quarta-feira, 8 de abril de 2020

FRANCISCO MATTOSO - 107 ANOS


FRANCISCO MATTOSO
Arquivo Nirez



Há 107 anos nascia o compositor e advogado FRANCISCO MATTOSO.


Francisco de Queirós Mattoso nasceu em Petrópolis (RJ) em 08 de abril de 1913. Aos cinco anos, tocava de ouvido (usando apenas um dedo), as músicas que ouvia no gramofone da família.

Formou-se em Direito, porém, preferiu seguir a carreira de compositor, onde foi extremamente bem-sucedido.




Desde o começo da década de 30, Francisco Mattoso percorria as rádios carioca. Em 1933, através do Dr. Cid Pacheco, conheceu Noel Rosa e, com ele, compôs a música Esquina da vida, que foi gravada por Mário Reis, que teve o brilhante acompanhamento de Nonô ao piano. Compuseram também Vai pra casa depressa, que também ficaria conhecida por Cara ou Coroa, mas, esta ficou inédita até 1963, quando Marília Batista gravou em LP, pela gravadora Nilser.

Teve em José Maria de Abreu um parceiro musical constante, rendendo muitos sucessos.

Sozinho ou em parceria, suas composições entraram para a história. Basta citarmos: Eu sonhei que tu estavas tão lindaOnde está o dinheiro?Pegando fogoBoa noite, amor.

Em 1935, o cantor Francisco Alves lançou no teatro o fox Hei de ver-te um dia, ao lado da atriz Eva Todor. Essa música foi dedicada, na partitura, à atriz Alda Garrido.

Algumas de suas músicas seriam regravadas ao longo das décadas, como em 1980, quando a cantora Gal Costa regravou com muito sucesso a marcha Pegando Fogo. Em 1981, Gilberto Alves regravaria Eu sonhei que ti estavas tão linda e Boa Noite, Amor, para o LP O Fino da Seresta Volume 02. Muito antes disso, porém, Francisco Alves havia regravado em 1950 seu sucesso, Boa Noite, Amor, música que ele cantaria em 1952 poucas horas antes de falecer.

Francisco Mattoso faleceu precocemente, aos 28 anos, vitimado pela tuberculose, em 18 de dezembro de 1941, no Rio de Janeiro.


Gazeta de Notícias, 24 de dezembro de 1941, p. 13
http://memoria.bn.br/


Fon Fon, 1942
Obs. Carmen Barbosa faleceria nesse mesmo ano de 1942.
http://memoria.bn.br/


Em sua homenagem trago algumas gravações de sua autoria nas vozes de grandes nomes de nossa música. No repertório, alguns clássicos de nosso cancioneiro. 



ESQUINA DA VIDA
Samba de Francisco Mattoso e Noel Rosa
Gravado por Mário Reis
Acompanhamento de Romualdo Peixoto (Nonô) ao piano
Disco Columbia 22.242-B, matriz 381532
Gravado em 1933 e lançado em 1934



LONGE DO TEU CORAÇÃO
Valsa de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Chiquinha Jacobina
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.947-B, matriz 79917-1
Gravado em 22 de maio de 1935 e lançado em julho de 1935



SÓ VOCÊ
Valsa de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Chiquinha Jacobina
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.960-A, matriz 79921-1
Gravado em 28 de maio de 1935 e lançado em agosto de 1935



HEI DE VER-TE UM DIA
Fox trot de Francisco Mattoso, J. Cabral e Freire Jr.
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira, sob a direção de Pixinguinha
Disco Victor 33.959-B, matriz 79956-1
Gravado em 02 de julho de 1935 e lançado em agosto de 1935
Obs. Lançado no Teatro de Revista pela atriz Eva Todor e o cantor Francisco Alves.



BOA NOITE, AMOR
Valsa de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.052-A, matriz 80111-1
Gravado em 03 de abril de 1936 e lançado em maio de 1936



FUI FELIZ
Samba Canção de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.082-A, matriz 80160-1
Gravado em 18 de maio de 1936 e lançado em agosto de 1936



CANCIONEIRO
Canção de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.082-B, matriz 80161-1
Gravado em 18 de maio de 1936 e lançado em agosto de 1936



DUAS CIGARRAS
Marcha popular de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Castro Barbosa
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.255-B, matriz 80578-1
Gravado em 09 de agosto de 1937 e lançado em dezembro de 1937



ONDE ESTÁ O DINHEIRO?
Marcha de José Maria de Abreu, Francisco Mattoso e Paulo Barbosa
Gravada por Aurora Miranda
Acompanhamento do Grupo da Odeon
Disco Odeon 11.538-A, matriz 5693
Gravado em 12 de outubro de 1937 e lançado em novembro de 1937



ESTOU CANSADA DE SOFRER
Samba de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento do Grupo da Odeon
Disco Odeon 11.538-B, matriz 5694
Gravado em 12 de outubro de 1937 e lançado em novembro de 1937



SEVILHANA
Valsa de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 11.607-A, matriz 5815
Gravado em 29 de abril de 1938 e lançado em junho de 1938



NAPOLITANA
Canção de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 11.607-B, matriz 5816
Gravado em 29 de abril de 1938 e lançado em junho de 1938



PEGANDO FOGO
Marcha de José Maria de Abreu e Francisco Mattoso
Gravada pelo Bando da Lua
Acompanhamento de Coro
Disco Victor 34.393-B, matriz 80927-1
Gravado em 03 de novembro de 1938 e lançado em dezembro de 1938



BOA VIZINHANÇA
Choro de Francisco Mattoso
Gravado por Almirante
Acompanhamento de Dante Santoro e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.723-B, matriz 6065
Gravado em 14 de abril de 1939 e lançado em junho de 1939



EU SONHEI QUE TU ESTAVAS TÃO LINDA
Valsa de Francisco Mattoso e Lamartine Babo
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon, dirigida por Fon Fon
Disco Odeon 12.051-B, matriz 6778
Gravado em 09 de setembro de 1941 e lançado em outubro de 1941














Agradecimento ao Arquivo Nirez









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...