sexta-feira, 12 de julho de 2019

NILTON BASTOS - 120 ANOS

Nílton Bastos
http://zip.net/bjtn9W


Há 120 anos nascia o compositor NILTON BASTOS.

Nilton Bastos nasceu no Rio de Janeiro em 12 de julho de 1899. Seu pai era comerciante português e sua mãe, costureira, tendo sido criado no bairro carioca de São Cristóvão. Não chegou a concluir o curso primário e nunca estudou música, tocando piano de ouvido.

Trabalhou como torneiro mecânico no Arsenal de Guerra, frequentando desde cedo as rodas de samba e ranchos carnavalescos de sua época, como o Ameno Resedá e o Flor de Abacate. Começou a compor com um de seus companheiros de roda de samba, Ismael Silva.

Sua primeira composição gravada se deu na Odeon em 1929, quando Mário Reis registrou em cera o samba O Destino Deus é Quem Dá, um dos sucessos de 1929.

No final dos anos 20, Francisco Alves expôs a Ismael Silva o desejo de gravar suas músicas, com a seguinte condição: que seu nome constasse nos créditos como co-autor das mesmas. Ismael impôs o seguinte: que o nome de Nilton Bastos, seu parceiro habitual, também fosse incluído. Segundo o Dicionário Ricardo Cravo Albin da Música Popular Brasileira, “esse episódio deu margem a que a autoria de diversos sambas assinados pelos três causasse polêmica”. Entre eles, estaria o antológico Se Você Jurar, que foi sucesso no Carnaval de 1931, gravado no final de 1930 na Odeon por Francisco Alves e Mário Reis.


Diario Carioca, 1931.
http://memoria.bn.br

 Nilton Bastos teve algumas de suas composições gravadas e fazendo sucesso, como O Dinheiro Faz Tudo, samba de sua autoria gravado em 1930 na Columbia por Januário de Oliveira e Jararaca.


O Malho, 1930.
http://memoria.bn.br

Outros sambas seriam gravados pela dupla Francisco Alves e Mário Reis. Em parceria com Ismael Silva, ele comporia Quero Sossego, bonito samba gravado por Aracy Côrtes na Brunswick e lançado em 1931.

Nilton Bastos faleceu precocemente, vitimado pela tuberculose, em 08 de setembro de 1931, aos 32 anos de idade.


NILTON BASTOS
Crítica, 1930.
http://memoria.bn.br

 Em sua homenagem, Ismael Silva, Noel Rosa e Francisco Alves compuseram o samba Adeus, gravado em 1932 pela dupla Jonjoca e Castro Barbosa, na Victor.




O DESTINO DEUS É QUEM DÁ
Samba
Gravado por Mário Reis
Acompanhamento da Orquestra Pan American
Disco Odeon 10.357-B, matriz 2405
Gravado em 27 de fevereiro de 1929 e lançado em abril



ANTES SÓ
Samba
Gravado por Ascendino Lisboa
Acompanhamento de Simão Nacional Orquestra
Disco Parlophon 13.025-A, matriz 2867
Gravado em 1929 e lançado em outubro



O DINHEIRO FAZ TUDO
Samba
Gravado por Januário de Oliveira e Jararaca
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Petit, Zezinho e Grany
Disco Columbia 5.184-B, matriz 380609
Lançado em março de 1930



NEM É BOM FALAR
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento dos bambas do Estácio
Disco Odeon 10.745-A, matriz 4067-1
Gravado em 27 de novembro de 1930 e lançado em janeiro de 1931



NÃO HÁ
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves e Mário Reis
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.747-A, matriz 4079
Gravado em 05 de dezembro de 1930 e lançado em janeiro de 1931



SE VOCÊ JURAR
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves e Mário Reis
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.747-B, matriz 4080
Gravado em 05 de dezembro de 1930 e lançado em janeiro de 1931



QUERO SOSSEGO
Samba em parceria com Ismael Silva
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra Brunswick
Disco Brunswick 10.158-A, matriz 602
Lançado em 1931




É BOM EVITAR
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.837-A, matriz 4271
Lançado em 1931




O QUE SERÁ DE MIM
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves e Mário Reis
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.780-B, matriz 4162-1
Gravado em 28 de dezembro de 1931 e lançado em abril




EU BEM SEI
Samba em parceria com Francisco Alves e Ismael Silva
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento dos Bambas do Estácio
Disco Odeon 10.818-A, matriz 4251
Gravado em 12 de junho de 1931 e lançado em 1931




FEITIÇEIRO
Samba 
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento dos Bambas do Estácio
Disco Odeon 10.818-B, matriz 4293
Gravado em dezembro de 1930 e lançado em 1931




ADEUS
Samba de Ismael Silva, Noel Rosa e Francisco Alves
Gravado por Jonjoca e Castro Barbosa
Acompanhamento do Grupo da Guarda Velha
Disco Victor 33.548-B, matriz 65451-2

Gravado em 12 de abril de 1932 e lançado em maio de 1932












Agradecimento ao Arquivo Nirez




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...