segunda-feira, 5 de novembro de 2018

RELEMBRANDO CÂNDIDO DAS NEVES

CÂNDIDO DAS NEVES
Arquivo Nirez



Há 84 anos falecia o compositor e violonista CÂNDIDO DAS NEVES, o Índio.

Cândido das Neves era filho do célebre cantor, compositor e palhaço de circo Eduardo das Neves, um dos mais queridos intérpretes do começo do século XX.

Cândido nasceu no Rio de Janeiro em 24 de julho de 1899 e faleceu nessa mesma cidade em 04 de novembro de 1934.

Aos cinco anos de idade, interessou-se pelo violão, mas seu pai o proibia de tocar o instrumento (considerado coisa de vagabundo na época), o incentivando a tocar piano ou violino. Por determinação de seu pai, ingressou no colégio interno. Ao terminar o curso, em 1920, dedicou-se (às escondidas) ao violão.

Também era conhecido como Índio ou Índio das Neves.

Trabalhou, em 1922, como funcionário da Estrada de Ferro Central do Brasil, como conferente da estação, depois, chegando a agente ferroviário.

Era casado com Débora Siqueira, com quem teve um filho.

Residiu, por um ano, em Conselheiro Lafaiete (MG), onde foi transferido.
Também ensinava música, já que dominava a leitura e a escrita musical.

Embora tendo iniciado sua carreira como compositor, em 1922 gravou na Odeon Record, como cantor, duas composições suas, Quadra de Amor, fox trot, e Saudades do Sertão, canção.

Em 1930, apresentou-se algumas vezes no programa de Gastão Lamounier, na Rádio Educadora do Brasil. Por essa época, teve algumas músicas gravadas na Victor, como Lenda Sertaneja, canção que foi registrada por Jesy Barbosa.

Teve várias músicas de sucesso, como A Última Estrofe (gravada por Orlando Silva), Noite Cheia de Estrelas, Rasguei o teu Retrato (essas duas gravadas por Vicente Celestino), entre outras.

Vicente Celestino foi seu maior intérprete.
Já fizemos uma postagem com Vicente cantando suas composições: http://bit.ly/2SKIRer


Vamos conferir algumas gravações da autoria de Cândido das Neves, interpretadas por ele e por alguns dos grandes nomes de nossa música.



QUADRA DE AMOR
FoxTrot 
Gravado por Cândido das Neves
Acompanhamento de Regional
Disco Odeon Record 122.148
Lançado em 1922



SAUDADES DO SERTÃO
Canção
Gravada por Cândido das Neves
Acompanhamento de Regional
Disco Odeon Record 122.149
Lançado em 1922



TUDO ACABADO
Tango Canção de Cândido das Neves
Gravado por J. Gomes Jr.
Disco Odeon Record 123.263, matriz 1087
Lançado em 1926



TUDO ACABADO
Canção de Cândido das Neves
Gravada por Pedro Celestino
Disco Odeon Record 123.296, matriz 1108
Lançado em 1927



DE TANGA
Samba de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Pan American, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 10.578-B, matriz 3365-1
Lançado em janeiro de 1930



PORQUE GOSTO DE VOCÊ
Samba de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Pan American, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 10.584-A, matriz 3369
Lançado em abril de 1930



LENDA SERTANEJA
Canção Sertaneja de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Jesy Barbosa
Acompanhamento de Rogerio Guimarães, ao violão, e coro
Disco Victor 33.284-A, matriz 50225-1
Gravado em 03 de abril de 1930 e lançado em julho



CANÇÃO DO CEGUINHO
Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Floriano Belham
Acompanhamento de Rogério Guimarães ao violão
Disco Victor 33.288-B, matriz 50242-2
Gravado em 28 de abril de 1930 e lançado em julho



SIM MAS DESENCOSTA
Samba de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Aracy Côrtes
Disco Odeon 10.664-A, matriz 3721
Lançado em agosto de 1930



CINZAS DE AMOR
Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Floriano Belham
Acompanhamento de dois violões
Disco Victor 33.410-B, matriz 65039-1
Gravado em 22 de novembro de 1930 e lançado em fevereiro de 1931



COM YAYÁ É ASSIM
Samba Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Jesy Barbosa
Acompanhamento de Orquestra e violões
Disco Victor 33.406-A, matriz 65043-2
Gravado em 24 de novembro de 1930 e lançado em fevereiro de 1931



ABISMO DE AMOR
Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Jayme Vogeler
Acompanhamento da Orquestra Guanabara
Disco Parlophon 13.261-A, matriz T-22
Lançado em janeiro de 1931



INFELIZ AMOR
Tango de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Jayme Vogeler
Acompanhamento da Orquestra Guanabara
Disco Parlophon 13.261-B, matriz T-23
Lançado em janeiro de 1931



NOITE CHEIA DE ESTRELAS
Tango Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Vicente Celestino
Acompanhamento da Orquestra de Concertos Columbia
Disco Columbia 22.105-B, 381199-2
Lançado em abril de 1932



JURA DE CABOCLA
Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Benício Barbosa
Acompanhamento de Conjunto Típico
Disco Columbia 22.114-B, matriz 381186
Lançado em maio de 1932



A ÓRFÃ
Canção
Gravada por Dircinha Batista
Acompanhamento de Índio (Cândido das Neves) e Tuti aos violões
Disco Odeon 11.070-A, matriz 4645
Gravado em 18 de abril de 1933 e lançado em novembro



ANJO ENFERMO
Canção
Gravada por Dircinha Batista
Acompanhamento de Índio (Cândido das Neves) e Tuti aos violões
Disco Odeon 11.070-B, matriz 4646
Gravado em 18 de abril de 1933 e lançado em novembro



A MAIOR DESCOBERTA
Marcha de Cândido das Neves
Gravada por Almirante e Castro Barbosa
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco Victor 33.758-A, matriz 65934-1
Gravado em 12 de janeiro de 1934 e lançado em fevereiro



A ÚLTIMA ESTROFE
Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Pereira Filho, Luís Bittencourt e Luperce Miranda aos violões
Disco Victor 33.975-A, matriz 79931-1
Gravado em 18 de junho de 1935 e lançado em setembro



LÁGRIMAS
Valsa Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Pereira Filho, Luís Bittencourt e Luperce Miranda aos violões
Disco Victor 33.975-B, matriz 79932-1
Gravado em 18 de junho de 1935 e lançado em setembro



APOTEOSE DO AMOR
Valsa de Cândido das Neves (Índio)
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Pereira Filho, Luís Bittencourt e Luperce Miranda aos violões
Disco Victor 34.047-A, matriz 79948-1
Gravado em 01 de julho de 1935 e lançado em abril de 1936



E NADA MAIS
Tango Canção de Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Vicente Celestino
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira, sob a direção de Pixinguinha
Disco 33.987-A, matriz 79978-1
Gravado em 12 de julho de 1935 e lançado em outubro










Agradecimento ao Arquivo Nirez









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...