quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

EFEMÉRIDES DE 13 DE FEVEREIRO: BIBI FERREIRA, LUCIANO PERRONE, GILDA VALENÇA E SILVINHA CHOZZO


A data de hoje, 13 de fevereiro, marca o nascimento ou falecimento dos seguintes artistas: BIBI FERREIRA, LUCIANO PERRONE, GILDA VALENÇA e SILVINHA CHOZZO.



BIBI FERREIRA


BIBI FERREIRA
O Malho, 1941
http://memoria.bn.br/


Nascida Abigail Izquierdo Ferreira no Rio de Janeiro, em 01 de junho de 1922, ela era filha do grande ator Procópio Ferreira e da bailarina espanhola Aída Izquierdo. Seu nome, Abigail, foi uma homenagem à atriz Abigail Maia.

A pequena Bibi Ferreira estreou no teatro aos 20 dias de idade, justamente em uma peça onde a estrela era Abigail Maia, Manhãs de Sol. A recém-nascida substituía uma boneca que havia desaparecido do cenário.

Em sua adolescência e fase adulta Bibi Ferreira se dedicou ao teatro e os musicais.
Além de atriz era cantora, compositora e diretora.

Entre seus sucessos estão Gota d´Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes; My Fair Lady, ao lado de Paulo Autran; O Homem de La Mancha; Hello Dolly e Piaf, a Vida de uma Estrela da Canção.

Como diretora, dirigiu concertos, óperas e peças de teatro, conduzindo espetáculos de Maria Bethânia, Elizeth Cardoso, Clara Nunes e Roberta Miranda.


No ano de 1960, ela participou da inauguração da TV Excelsior com o programa Brasil 60.


Embora não fizesse novelas, atuou na minissérie Marquesa de Santos, da Rede Manchete, vivendo Dona Maria, mãe de Dom João VI.

Em setembro de 2018 ela aposentou-se dos palcos após uma carreira artística de 77 anos. Até os 95 anos de idade, Bibi Ferreira apresentava-se pelo Brasil e no exterior fazendo shows.

Bibi Ferreira faleceu no Rio de Janeiro, na tarde 13 de fevereiro de 2019, aos 96 anos de idade.


Bibi Ferreira
https://exame.abril.com.br/


FITINHA ENCARNADA
Toada de Bibi Ferreira
Gravada por Bibi Ferreira
Acompanhamento de Dilermando Reis e Meira aos Violões
Disco Columbia 55.289-A, matriz 423-1
Gravado em 1941 e lançado em 1941



LÁ LONGE NA MINHA TERRA
Toada de Bibi Ferreira
Gravada por Bibi Ferreira
Acompanhamento de Dilermando Reis e Meira aos Violões
Disco Columbia 55.289-B, matriz 424-1
Gravado em 1941 e lançado em 1941






LUCIANO PERRONE

Luciano Perrone
http://memoria.bn.br/


Luciano Perrone nasceu no Rio de Janeiro em 11 de janeiro (algumas fontes indicam o dia 08 de janeiro) de 1908. Foi cantor, baterista, percussionista e compositor. Seu pai era Luís Perrone, chefe de bandas militares e diretor de várias orquestras do Rio de Janeiro, no período de 1908 a 1918. Sua mãe era Noêmia Franklin Batista Perrone, dedicada à música e pianista.

Luciano Perrone, em criança, integrou o coro na Schola Cantorum Santa Cecília, no Rio de Janeiro, sendo solista e chegando a acompanhar o famoso tenor Enrico Caruso na ópera Lodoletta, de Pietro Mascagni.

Em 1922, ele faria a dublagem de Jackie Coogan no filme O Garoto (The Kid), de Charles Chaplin.

Com Simon Bountman, desde 1927, já fazia suas primeiras gravações.

Como cantor, gravaria alguns discos como na Columbia, em 1932, interpretando o samba Padeço por Ti.

Tornou-se o mais famoso baterista do Brasil, atuando com vários maestros: Sílvio Sousa, Chameck, Rafael Romano, Eduardo Andreossi, José Rodrigues e Pichman, apresentando-se em cassinos, hotéis e cinemas.

Luciano Perrone faleceu em 13 de fevereiro de 2001, aos 93 anos de idade.
  


PADEÇO POR TI
Samba de Osvaldo Lira e Otaviano Romeiro (Fon-Fon)
Gravado por Luciano Perrone
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.109-B, matriz 381202
Lançado em abril de 1932



MEU SABIÁ
Samba de Bonfiglio de Oliveira e Lamartine Babo
Gravado por Luciano Perrone
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.157-B, matriz 381306
Lançado em dezembro de 1932



UM BEIJO SÓ
Samba de Bonfiglio de Oliveira e Cândido das Neves (Índio)
Gravado por Luciano Perrone
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.157-B, matriz 381333
Lançado em dezembro de 1932



O VENDEDOR DE PIPOCA
Rumba de Bonfiglio de Oliveira e Alberto Ribeiro
Gravada por Luciano Perrone e Alberto Ribeiro
Acompanhamento de Orquestra Típica Cubana
Disco Columbia 22.159-B, matriz 381334
Lançado em dezembro de 1932



A VOZ DO MORRO
Samba de Zé Kéti
Gravado por Luciano Perrone e Sua Orquestra
Disco Continental 17.232-A, matriz C-3754
Gravado em 02 de janeiro de 1956 e lançado em fevereiro/março de 1956



SORRIU PRA MIM
Samba de Garoto e Luís Cláudio
Gravado por Luciano Perrone e Sua Orquestra
Disco Continental 17.232-B, matriz C-3755
Gravado em 02 de janeiro de 1956 e lançado em fevereiro/março de 1956






GILDA VALENÇA


GILDA VALENÇA
Manchete, 1957
http://memoria.bn.br/


Ermenegilda Pereira nasceu em Lisboa, Portugal, em 13 de fevereiro de 1926. Era irmã da também cantora Ester de Abreu.

Em 1953 gravou seu primeiro disco, trazendo no lado A a marcha Uma Casa Portuguesa, que foi um grande sucesso.

Embora cantando e gravando fados, Gilda Valença também gravou outros gêneros como marcha, batuque e toada.


Fon Fon, 1954
http://memoria.bn.br/

Em 1956, lançou o LP Gilda Valença canta para você.

Gilda Valença faleceu em 1983, no Rio de Janeiro.


UMA CASA PORTUGUESA
Marcha de Artur Fonseca e Reinaldo Ferreira, em versão de Matos Sequeira
Gravada por Gilda Valença
Acompanhamento de Orquestra
Disco Sinter 00-00.271-A, matriz S-593
Lançado em outubro de 1953



CANÇÃO DO MOINHO
Toada de Amadeu do Vale e Carlos Dias
Gravado por Gilda Valença
Acompanhamento de Conjunto
Disco Sinter 00-00.411-B, matriz S-902
Lançado em julho/agosto de 1955



UVAS PRETAS
Marcha de Pedro Caetano e Carlos Renato
Gravada por Gilda Valença
Acompanhamento de Orquestra e Coro
Disco Sinter 00-00.443-A, matriz S-992
Lançado em novembro/dezembro de 1955



LISBOA ANTIGA
Fado de José Galhardo, Amadeu do Vale e Raul Portela
Gravado por Gilda Valença
Acompanhamento de Orquestra e Coro
Disco Sinter 00-00.476-A, matriz S-1050
Lançado em junho de 1956



AI MOURARIA
Fado de Frederico Valério e Amadeu do Vale
Acompanhamento de Orquestra
Disco Sinter 499-B, matriz S-1093
Lançado em outubro de 1956





SILVINHA CHOZZO


Silvinha Chiozzo
Manchete, 1954
http://memoria.bn.br/


Sylvia Chiozzo nasceu em São Paulo (SP) em 13 de fevereiro de 1938. É irmã da também cantora e atriz Adelaide Chiozzo.

Silvinha Chiozzo cantava desde os quatro anos de idade, em show onde seus pais e irmãos se apresentavam.

Com 16 anos de idade, em 1954, foi convidada a integrar o elenco de novos artistas da PRE Neno. Ouvida por Victor Costa, diretor da Rádio Nacional, quase foi contratada. O que impediu a contratação foi ela ser menor de idade. Mas seria contratada em 1956, aos 18 anos.

Gravou seu primeiro disco na Sinter em 1956, com as músicas Coração em Férias, fox, e Este é o Samba, samba.

Em 1958, ao lado da irmã Adelaide Chiozzo, Silvinha gravou duas músicas, Ele Esqueceu e Cabecinha no Ombro.

Em 1959 ela se casaria com o locutor esportivo da Rádio Nacional, Oswaldo Moreira, tendo duas filhas. Foi diminuindo o ritmo de sua carreira até 1973, quando encerrou o contrato com a Rádio Nacional também sua carreira artística.



CORAÇÃO EM FÉRIAS
Fox Trot de Abel Ferreira e Luís Bittencourt
Gravado por Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Orquestra
Disco Sinter 501-A, matriz S-1086
Lançado em outubro de 1956



ESTE É O SAMBA
Samba de Getúlio Macedo e Almeida Batista
Gravado por Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Orquestra e Coro
Disco Sinter 501-B, matriz S-1087
Lançado em outubro de 1956



É SAMBA
Samba de Vicente Paiva, Luís Iglezias e Valter Pinto
Gravado por Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Orquestra
Disco Copacabana 5.795-A, matriz M-1965
Lançado em 1957



ZÉ DA ONÇA
Baião de João do Vale, Abdias Filho e Adrian Caldeiras
Gravado por Silvinha Chiozzo e Zé Gonzaga
Acompanhamento de Regional
Disco Copacabana 5.795-B, matriz M-1990
Lançado em 1957



ELE ESQUECEU
Valsa de Luís Lemos e Carlos Matos
Gravado por Adelaide Chiozzo e Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Orquestra
Disco Copacabana 5.898-A, matriz M-2193
Lançado em junho de 1958



CABECINHA NO OMBRO
Rasqueado de Paulo Borges
Gravado por Adelaide Chiozzo e Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Orquestra
Disco Copacabana 5.898-B, matriz M-2194
Lançado em junho de 1958



LUA DE MEL
Fox de Bruno Marnet e Ari Monteiro
Gravado por Silvinha Chiozzo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 17.689-A, matriz C-4168
Lançado em junho de 1959














Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...