quarta-feira, 16 de setembro de 2020

EFEMÉRIDES DE 16 DE SETEMBRO: CARLOS GOMES, JONJOCA E LUPICÍNIO RODRIGUES




A data de hoje, 16 de setembro, marca o nascimento e falecimento dos seguintes artistas: CARLOS GOMES, JONJOCA, LUPICÍNIO RODRIGUES e ZÉ KETI. 


CARLOS GOMES

(1836 – 1896)


CARLOS GOMES
http://brasil.estadao.com.br


O compositor e maestro Antônio Carlos Gomes nasceu na Vila de São Paulo (SP), em 11 de julho de 1836 e faleceu em Belém (PA), em 16 de setembro de 1896.
Foi o compositor erudito brasileiro mais conhecido no exterior durante o século XIX, compondo óperas famosas internacionalmente, como: Il Guarany e Lo Schiavo.


A CARIDOSA
Canção de Carlos Gomes. Trata-se de uma versão de O Guarany
Gravada por Senhorita Odete
Disco Zon – O – Phone X-703
Lançado em 1903



CANÇÃO DO ÍNDIO
Canção. Trata-se de uma versão de O Guarany
Gravada por Mário Pinheiro
Disco Odeon Record 40.076, matriz RX-119
Lançado em 1904



CONSELHOS
Romanza de Carlos Gomes
Gravada por Geraldo Magalhães
Disco Odeon Record 40.492
Lançado em 1905



GUARANI
Dobrado de Carlos Gomes
Gravado pela Banda da Casa Edison
Disco Odeon Record 108.091, matriz XR-624
Gravado e lançado em 1907



MIA PICCIRELLA
Canzonetta

Gravada por Laura Dias da Silva
Acompanhamento da Orquestra Paulistana, sob a direção de Francisco Mignone
Disco Parlophon 13.234-B, matriz 3797
Gravado em 1930 e lançado em novembro





JONJOCA

(1911 - 2006)





João de Freitas Ferreira nasceu no Rio de Janeiro em 16 de setembro de 1911. Era filho de portugueses e nasceu no bairro de Botafogo.

Quando cursava o ginasial, formou um conjunto com dois violonistas, sendo um deles irmão do cantor Jorge Fernandes.

Iniciou sua carreira artística aos 18 anos de idade, indo à gravadora Odeon e conseguindo que Eduardo Souto, o diretor, se interessasse em gravar um disco onde ele fosse cantor. Nessa primeira experiência, cujo disco foi lançado em fevereiro de 1930, gravou os sambas Não te dou perdão, de Ismael Silva, e Não fui eu, de Caninha.  

Ainda em fevereiro de 1930, Jonjoca gravaria alguns discos pela Parlophon, gravando novamente na Odeon, na Victor e na Columbia.

Em 1931 conheceu o cantor Castro Barbosa e iniciou com ele a dupla Jonjoca e Castro Barbosa, gravando vários discos. A dupla “competia” com Francisco Alves e Mário Reis, que também cantavam juntos por essa época. A voz de Castro Barbosa se assemelhava com a de Francisco Alves e a de Jonjoca, com a de Mário Reis.

Atuou também como locutor, trabalhando na Rádio Mayrink Veiga, Rádio Nacional e Rádio Clube, onde ficou até 1953.

Em 1950 se elegeu vereador no Rio de Janeiro, pelo partido PTN.

Entre 1955 e 2002, apareceu esporadicamente na televisão dando entrevistas.

Jonjoca faleceu no Rio de Janeiro em 19 de junho de 2006, três meses antes de completar 95 anos de idade.



NÃO TE DOU PERDÃO
Samba de Ismael Silva
Gravado por Jonjoca
Disco Odeon 10.579-A, matriz 3366
Lançado em fevereiro de 1930





NÃO FUI EU!
Samba de José Luís de Moraes (Caninha)
Gravado por Jonjoca
Disco Odeon 10.579-B, matriz 3367
Lançado em fevereiro de 1930




ROSALINA
Samba de J. Thomaz e Orestes Barbosa
Gravado por Jonjoca
Acompanhamento da Orquestra J. Thomaz
Disco Victor 33.493-B, matriz 65240-2
Gravado em 16 de setembro de 1931 e lançado em dezembro de 1931





SINTO FALTA DE VOCÊ
Samba de João Freitas Ferreira (Jonjoca)
Gravado por Jonjoca e Castro Barbosa
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 33.447-A, 65162-2
Gravado em 12 de junho de 1931 e lançado em julho de 1931





A CANA ESTÁ DURA
Samba de João Freitas Ferreira (Jonjoca)
Gravado por Jonjoca e Castro Barbosa
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 33.447-B, 65163-2
Gravado em 12 de junho de 1931 e lançado em julho de 1931





AZUL E BRANCO
Samba de Benedito Lacerda e Osvaldo Silva
Gravado por Jonjoca
Disco Odeon 10.948-A, matriz 131453
Gravado em 14 de outubro de 1932 e lançado em janeiro/fevereiro de 1933







LUPICÍNIO RODRIGUES
(1914 – 1974)


LUPICÍNIO RODRIGUES
Rádio Visão, 1947.
http://memoria.bn.br


Lupicínio Rodrigues nasceu em Porto Alegre (RS), em 16 de setembro de 1914.

Iniciou sua carreira como compositor na segunda metade dos anos 30. Em 1938, lançou em parceria com Felisberto Martins o samba sucesso Se Acaso Você Chegasse, na voz de Cyro Monteiro.
Compôs muitas músicas de sucesso ao longo dos anos 40 e 50, como Nervos de Aço, Cadeira Vazia, Migalhas, Vingança, entre outras.
Também foi cantor.

Lupicínio Rodrigues faleceu em Porto Alegre (RS), em 27 de agosto de 1974, pouco antes de completar 60 anos de idade.



SE ACASO VOCÊ CHEGASSE
Samba de Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins
Gravado por Cyro Monteiro
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.360-A, matriz 80844-1
Gravado em 19 de julho de 1938 e lançado em setembro de 1938



NERVOS DE AÇO
Samba de Lupicínio Rodrigues
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Lírio Panicali
Disco Odeon 12.796-B, matriz 8239
Gravado em 13 de junho de 1947 e lançado em setembro de 1947


CADEIRA VAZIA
Samba de Lupicínio Rodrigues
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 12.986-A, matriz 8606
Gravado em 02 de dezembro de 1949 e lançado em março de 1950


MIGALHAS
Samba Canção de Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco RCA Victor 80-0689-A, matriz S-092701
Gravado em 03 de julho de 1950 e lançado em setembro de 1950


VINGANÇA
Samba Canção de Lupicínio Rodrigues
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-0802-A, matriz S-092961
Gravado em 29 de maio de 1951 e lançado em agosto de 1951














Agradecimento ao Arquivo Nirez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...