sábado, 18 de maio de 2019

DE CHOCOLAT - 132 ANOS


DE CHOCOLAT
oblogdoabelha.blogspot.com


132 anos nascia o cantor, compositor, teatrólogo e poeta DE CHOCOLAT.

Nascido João Cândido Ferreira em Salvador (BA), a 18 de maio de 1887, ficou conhecido por dois pseudônimos. O primeiro, Jocanfer, no início de sua carreira, e De Chocolat, depois de uma temporada em Paris. O público francês lhe conferiu esse apelido por ele ser negro. Ao voltar ao Brasil, adotou esse pseudônimo.

Em 1926, fundou a Companhia Negra de Revistas, convidando Jaime Silva (único branco) para sócio.
A Companhia Negra de Revistas estreou no dia 31 de julho de 1926 com a revista Tudo Preto, de sua autoria, no Teatro Rialto. A direção era sua e de Alexandre Montenegro. Também atuou como o Compadre da revista. No elenco, estavam Jandira Aymoré (futura esposa de Pixinguinha), Rosa Negra, Osvaldo Viana, Dalva Espíndola (irmã de Aracy Côrtes), Mingote e Guilherme Flores. A orquestra também era composta de negros, tendo Pixinguinha como regente e Sebastião Cirino como autor das músicas. Coube à Dalva Espíndola lançar a música Cristo nasceu na Bahia, de Duque e Sebastião Cirino, um grande sucesso no carnaval de 1927, sendo gravada na Odeon por Arthur Castro.

De Chocolat compôs músicas que seriam gravadas, entre elas se destaca Baianinha, sucesso em disco com Aracy Côrtes, mas, também gravada pela soprano Laís Areda. Também compôs o samba Mulata, que Francisco Alves gravou.

Ao longo da vida ele escreveu ou produziu diversas peças para o teatro.
Por ocasião de sua morte, no Rio de Janeiro, em 27 de dezembro de 1956, a Revista do Teatro, publicada pela SBAT, em seu número de fevereiro de 1957, dedicou-lhe uma reportagem, onde se lê: "Com a morte de De Chocolat perdeu o Rio de Janeiro um dos seus expoentes artísticos da Velha Guarda. Boêmio até a raiz dos cabelos, De Chocolat, cujo verdadeiro nome era João Cândido Ferreira, foi um artista completo de variedades: repentista, improvisador e imitador, que cantava com muita graça e dizia versos como pouca gente, com uma simplicidade de espantar.".



BAIANINHA
Samba de De Chocolat e Oscar Mota
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra Parlophon
Disco Parlophon 12.926-B, matriz 2365
Lançado em março de 1929



MISS BRASIL
Canção de De Chocolat e Ernesto dos Santos (Donga)
Gravada por Alfredo Albuquerque
Acompanhamento da Rio Dance Orquestra
Disco Odeon 10.348-A, matriz 2357
Lançado em março de 1929



BAIANINHA
Maxixe de De Chocolat e Oscar Mota
Gravado por Laís Areda
Acompanhamento da Orquestra Pan American
Disco Odeon 10.355-A, matriz 2404
Gravado em 27 de fevereiro de 1929 e lançado em abril de 1929



MULATA
Samba de De Chocolat
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Pan American
Disco Odeon 10.472-B, matriz 2.870
Lançado em outubro de 1929



TRÊS DA MANHÃ
Fox Canção de Manoel Pereira Franco e De Chocolat
Gravado por Moacyr Bueno Rocha
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.144-B, matriz 381295
Lançado em 1932



BOA NOITE QUERIDA
Fox Trot de Ray Noble, em versão de De Chocolat
Gravado por Castro Barbosa
Acompanhamento de Harry Korsarin e Seus Almirantes
Disco Victor 33.563-A, matriz 65439-5
Gravado em 10 de maio de 1932 e lançado em junho de 1932



GUARDE A ÚLTIMA VALSA PARA MIM
Valsa de Walter Hirsch e De Chocolat
Gravada por As Três Marquesas
Acompanhamento de Harry Korsarin e Seus Almirantes
Disco Victor 33.563-B, matriz 65447-2
Gravado em 11 de abril de 1932 e lançado em junho de 1932



A VENTURA DE UM BEIJO
Valsa de Guilherme Pereira e De Chocolat
Gravada por Jorge Fernandes
Acompanhamento de Harry Korsarin e Seus Almirantes
Disco Victor 33.564-B, matriz 65489-2
Gravado em 13 de maio de 1932 e lançado em junho de 1932



NA ALDEIA
Samba de Carusinho, Sílvio Caldas e De Chocolat
Gravado por Sílvio Caldas
Acompanhamento dos Diabos do Céu, sob a direção de João Martins
Disco Victor 33.727-B, matriz 65806-1
Gravado em 18 de julho de 1933 e lançado em dezembro de 1933



FALANDO AO TEU RETRATO
Valsa Canção de Jayme Florence (Meira) e De Chocolat
Gravada por Augusto Calheiros
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 11.221-B, matriz 5011
Gravado em 30 de janeiro de 1935 e lançado em maio de 1935



MEU BRANCO
Samba Canção de Benedito Lacerda e De Chocolat
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.224-A, matriz 5022
Gravado em 27 de abril de 1935 e lançado em maio de 1935



FELICIDADE
Canção de J. C. Rondon e De Chocolat
Gravada por Gastão Formenti
Acompanhamento da Orquestra Copacabana Sob Direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.537-B, matriz 5683
Gravado em 05 de outubro de 1937 e lançado em novembro de 1937











Agradecimento ao Arquivo Nirez














Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...