sexta-feira, 30 de novembro de 2018

MAX BULHÕES - 41 ANOS DE SAUDADE


Há 41 anos falecia o compositor MAX BULHÕES.

Maximiliano Carvalho Bulhões nasceu no Rio de Janeiro em 29 de dezembro de 1903. Era filho do compositor e pianeiro J. Bulhões.

Em 1934 compôs o samba Promessa, em parceria com Jayme Vogeler, feito especialmente para a Festa da Penha. O próprio Jayme Vogeler o gravou na Odeon.

Seu primeiro sucesso veio com o clássico samba Não Tenho Lágrimas, em parceria com Milton de Oliveira, sucesso até hoje. Foi gravado por Patrício Teixeira em 1937.

Compôs vários sambas e marchas que foram gravados durante os anos 30 e 40 por nomes como Francisco Alves, Linda Batista, Patrício Teixeira, Cynara Rios, Fausto Paranhos, entre outros.

Trabalhou como funcionário do Porto do Rio de Janeiro, até sua aposentadoria em 1974.

Max Bulhões faleceu no Rio de Janeiro em 30 de novembro de 1974.

  

QUERO EVITAR
Samba de Max Bulhões e Wilson Batista
Gravado por Jayme Vogeler
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.189-B, matriz 4964
Gravado em 07 de dezembro de 1934 e lançado em janeiro de 1935



AMEI UMA CACHOPA
Marcha de Max Bulhões e Milton de Oliveira
Gravada por Manuel Monteiro
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.139-A, matriz 80284-1
Gravado em 02 de dezembro de 1936 e lançado em janeiro de 1937



FOI NA PRAÇA ONZE (FOI NA PRAÇA 11)
Samba de Max Bulhões e Milton de Oliveira
Gravado por Fausto Paranhos
Acompanhamento do Conjunto Regional Eugônio (sic) Martins
Disco Victor 34.166-B, matriz 80350-1
Gravado em 22 de março de 1937 e lançado em maio



NÃO TENHO LÁGRIMAS
Samba de Max Bulhões e Milton de Oliveira
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.193-A, matriz 80403-1
Gravado em 13 de maio de 1937 e lançado em agosto



SABIÁ LARANJEIRA
Samba de Milton de Oliveira e Max Bulhões
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.193-B, matriz 80404-1
Gravado em 13 de maio de 1937 e lançado em agosto



PODE IMPLORAR
Samba de Max Bulhões e Milton de Oliveira
Gravado por Fausto Paranhos
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.245-B, matriz 80516-1
Gravado em 02 de julho de 1937 e lançado em dezembro



PROCUREI
Samba de Milton de Oliveira e Max Bulhões
Gravado por Fausto Paranhos
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.245-B, matriz 80517-1
Gravado em 02 de julho de 1937 e lançado em dezembro



SÓ UM NOVO AMOR
Samba de Max Bulhões
Gravado por J. B. de Carvalho
Acompanhamento do Conjunto Tupy
Disco Victor 34.243-A, matriz 80570-1
Gravado em 05 de agosto de 1937 e lançado em dezembro



QUEM BATE?
Samba de Ataulfo Alves e Max Bulhões
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento do Grupo Odeon
Disco Odeon 11.542-B, matriz 5687
Gravado em 08 de outubro de 1937 e lançado em dezembro



AO VOLTAR DA BATUCADA
Samba de Max Bulhões e Cícero Nunes
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.381-A, matriz 80901-1
Gravado em 16 de setembro de 1938 e lançado em novembro



MEU SEGREDO
Samba de Max Bulhões e Cícero Nunes
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.381-B, matriz 80902-1
Gravado em 16 de setembro de 1938 e lançado em novembro



NÃO DOU MOTIVO
Samba de Max Bulhões e Felisberto Martins
Gravado por Henricão e Carmen Costa
Acompanhamento de Laurindo e Garoto
Disco Odeon 11.749-B, matriz 6106
Gravado em 24 de maio de 1939 e lançado em agosto



NOITE DE LUA
Marcha de Rancho de Max Bulhões e Felisberto Martins
Gravada por J. B. de Carvalho
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.791-B, matriz 6221
Gravado em 09 de outubro de 1939 e lançado em dezembro



PERDOA
Samba de Max Bulhões e Milton de Oliveira
Gravado por Cynara Rios
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.552-B, matriz 33256-1
Gravado em 08 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



EU NÃO
Samba de Max Bulhões e Henrique de Almeida
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.725-B, matriz 52111
Gravado em 11 de janeiro de 1941 e lançado em fevereiro




NÓS QUEREMOS OUTRA VALSA
Valsa de Antenor Borges e Max Bulhões
Gravada por Linda Batista
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.760-A, matriz 52194
Gravado em 05 de maio de 1941 e lançado em julho



DANÇA DO URSO
Marcha de Arnaldo Paes e Max Bulhões
Gravada por Dircinha Batista
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.067-B, matriz 6802
Gravado em 08 de outubro de 1941 e lançado em novembro



FILHO DA CANDINHA
Samba de Max Bulhões e Ernesto dos Santos (Donga)
Gravado por Dircinha Batista
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 12.141-A, matriz 6924
Gravado em 23 de fevereiro de 1942 e lançado em maio



GRITO DA NAÇÃO
Marcha de Max Bulhões e Nelson Trigueiro
Gravada por Dircinha Batista
Acompanhamento Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.228-B, matriz 7087
Gravado em 09 de outubro de 1942 e lançado em novembro



BOLSINHA DA FEIRA
Samba de Max Bulhões, Nelson Trigueiro e José de Almeida
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0072-A, matriz S-052720-1
Gravado em 12 de fevereiro de 1943 e lançado em abril



GOOD BYE BOY
Samba de Max Bulhões, Francisco Santos e Altamiro Moreira
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0072-B, matriz S-052721-1
Gravado em 12 de fevereiro de 1943 e lançado em abril



JÁ TENHO LÁGRIMAS
Samba de Max Bulhões, Gomes Henrique e Sebastião Amaral
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0094-B, matriz S-052761-1
Gravado em 30 de abril de 1943 e lançado em julho



RECEITA DE AMOR
Samba de Max Bulhões e Francisco Perdigão
Gravado por Dircinha Batista
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.159-A, matriz 785-1
Gravado em 1944 e lançado em junho



LEILÃO DA BAIANA
Samba de Max Bulhões e Gustavo de Oliveira
Gravado por Violeta Cavalcânti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.350-B, matriz 1121-1
Gravado em 23 de maio de 1945 e lançado em junho



NÓS QUEREMOS SAMBAR
Samba de Max Bulhões e Mário de Oliveira
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Regional
Disco Victor 80-0348-B, matriz S-078295-1
Gravado em 21 de setembro de 1945 e lançado em novembro



CASTELOS NO AR
Samba de Max Bulhões e Elisário Teixeira
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco RCA Victor 80-0519-B, matriz S-078751-1
Gravado em 05 de maio de 1947 e lançado em junho











Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte - http://dicionariompb.com.br/max-bulhoes










segunda-feira, 26 de novembro de 2018

RELEMBRANDO MÁRIO LAGO

MÁRIO LAGO
Fon Fon 1945
http://memoria.bn.br







Vamos relembrar o compositor e ator MÁRIO LAGO.

GRANDE OTELO - 25 ANOS DE SAUDADE

GRANDE OTELO
Revista da Semana, 1945
http://memoria.bn.br



Há 25 anos falecia o ator, cantor e compositor GRANDE OTELO.

Sebastião Bernardes de Souza Prata nasceu em Uberlândia (MG), em 18 de outubro de 1915.

Foi criado por uma família tradicional de Uberlândia, que lhe deu o sobrenome Prata. Desde os oito anos de idade, apresentava-se em frente aos hotéis da cidade, chamando a atenção dos hóspedes e curiosos que por ali passavam.

Aos dez anos de idade, o garoto Sebastião seguiu com uma companhia de teatro que passou pela cidade, indo em direção ao Rio de Janeiro. Adotado pela família da soprano Abigail Aléssio Parecis, ele receberia do pai de Abigail, Fillipo Aléssio, (ela também adotada e afilhada da atriz-cantora Pepa Delgado) algumas noções musicais. Aprendendo a cantar La Bohême, o maestro Aléssio lhe disse que iria cantar a ópera Othelo. A partir de então, passou a ser chamado Othelo. Ironizando a sua baixa estatura, ele adotaria o pseudônimo de Grande Othelo (ou Otelo, na grafia atual).

Em 1926, iniciou sua carreira artística na Companhia arruda-Otília Amorim, apresentando-se na peça Nhá Moça, levada à cena no Teatro Rink em Campinas (SP).

No mesmo ano de 1926, participou da célebre Companhia Negra de Revistas, que excursionava por São Paulo, contratando-o. Com essa empresa, seguiu para o Rio de Janeiro, estreando na peça Café Torrado, de Rubem Gil, no Teatro República. Sua estreia foi um sucesso, permanecendo na companhia até esta se desfazer, quando retornou a São Paulo.

Correio da Manhã, 1927
Destaque para Grande Othelo
http://memoria.bn.br



A Noite, 1927.
Destaque para Grande Othelo
http://memoria.bn.br


Voltaria ao Rio de Janeiro em 1935, pela Companhia Jardel Jércolis. Nesse mesmo ano, atuou pela primeira vez no cinema, no filme Noites Cariocas, de Enrique Cadimano.

Em 1937, ao lado da cantora Déo Maia, lançou o samba de Ary Barroso, No Tabuleiro da Baiana, que fazia parte da revista Maravilhosa, de Geysa Bôscoli e Jardel Jércolis, encenada no Teatro Carlos Gomes. Mais um sucesso. Porém, a música seria gravada por Carmen Miranda e Luís Barbosa.


Déo Maia e Grande Otelo
Lançamento de No Tabuleiro da Baiana, de Ary Barroso
Carioca, 1937


Grande Otelo estreou no disco em 1939, gravando na Columbia a marcha Maria Bonita, de Odaurico Mota. Gravou algumas composições e compôs outras sozinho ou em parcerias, como ao lado de Herivelto Martins no famoso samba Praça Onze, gravado pelo Trio de Ouro e Castro Barbosa no final de 1941. Compôs também sambas patrióticos no período da II Guerra Mundial.

Teve suas músicas gravadas por Linda Batista, Alvarenga e Ranchinho, Aracy de Almeida, Dircinha Batista, Francisco Alves, entre outros nomes de peso.


Careta, 1941
http://memoria.bn.br


Atuando no Cassino da Urca, participou em setembro de 1940 do último show que Carmen Miranda faria no Brasil, apresentando-se nesse cassino contracenando com Carmen. No Cassino da Urca também se apresentaria ao lado de Josphine Baker.


Théo, Grande Otelo e Déo Maia.
O Malho, 1942.
http://memoria.bn.br


Atuou em vários filmes, muitos musicais, outros de gêneros diferentes como It´s All True, de Orson Welles, que além de se tornar seu amigo afirmaria que ele era o maior ator negro do mundo.

GRANDE OTELO
Careta, 1943.
http://memoria.bn.br

Em 1943, mais um êxito no cinema através do filme Moleque Tião, de José Carlos Burle, estreia da empresa Atlântida, onde foi muito elogiado. Também receberia elogios por sua participação em Macunaíma, filme de Joaquim Pedro de Andrade, de 1969, adaptação do livro homônimo de Mário de Andrade.

Nos anos 50, ao lado de Oscarito, faria vários filmes antológico na Atlântica, encantando várias gerações com as peripécias da dupla.


O Moleque Tião
Careta, 1943.
http://memoria.bn.br


Grande Otelo e Oscarito
Fon Fon
http://memoria.bn.br


Sendo um dos grandes artistas brasileiro, Grande Otelo atuaria como ator na televisão em várias novelas. Um de seus destaques foi interpretando o personagem Justo, na novela Sinhá Moça, exibida em 1986 pela Rede Globo. Nessa novele, ele teria ótimas atuações ao lado de Jacyra Sampaio (Rute), seu filho José Prata (Bentinho) e Ruth de Souza (Balbina).


Ruth de Souza e Grande Otelo em Sinhá Moça, 1986.
ultimosegundo.ig.com.br


Grande Otelo e seu filho José Prata em Sinhá Moça, 1986.
almanakito.wordpress.com


Outro sucesso na Tv seria na Escolinha do Professor Raimundo, comandada por Chico Anysio.

Com uma vida marcada por alegrias e tristezas, Grande Otelo era reconhecido como o grande artista que realmente era. Em 26 de novembro de 1993 ele desembarcava na França para ser homenageado em Nantes, no Festival dos Três Continentes, porém, ainda no aeroporto Charles De Gaulle ele sofreria um enfarte do miocárdio, falecendo. Estava com 78 anos de idade.


Vamos conferir algumas gravações realizadas por Grande Otelo ou compostas por ele, na voz de outros artistas dos anos 40 e 50.



Grande Otelo Cantor



MARIA BONITA
Marcha de Odaurico Mota
Gravada por Grande Otelo
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Columbia 55.205-A, matriz 258-1
Gravado em 06 de janeiro de 1940 e lançado em janeiro desse mesmo ano



BOTAFOGO
Samba de Grande Otelo
Gravado por Grande Otelo
Acompanhamento de Claudionor Cruz e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.533-A, matriz 7694
Gravado em 27 de outubro de 1944 e lançado em janeiro de 1945



JÁ TENHO COMPROMISSO
Batucada de Carvalhinho e Romeu Gentil
Gravada por Grande Otelo
Acompanhamento de Claudionor Cruz e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.533-B, matriz 7695
Gravado em 27 de outubro de 1944 e lançado em janeiro de 1945



AVEC VOUS MADAME!
Canção Humorística de Vicente Paiva e Luís Peixoto
Gravada por Grande Otelo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Victor 80-0394-A, matriz S-078429-1
Gravado em 19 de fevereiro de 1946 e lançado em abril



MANO A MANO
Tango Humorístico de Carlos Gardel, J. Razzano e E. C. Flores
Gravado por Grande Otelo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Victor 80-0394-B, matriz S-078430-1
Gravado em 19 de fevereiro de 1946 e lançado em abril





Grande Otelo compositor


DESPERTA BRASIL
Samba de Grande Otelo
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Luís Americano e Seu Regional
Disco Victor 80-0000-A, matriz S-052578-3
Gravado em 10 de julho de 1942 e lançado em outubro



ABAIXO O CHOPE (ABAIXO O CHOPP)
Marcha de Grande Otelo e Alvarenga
Gravada por Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 12.269-A, matriz 7177
Gravado em 13 de janeiro de 1943 e lançado em fevereiro



A PÁTRIA ESTÁ TE CHAMANDO
Samba de Grande Otelo
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Regional
Disco Victor 80-0092-A, matriz S-052744-1
Gravado em 02 de abril de 1943 e lançado em julho



OS DIREITOS SÃO IGUAIS
Samba de Grande Otelo
Gravado por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0185-A, matriz S-052948-1
Gravado em 26 de abril de 1944 e lançado em junho



SÃO JOÃO NO BARRO PRETO
Marcha de Grande Otelo
Gravada por Linda Batista
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0185-B, matriz S-052949-1
Gravado em 26 de abril de 1944 e lançado em junho



MEU BOI MORREU
Marcha de Grande Otelo e Alvarenga
Gravada por Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Abel com Claudionor Cruz e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.545-A, matriz 7728
Gravado em 11 de dezembro de 1944 e lançado em fevereiro de 1945



O OUTRO PALPITE
Samba de Grande Otelo e Aníbal Augusto Sardinha (Garoto)
Gravado por Emilinha Borba
Acompanhamento do Bossa Clube
Disco Continental 15.473-A, matriz 1300-1
Lançado em novembro de 1945



BATE O SINO JUVENAL
Samba de Haroldo Lobo e Grande Otelo
Gravado por Aracy de Almeida
Acompanhamento de Abel, Raul e Castro com Claudionor Cruz
Disco Odeon 12.668-B, matriz 7962
Gravado em 13 de dezembro de 1945 e lançado em fevereiro de 1946




Grande Otelo compositor em parceria com Herivelto Martins


PRAÇA ONZE
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado pelo Trio de Ouro e Castro Barbosa
Acompanhamento do Grande Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.319-A, matriz 488-2
Gravado em 25 de dezembro de 1941 e lançado em janeiro de 1942



CIDADE VELHA
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado por Dircinha Batista
Acompanhamento de Dante Santoro e Seu Regional
Disco Odeon 12.211-B, matriz 7049
Gravado em 03 de setembro de 1942 e lançado em outubro



MANGUEIRA NÃO
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado por Francisco Alves e o Trio de Ouro
Acompanhamento de Carlos Machado e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.393-B, matriz 7422
Gravado em 09 de novembro de 1943 e lançado em dezembro



BOM DIA AVENIDA
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado pelo Trio de Ouro
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.406-B, matriz 7425-1
Gravado em 23 de novembro de 1943 e lançado em janeiro de 1944



A GUERRA ACABA AMANHÃ
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento de Abel com Claudionor Cruz e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.537-A, matriz 7705
Gravado em 20 de novembro de 1944 e lançado em janeiro de 1945



FALA CLAUDIONOR
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado pelo Trio de Ouro
Acompanhamento de Lionel e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.671-B, matriz 7948
Gravado em 03 de dezembro de 1945 e lançado em fevereiro de 1946



VIDA VAZIA
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado por Dircinha Batista
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-1362-A, matriz BE4-VB-0535
Gravado em 11 de agosto de 1954 e lançado em outubro



ADEUS MANGUEIRA
Samba de Herivelto Martins e Grande Otelo
Gravado pelo Trio de Ouro
Acompanhamento da Escola de Samba de Herivelto Martins
Disco RCA Victor 80-1905-B, matriz 13-H2PB-0292
Gravado em 14 de novembro de 1957 e lançado em janeiro de 1958










Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte - http://dicionariompb.com.br/grande-otelo










Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...