Páginas

Translate

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

LAURINDO DE ALMEIDA - 102 ANOS

LAURINDO DE ALMEIDA
O Cruzeiro, 1954.
http://memoria.bn.br


Há 102 anos nascia o violonista e compositor LAURINDO DE ALMEIDA.

Laurindo de Almeida nasceu em Miracatu (SP), em 02 de setembro de 1917. Sua família era grande e gostava muito de música. Seu pai, além de trabalhar como ferroviário era um apaixonado seresteiro.

Ainda na infância, Laurindo se interessou pelo violão, tendo as primeiras lições com sua mãe, que era pianista amadora. Com nove anos de idade, recebia lições de violão de sua irmã Maria, que também tocava o instrumento.

Já adolescente, tocava em serestas como seu pai, mas aos doze anos de idade foi morar em São Paulo com o irmão. Em 1932, com apenas 15 anos de idade, lutou na Revolução de 1932, em São Paulo. Foi ferido e enquanto se recuperava, conheceu no hospital o violonista Garoto (Aníbal Augusto Sardinha) que visitava o local.

Em 1936 se mudou para o Rio de Janeiro e passou a trabalhar na Rádio Mayrink Veiga, permanecendo por onze anos. Trabalhou no Cassino da Urca por mais de cinco anos.


ZÉ CARIOCA e LAURINDO DE ALMEIDA
Fon Fon, 1940.
http://memoria.bn.br

Gravou seu primeiro disco em 1938, na Odeon, trazendo do lado A a valsa de sua autoria, Saudade que Passa, gravada em sua guitarra. Do lado B, Gastão Bueno Lobo gravaria com sua guitarra havaiana o choro de Laurindo, Inspiração. Ainda em 1938, Roberto Paiva gravaria da autoria de Laurindo de Almeida o samba, O Último Samba.

Em 1939, um mês antes de viajar pela primeira vez aos EUA, Carmen Miranda gravou dois sambas de Laurindo de Almeida: Mulato Anti-Metropolitano e Você nasceu para ser granfina. Nesse mesmo ano, Aracy de Almeida gravava, também de Laurindo, o belo samba canção Pedro Viola.


Laurindo de Almeida, sentado, com sua guitarra havaiana.
A Scena Muda, 1944.
http://www.bjksdigital.museusegall.org.br/

No Brasil, ele seria interpretado por nomes como Odete Amaral, Orlando Silva, Heleninha Costa, entre outros.

Na metade da década de 1940 ele era considerado um dos melhores violonistas do país e, com o fechamento dos Cassinos em 1946, foi morar nos EUA. Estabelecendo-se em Hollywood, teve uma vitoriosa carreira internacional, gravando vários discos e tocando com grandes nomes do cenário musical norte americano, além de ser considerado também um dos melhores artistas entre eles.


A Scena Muda, 1947.
http://www.bjksdigital.museusegall.org.br/


Louis Serrano, representante de Fon Fon (revista) em Holywood, e Laurindo de Almeida.
Fon Fon, 1951.
http://memoria.bn.br

Praticamente esquecido no Brasil, ele participou da trilha sonora de vários filmes internacionais, sendo o último em 1992, Os Imperdoáveis. Nos EUA ele sempre teve sua carreira artística reconhecida.

É o único brasileiro a figurar na Enciclopédia do Jazz.

Foi o criador do que ele mesmo chamou jazz-samba, uma combinação de jazz com elementos de samba.

Laurindo de Almeida faleceu em Los Angeles (EUA), em 26 de julho de 1995, pouco antes de completar 78 anos de idade.


O Cruzeiro, 1948.
http://memoria.bn.br

Trago várias de suas composições, gravadas entre 1938 e 1946, onde ele também atua como intérprete ou é interpretado por nomes como Carmen Miranda, Orlando Silva, Odete Amaral, entre outros.




SAUDADE QUE PASSA
Valsa de Laurindo de Almeida
Gravada por Laurindo de Almeida na Guitarra
Acompanhamento de Tute e Gastão
Disco Odeon 11.649-A, matriz 5945
Gravado em 20 de maio de 1938 e lançado em outubro de 1938



INSPIRAÇÃO
Choro de Laurindo de Almeida
Gravado por Gastão Bueno Lobo na Guitarra Havaiana
Acompanhamento de Laurindo e Tute
Disco Odeon 11.649-B, matriz 5844
Gravado em 20 de maio de 1938 e lançado em outubro de 1938



O ÚLTIMO SAMBA
Samba de Laurindo de Almeida
Gravado por Roberto Paiva
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob Direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.655-A, matriz 5912
Gravado em 20 de setembro de 1938 e lançado em outubro de 1938



PEDRO VIOLA
Samba Canção de Laurindo de Almeida
Gravado por Aracy de Almeida
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.456-A, matriz 33048-1
Gravado em 31 de março de 1939 e lançado em julho de 1939



UMA LEMBRANÇA UMA SAUDADE
Valsa de Laurindo de Almeida
Gravada por Luís Americano
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.474-A, matriz 33085-1
Gravado em 03 de junho de 1939 e lançado em agosto de 1939



PENSANDO EM VOCÊ
Choro de Laurindo de Almeida
Gravado por Luís Americano
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.474-B, matriz 33086-1
Gravado em 03 de junho de 1939 e lançado em agosto de 1939



MULATO ANTI-METROPOLITANO
Samba de Laurindo de Almeida
Gravado por Carmen Miranda
Acompanhamento do Conjunto Regional de Laurindo e Garoto
Disco Odeon 11.787-A, matriz 6054
Gravado em 05 de abril de 1939 e lançado em novembro de 1939



VOCÊ NASCEU PRA SER GRANFINA
Samba de Laurindo de Almeida
Gravado por Carmen Miranda
Acompanhamento do Conjunto Regional de Laurindo e Garoto
Disco Odeon 11.787-B, matriz 6055
Gravado em 05 de abril de 1939 e lançado em novembro de 1939



ALDEIA DE ROUPA BRANCA
Marcha de Laurindo de Almeida e Ubirajara Nesdan
Gravada por Os Pinguins
Disco Victor 34.578-A, matriz 33314-1
Gravado em 28 de dezembro de 1939 e lançado em fevereiro de 1940



MINHA SAUDADE
Canção de Laurindo de Almeida
Gravada por Aracy de Almeida
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.586-B, matriz 33325-1
Gravado em 14 de fevereiro de 1940 e lançado em abril de 1940



NÃO QUERO DIZER ADEUS
Samba Choro de Laurindo de Almeida
Gravado por Odete Amaral
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 12.019-B, matriz 6646
Gravado em 14 de maio de 1941 e lançado em agosto de 1941



QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA
Samba de Laurindo de Almeida e Ubirajara Nesdan
Gravado por Odete Amaral
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.088-A, matriz 6813
Gravado em 21 de outubro de 1941 e lançado em fevereiro de 1942



MEU CABOCLO
Canção Patriótica de Laurindo de Almeida e Junquilho Lourival
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.898-B, matriz S-052482
Gravado em 13 de fevereiro de 1942 e lançado em abril de 1942



SINHAZINHA
Canção de Laurindo de Almeida
Gravada por Odete Amaral
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 12.343-A, matriz 7330
Gravado em 21 de junho de 1943 e lançado em agosto de 1943



CASA SEM NÚMERO
Samba de Laurindo de Almeida e Dias Da Cruz
Gravado por Odete Amaral
Acompanhamento de Gaó e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.480-A, matriz 7602
Gravado em 23 de junho de 1944 e lançado em agosto de 1944



VOCÊ É TUDO QUE EU SONHEI
Samba de Laurindo de Almeida e Del Loro
Gravado por Heleninha Costa
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.220-A, matriz 888-1
Lançado em janeiro de 1945



AMOR
Samba de Laurindo de Almeida e Valdemar de Abreu (Dunga)     
Gravado por Heleninha Costa
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.220-B, matriz 889-1
Lançado em janeiro de 1945



CARINHO PROIBIDO
Samba de Laurindo de Almeida e Romeu Geraldo de Almeida
Gravado por Heleninha Costa
Acompanhamento de Laurindo e Seu Conjunto
Disco Continental 15.719-A, matriz 1531-1
Gravado em 25 de junho de 1946 e lançado em outubro de 1946



PERFUME DA TERRA
Samba de Laurindo de Almeida e Del Loro
Gravado por Heleninha Costa
Acompanhamento de Laurindo e Seu Conjunto
Disco Continental 15.719-B, matriz 1530-1
Gravado em 25 de junho de 1946 e lançado em outubro de 1946



PÁSSARO CATIVO
Canção de Laurindo de Almeida e Dias da Cruz
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento dos Brazilian Serenaders
Disco Odeon 12.706-A, matriz 8038
Gravado em 13 de maio de 1946 e lançado em junho de 1946



DISSIMULADA
Chorinho de Laurindo de Almeida e Simoens da Silva (Bororó)
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento dos Brazilian Serenaders
Disco Odeon 12.706-B, matriz 8039-1
Gravado em 13 de maio de 1946 e lançado em junho de 1946











Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...