quinta-feira, 5 de março de 2020

EFEMÉRIDES DE 05 DE MARÇO: HEITOR VILLA-LOBOS, CARMEN GOMES, ABÍLIO LESSA E PATATIVA DO ASSARÉ

A data de hoje, 05 de março, marca o nascimento e falecimento dos seguintes artistas: HEITOR VILLA-LOBOS, CARMEN GOMES, ABÍLIO LESSA e PATATIVA DO ASSARÉ.




HEITOR VILLA-LOBOS


HEITOR VILLA-LOBOS
https://www.viamusical.com.br/


Heitor Villa-Lobos nasceu no Rio de Janeiro em 05 de março de 1887, sendo um compositor, maestro, violoncelista, pianista e violonista.

É considerado um dos maiores maestros que o Brasil já conheceu, com fama internacional.

Algumas fontes o indicam o compositor sul-americano mais conhecido de todos os tempos.

Villa-Lobos faleceu no Rio de Janeiro em 17 de novembro de 1959.

Para saber mais sobre sua vida e obra: http://dicionariompb.com.br/villa-lobos


Ouçam algumas composições de Heitor Villa Lobos com Guiomar Novaes e Elsie Houston.



POLICHINELO
De Heitor Villa-Lobos
Gravada por Guiomar Novaes ao Piano
Disco Victrola 1.323-B, matriz 38252-1

Lançado em 1927




XANGÔ, por Elsie Houston




Serestas: Realejo/Estrela do Céu, por Elsie Houston e Lucília Villa-Lobos




Serestas: Desejo/Na Paz do outono, por Elsie Houston e Lucília Villa-Lobos







CARMEN GOMES


CARMEN GOMES
O Malho, 1930.
http://memoria.bn.br/

Carmen Gomes nasceu em 05 de março de 1900.

Foi uma soprano brasileira de destaque na primeira década do século XX, tendo gravado alguns discos.

Ela faleceria em 12 de julho de 1955.


Carmen Gomes
Fon Fon, 1935
http://memoria.bn.br/

Trago Sento Uma Forza Indomita, um belo trecho de Il Guarany, de Carlos Gomes, gravado por Carmen Gomes e Reis e Silva, na Victor, em 1930.



O GUARANY - SENTO UNA FORZA INDOMITA (I)
Dueto de Antônio Carlos Gomes
Gravado por Carmen Gomes e Reis e Silva
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira de Concerto
Disco Victor 91.500-A, matriz 50233-2
Gravado em 15 de abril de 1930 e lançado em 1930



O GUARANY - SENTO UNA FORZA INDOMITA (II)
Dueto de Antônio Carlos Gomes
Gravado por Carmen Gomes e Reis e Silva
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira de Concerto
Disco Victor 91.500-B, matriz 50234-3

Gravado em 16 de abril de 1930 e lançado em 1930




ABÍLIO LESSA
Cantor e Compositor
(1926 – 1975)

O Malho, 1951.
http://memoria.bn.br


Abílio Lessa nasceu no Rio de Janeiro em 05 de março de 1926.

No começo da década de 1940, iniciou sua carreira artística, gravando seu primeiro disco em 1946. Ao todo, gravou dezesseis músicas no processo de 78 rpm, em oito discos, passando pelas gravadoras Victor, Continental e Star.

Atuou na Rádio Nacional, apresentando-se no programa Dicionário Toddy, dirigido por Fernando Lobo.

Lançou seu último disco em 1961, o LP Quando canta o Trovador, pela Phillips, interpretando músicas de vários compositores, inclusive dele próprio.

Abílio Lessa faleceu aos 49 anos de idade, vitimado por um câncer de esôfago, em 31 de maio de 1975.

Sua breve carreira artística foi suficiente para firmá-lo entre os cantores de destaque dos anos 40 e 50, muito em razão de sua bela voz.



SYMPHONIE
Fox Trot de Al Stone, em versão de Alberto Ribeiro
Gravado por Abílio Lessa
Acompanhamento de Orquestra
Disco Continental 15.685-A, matriz 1553-1
Lançado em setembro de 1946



HÁ MUITO TEMPO ATRÁS (IT´S BEEN A LONG LONG TIME)
Fox Trot de S. Cahn, J. Styne, em versão de Osvaldo Santiago
Gravado por Abílio Lessa
Acompanhamento de Orquestra
Disco Continental 15.685-B, matriz 1554-1
Lançado em setembro de 1946



BARBA AZUL
Samba de Alberto Ribeiro e Alcir Pires Vermelho
Gravado por Abílio Lessa
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0486-A, matriz S-078623-1
Gravado em 09 de outubro de 1946 e lançado em janeiro de 1947



NÃO FALEM MAL DA MULHER
Samba de Alberto Ribeiro e Saint Clair Sena
Gravado por Abílio Lessa
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0486-B, matriz S-078624-1
Gravado em 09 de outubro de 1946 e lançado em janeiro de 1947



MIMI
Valsa Canção de Uriel Lourival
Gravada por Abílio Lessa
Acompanhamento de Regional
Disco RCA Victor 80-0500-A, matriz S-078679-1
Gravado em 11 de novembro de 1946 e lançado em março de 1947





PATATIVA DO ASSARÉ


PATATIVA DO ASSARÉ
https://portalaracagi.com.br/


Antônio Gonçalves da Silva nasceu no sítio Serra de Santana, no município de Assaré (CE), em 05 de março de 1909.

Foi um poeta e repentista brasileiro, considerado um dos maiores representantes da arte popular nordestina do século XX.

Com uma linguagem simples e poética, ele retratava a vida sofrida do sertão nordestino em poemas como Triste Partida, que em 1964 foi musicado e gravado por outro grande artista nordestino, Luiz Gonzaga.

Patativa do Assaré faleceu em 08 de julho de 2002, aos 93 anos de idade.


Teve sua obra divulgada pelo mundo e seu trabalho estudado em universidades da Europa.



Triste Partida, com Luiz Gonzaga





















Agradecimento a Gilberto Inácio Gonçalves e ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...