segunda-feira, 10 de agosto de 2020

EFEMÉRIDES DE 10 DE AGOSTO: GONÇALVES DIAS, ABDON MILANEZ, JARDEL JÉRCOLIS, FON-FON E UBIRAJARA NESDAN



A data de hoje, 10 de agosto, marca o nascimento ou falecimento dos seguintes artistas: GONÇALVES DIAS, ABDON MILANEZ, JARDEL JÉRCOLIS, FON-FON e UBIRAJARA NESDAN.

 
 
 
GONÇALVES DIAS


GONÇALVES DIAS


 

Há 197 anos nascia o poeta GONÇALVES DIAS.
Ele foi um dos grandes poetas do Romantismo.
Ao lado de José de Alencar, desenvolveu o indianismo.
Para conhecer mais da vida e obra de Gonçalves Dias, confira o site:

 Seu mais famoso poema, Canção do Exílio, seria adaptado para a música em 1931, por Armando lameira e Gravado como modinha por Gilca Loreti, com o título de Minha Terra Tem Palemiras. Também teria alguns versos inclusos na marcha Minha Terra Tem Palmeiras, de João de Barro e Alberto Ribeiro, gravada por Carmen Miranda em 1936. O mesmo título, Minha Terra Tem Palemiras, seria usado em uma marcha de Valter Levita e Oldemar Magalhães, gravada em 1958 por Dircinha Batista.

 

MINHA TERRA TEM PALMEIRAS
Modinha de Gonçalves Dias e Armando Lameira
Gravada por Gilca Loreti
Acompanhamento de Gente Boa
Disco Odeon 10.790-B, matriz 4002
Lançado em 1931

 
 

CANÇÃO DO EXÍLIO
 
"Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.
 
Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.
 
Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
 
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite -
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
 
Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá."




ABDON MILANEZ


ABDON MILANEZ
Fon Fon, 1927
http://memoria.bn.br/




Há 162 anos nascia o maestro e compositor ABDON MILANEZ.

 
Abdon Felinto Milanez nasceu em Areias (PB), em 10 de agosto de 1858.
 
Foi engenheiro civil, compositor, pianista e teatrólogo.
 
Abdon Milanez descendia de uma família ilustre, de grande prestígio político. Foi morar no Rio de Janeiro ainda muito jovem, formando-se na Escola Politécnica em 1880, como engenheiro civil. Porém, durante sua fase de estudante, ele compôs polcas e valsas, que foram publicadas pela Casa Bevilacqua.
 
Sua carreira artística se iniciou como compositor teatral. Escreveu operetas e revistas de muito sucesso nos teatros do Rio de Janeiro, como o Sant´Ana, Lucinda, Apolo, Phoenix, entre outros.
 
Sua primeira opereta, A Donzela Teodora, com libreto de Arthur Azevedo, estreou em março de 1886, no Theatro Sant´Ana. Entre os sucessos que musicou, está a peça O Bico do Papagaio, cuja música O Trio dos Tabeliães, de sua autoria, seria um êxito, gravado em 1903 por Senhorita Consuelo, Braga e Bahiano, e posteriormente por orquestras.
 

Entre suas músicas estão o Hino da Abolição e a Marcha da Imprensa.

Fon Fon, 1920
http://memoria.bn.br/



Em 1916, Abdon Milanez substituiu o compositor Alberto Nepomuceno na direção da Escola Nacional de Música, ficando até 1922, quando se aposentou.
 
Abdon Milanez faleceu no Rio de Janeiro em 01 de março de 1927, aos 68 anos de idade.
 
Em 1927, o barítono e ator Roberto Vilmar gravaria o tango canção de Abdon Milanez, Ai!....


TRIO DOS TABELIÃES
Tango de Abdon Milanez
Gravado por Senhorita Consuelo, Braga e Bahiano
Acompanhamento de Piano
Disco Zon – O – Phone X-775
Lançado em 1903




MEUS SONHOS
Polca de Abdon Milanez
Gravada pela Banda do Corpo de Bombeiros
Disco Columbia Record 12.133
Lançado em 1910





OS TABELIÃES

Tango de Abdon Milanez
Gravado pela Banda da Força Policial
Disco Columbia Record B-75, matriz 11948-1-1
Lançado em 1912




BOUQUET DE VIOLETAS
Valsa de Abdon Milanez
Gravada pela Banda Paulino do Sacramento
Disco Columbia B-260, matriz 12291-1-1
Lançado em 1912




AI
Tango Canção de Abdon Milanez
Gravado por Roberto Vilmar
Disco Odeon 10.117-A, matriz 1438
Lançado em 1928





JARDEL JÉRCOLIS


JARDEL JÉRCOLIS
www.delcampe.net



Há 76 anos falecia o produtor teatral e empresário JARDEL JÉRCOLIS.

Jardel Jércolis foi um dos principais empresários teatrais dos anos 20, 30 e 40, trabalhando com estrelas do porte de Aracy Côrtes, Oscarito e Lódia Silva, com quem viria a se casar, tendo um filho, o futuro ator Jardel Filho.

Jardel Jércolis era irmão do compositor Gêysa Bôscoli e compôs duas músicas de sucesso (assinando Jardel Bôscoli, seu outros obrenome): Céu e Mar e Naná, gravados respectivamente por Francisco Alves e Orlando Silva.

Jardel Jércolis nasceu em 1894 e faleceu em 10 de agosto de 1944.



CÉU E MAR
Fox Canção de Gêysa Bôscoli, Custódio Mesquita e Jardel Bôscoli
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Columbia 55.209-B, matriz 264-1
Gravado em 20 de março de 1940 e lançado em março de 1940

 

NANÁ
Fox Blue de Jardel Bôscoli, Gêysa Bôscoli e Custódio Mesquita
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.667-B, matriz 33489-1
Gravado em 14 de agosto de 1940 e lançado em outubro de 1940




FON-FON


FON-FON
O Cruzeiro, 1939
http://memoria.bn.br/

 

Há 69 anos falecia o compositor, maestro e saxofonista FON-FON.
 
Otaviano de Assis Romero Monteiro nasceu em Santa Luzia do Norte (AL) em 31 de janeiro de 1908.
 
Em 1927, passou a morar no Rio de Janeiro.
Em 1930, iniciou sua carreira artística ingressando na Orquestra de Romeu Silva, excursionando pela Argentina.
 
Em 1933, gravou sua primeira música, interpretando ao saxofone o choro Cláudio, de Paulino de Oliveira Santos.
 
Criou sua primeira orquestra em 1935, atuando no Cassino Assyrio do Rio de Janeiro.
Foi o primeiro maestro de orquestras no Brasil a utilizar naipes de saxofones e metais, dando a uma sonoridade especial à sua orquestra.
 
No final da década de 1940, A Orquestra do maestro Fon-Fon era uma das mais prestigiadas do país, acompanhando clássicos em gravações como Ai! Que saudades da Amélia, samba de Ataulfo Alves e Mário Lago, que Ataulfo Alves gravou em 1941.
 
Foi autor do famoso choro Murmurando, gravado com letra de Mário Rossi por Odete Amaral.
 
Acompanharia nomes como: Francisco Alves, Odete Amaral, Carlos Galhardo, Gilberto Alves, Emilinha Borba, Dircinha Batista, entre outros.
 
O maestro Fon-Fon faleceu em Atenas (Grécia) em 10 de agosto de 1951.


FON-FON
O Cruzeiro, 1939
http://memoria.bn.br/

 

 
PRA QUE MENTIR
Samba de Noel Rosa e Oswaldo Gogliano (Vadico)
Gravado por Sílvio Caldas
Acompanhamento de Fon-Fon e Sua Orquestra
Disco Victor 34.413-A, matriz 80883-1
Gravado em 01 de setembro de 1938 e lançado em fevereiro/março de 1939



ABRE A JANELA
Samba de Roberto Roberti, Arlindo Marques Jr. Em arranjo de Radamés Gnattali
Gravado por Manoel Reis
Acompanhamento de Fon-Fon e Sua Orquestra
Disco Victor 34.423-B, matriz 80828-1
Gravado em 17 de junho de 1938 e lançado em abril de 1939



MURMURANDO
Choro de Fon-Fon e Mário Rossi
Gravado por Odete Amaral
Acompanhamento de Luperce Miranda e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.501-A, matriz 7600
Gravado em 21 de junho de 1944 e lançado em outubro de 1944


 
UBIRAJARA NESDAN


UBIRAJARA NESDAN
Fon Fon, 1941.
http://memoria.bn.br


 

Há 106 anos nascia o compositor UBIRAJARA NESDAN.
 
Ubirajara Nesdan nasceu no Rio de Janeiro em 10 de agosto de 1914.
 
Embora tenha tido uma atuação discreta na Era de Ouro da música popular brasileira, Ubirajara Nesdan deixou alguns sucessos para o Carnaval.
 
Em 1939 teve sua marcha, em parceria com Laurindo de Almeida, Aldeia de Roupa Branca, gravada pelo conjunto Os Pinguins. Essa música seria regravada nos EUA.
 
Odete Amaral gravaria em 1941 da autoria de Ubirajara Nesdan, em parceria com Vargas Jr., a marcha frevo Dança do Dominó, e Quem Chora não Mama, samba em parceria com Laurindo de Almeida.
 
Linda Batista gravou algumas músicas de Ubirajara Nesdan, como o samba Não Posso Mais, em parceria com Sebastião Lima, e a marcha Sei Lá se Vou, com Ari Monteiro, ambas composições gravadas em 1943.
 
Em 1942, João Petra de Barros gravou uma marcha que fazia sátira a Hitler e apologia a Getúlio Vargas, Quem é o Tal?, de Ubirajara Nesdan e Afonso Teixeira.
 
Já na década de 1950, Ubirajara Nesdan teve músicas gravadas por nomes como Alcídes Gerardi, que gravou Nossa Padroeira (Santa Cecília), valsa em parceria com Luiz de França. Ele também teria músicas gravadas na década de 1960.
 Não encontramos a data de seu falecimento, se é que ele já faleceu. Se for vivo, estará completando 106 anos de idade (o que não é improvável de acontecer). Se alguém souber se ele já faleceu, nós agradecemos a informação.


UBIRAJARA NESDAN
Fon Fon, 1941.
http://memoria.bn.br




ALDEIA DE ROUPA BRANCA

Marcha de Laurindo de Almeida e Ubirajara Nesdan
Gravada por Os Pinguins
Disco Victor 34.578-A, matriz 33314-1
Gravado em 28 de dezembro de 1939 e lançado em fevereiro de 1940



DANÇA DO BOLIM BOLACHO
Marcha de Ubirajara Nesdan
Gravada por Joel e Gaúcho
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 55.255-B, matriz 336-2
Gravado em 07 de novembro de 1940 e lançado em janeiro de 1941



DANÇA DO DOMINÓ
Marcha Frevo de Ubirajara Nesdan e Vargas Jr.
Gravada por Odete Amaral
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.086-A, matriz 6812
Gravado em 21 de outubro de 1941 e lançado em janeiro de 1942



QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA
Samba de Laurindo de Almeida e Ubirajara Nesdan
Gravado por Odete Amaral
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.088-A, matriz 6813
Gravado em 21 de outubro de 1941 e lançado em fevereiro de 1942



OLHA A ONDA
Batucada de Ubirajara Nesdan e Artur Vargas
Gravada por Linda Batista
Acompanhamento de Luís Americano e Seu Regional
Disco Victor 34.859-B, matriz S-052418
Gravado em 12 de novembro de 1941 e lançado em janeiro de 1942



DANÇA DO ESPALHA
Batucada de Ubirajara Nesdan e Gomes Filho
Gravada por Moreira da Silva
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 12.107-B, matriz 6851
Gravado em 17 de novembro de 1941 e lançado em fevereiro de 1942



OLHA O JEITO...
Samba de Ubirajara Nesdan e Vargas Jr.
Gravado por Arnaldo Amaral
Acompanhamento do Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.349-B, matriz 527-1
Gravado em 21 de maio de 1942 e lançado em junho de 1942



QUEM É O TAL?
Marcha de Ubirajara Nesdan e Afonso Teixeira
Gravada por João Petra de Barros
Acompanhamento de Passos e Sua Orquestra
Disco Victor 80-0027-B, matriz S-052628
Gravado em 01 de outubro de 1942 e lançado em dezembro de 1942












Agradecimento ao Arquivo Nirez











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...