de janeiro de 1946 e lançado em fevereiro



TÃO FÁCIL, TÃO BOM
Balanceio de Lauro Maia
Gravado pelos Vocalistas Tropicais
Disco Odeon 12,681-B, matriz 8005
Gravado em 06 de fevereiro de 1946 e lançado em março



SEU ERRO NÃO TEM PERDÃO
Samba de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.753-B, matriz 8127
Gravado em 18 de novembro de 1946 e lançado em janeiro de 1947



É MUITO TARDE
Samba de Lauro Maia
Gravado por Gilberto Milfont
Acompanhamento de Regional
Disco RCA Victor 80-0522-B, matriz S-078664-1
Gravado em 09 de dezembro de 1946 e lançado em agosto de 1947



POEMA IMORTAL
Valsa de Humberto Teixeira e Lauro Maia
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 12.768-B, matriz 8181
Gravado em 31 de janeiro de 1947 e lançado em março



TREM Ô LA LÁ
Baião de Lauro Maia e Humberto Teixeira
Gravado por Carmélia Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Continental 16.177-A, matriz 2175
Gravado em 1949 e lançado em março/abril de 1950



FAÍSCA
Choro de Lauro Maia e Penélope
Gravado por Vileta Cavalcânti
Acompanhamento de Raul de Barros e Sua Orquestra
Disco Odeon 13.035-B, matriz 8691
Gravado em 24 de abril de 1950 e lançado em agosto










Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte - dicionariompb.com.br










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...