terça-feira, 23 de julho de 2024

RECORDANDO O MAESTRO NAPOLEÃO TAVARES


NAPOLEÃO TAVARES
O Cruzeiro, 1934
http://memoria.bn.br





Vamos relembrar o regente, trompetista, compositor e arranjador NAPOLEÃO TAVARES.


Napoleão Tavares nasceu em Ubá (MG), em 23 de julho de 1892. Nessa mesma cidade, em 1904, nasceria o compositor Ary Barroso.


RELEMBRANDO O COMPOSITOR GADÉ (OSVALDO CHAVES RIBEIRO)

 
GADÉ
(Osvaldo Chaves Ribeiro)
Fon Fon, 1944
http://memoria.bn.br/




Vamos relembrar o compositor e pianista GADÉ (OSVALDO CHAVES RIBEIRO)

Osvaldo Chaves Ribeiro nasceu em Niterói (RJ), em 23 de julho de 1904. Era filho de Honorina Chaves Ribeiro e José Cardoso Ribeiro.


domingo, 21 de julho de 2024

PEPA DELGADO - ESTRELA DE NOSSO TEATRO MUSICADO

Pepa Delgado, 1918.
http://memoria.bn.br




A atriz-cantora PEPA DELGADO foi um dos importantes nomes de nosso Teatro de Revista de da Indústria Fonográfica brasileira das primeiras décadas do século XX. Ela lançaria nos teatros e nos discos alguns dos sucessos musicais que embalariam os tempos da Belle Époque no Brasil.          



RELEMBRANDO SILVINO NETO

 
SILVINO NETO
Arquivo Nirez



Vamos relembrar o humorista e compositor SILVINO NETO, um importante nome de nosso rádio e autor de belas páginas de nosso cancioneiro.

Silvério Silvino Neto nasceu na cidade de São Paulo, em 21 de julho de 1913. Seus pais eram Eleonor Dutra Silvino e Ernesto Silvino. 


sábado, 20 de julho de 2024

RELEMBRANDO O COMPOSITOR HAROLDO LOBO

Haroldo Lobo
http://concursodemarchinhas.blogspot.com.br/





Vamos relembrar o compositor HAROLDO LOBO.          
 
Haroldo Lobo nasceu no Rio de Janeiro em 22 de julho de 1910.
 
Nasceu em uma família de músicos. Seu pai, Quirino Lobo, tocava flauta e violão, e seu irmão Osvaldo Lobo (Badu), era compositor e baterista.


RELEMBRANDO O CANTOR OSNY SILVA


OSNY SILVA
Carioca, 1947.
http://memoria.bn.br

 

Vamos relembrar o cantor e compositor OSNY SILVA.       

Onsy Rufino da Silva Gomes nasceu em Rio Branco (AC), em 21 de outubro de 1919. Estudou, com aulas particulares, piano e violino. Foi marinheiro na adolescência e depois trabalhou como estivador no Moinho Fluminense.   


sexta-feira, 19 de julho de 2024

RELEMBRANDO O CANTOR J. GOMES JÚNIOR

Correio da Manhã, 1927.
http://memoria.bn.br





Vamos relembrar o cantor e compositor J. GOMES JUNIOR, nascido em 23 de outubro de 1868.          
  
Pela história de nossa Música Popular passaram muitos artistas que deixaram sua contribuição para nossa cultura. Alguns fixaram seu nome no tempo, sendo lembrados por décadas, apesar de nossa pouca memória cultural.


RELEMBRANDO DERCY GONÇALVES

DERCY GONÇALVES
http://memoria.bn.br/






Vamos relembrar a atriz e comediante DERCY GONÇALVES.


quinta-feira, 18 de julho de 2024

EFEMÉRIDES DE 18 DE JULHO



 

 
A data de hoje, 18 de julho, marca o nascimento e falecimento dos seguintes artistas: STELLINHA EGG, ARMANDO LOUZADA, OSVALDO BORBA, JAIR AMORIM, MARINO PINTO, CAREQUINHA E TITO MADI.          
 


RELEMBRANDO STELLINHA EGG

STELINHA EGG
A Scena Muda, 1944.
http://memoria.bn.br




Vamos relembrar a cantora, compositora e atriz STELLINHA EGG.

Stella Maria Egg nasceu em Curitiba (PR), em 18 de julho de 1914.


JAIR AMORIM - 109 ANOS


JAIR AMORIM
A Scena Muda, 1942.
http://memoria.bn.br





Há 109 anos nascia o compositor JAIR AMORIM.

Jair Pedrinha de Carvalho Amorim nasceu em Santa Leopoldina (ES), em 18 de julho de 1915. Também foi jornalista, locutor e disc-jóquei.


quarta-feira, 17 de julho de 2024

RELEMBRANDO A CANTORA VILMA BENTIVEGNA

VILMA BENTIVEGNA
Radiolândia, 1958.
http://memoria.bn.br




Vamos relembrar a cantora VILMA BENTIVEGNA.  

Vilma Bentivegna nasceu em São Paulo, em 17 de julho de 1929.  

Desenvolveu sua carreira na década de 1950, gravando seu primeiro disco na Sinter em 1954.


terça-feira, 16 de julho de 2024

RELEMBRANDO SEBASTIÃO CIRINO


SEBASTIÃO CIRINO, com Pixinguinha à esquerda.
O Jornal, 1968.
http://memoria.bn.br





Vamos relembrar o maestro e compositor SEBASTIÃO CIRINO.  

Sebastião Cirino nasceu em Juiz de Fora (MG), em 20 de janeiro de 1902. Também foi instrumentista, tocando violão e piston.  


RELEMBRANDO ELIZETH CARDOSO - A DIVINA

ELIZETH CARDOSO
O Cruzeiro, 1958
http://memoria.bn.br/






Vamos relembrar a cantora ELIZETH CARDOSO, A Divina.


Elizeth Cardoso Valdez nasceu no Rio de Janeiro, na Rua Ceará, nº 05, na Estação de São Francisco Xavier, que fica próximo ao morro de Mangueira. Era filha de Jaime Moreira Cardoso, seresteiro e tocador de violão, e de Maria José Pilar, que gostava de cantar. Seu tio, Pedro, frequentava as sociedades dançantes da época e as rodas de samba, como as da casa de Tia Ciata, onde a pequena Elizeth também frequentava.    


segunda-feira, 15 de julho de 2024

BAHIANO E SUAS PARCERIAS MUSICAIS (1903 - 1925)

BAHIANO
Arquivo Nirez




 
 
O cantor e compositor Bahiano (Manuel Pedro dos Santos) foi o mais popular intérprete de nossa música popular nas primeiras décadas do século XX.              
 
Nascido em Santo Amaro da Purificação (BA), em 05 de dezembro de 1870, ele faria carreira como cantor e cançonetista no Rio de Janeiro, no final do século XIX.    
 
Foi um dos cantores pioneiros, ao lado de Cadete (Manuel Evêncio da Costa Moreira), que em 1897 gravaram os primeiros cilindros a convite de Fred Figner, empresário que, a partir de 1902, lançaria pela Casa Edison os discos dos dois cantores.      


ERNESTO DE SOUZA - FARMACÊUTICO E COMPOSITOR

ERNESTO DE SOUZA
https://bdlb.bn.gov.br/





Vamos relembrar o farmacêutico e compositor ERNESTO DE SOUSA.

Ernesto Fernandes de Souza nasceu no Rio de Janeiro, na Rua Buenos Aires, em 1864.

Foi compositor, teatrólogo, farmacêutico e instrumentista.  


RELEMBRANDO O VIOLONISTA HENRIQUE BRITO

HENRIQUE BRITO
Arquivo Nirez





Vamos relembrar o violonista e compositor HENRIQUE BRITO.    

Henrique Brito nasceu em Natal (RN), em 15 de julho de 1908.  

Sua mãe, Maria Leopoldina Brito, ensinou-lhe os primeiros acordes.


domingo, 14 de julho de 2024

DISCOS COLUMBIA PARA O CARNAVAL DE 1930

 




DISCOS COLUMBIA PARA O CARNAVAL DE 1930
 



A revista Phono-Arte, de 30 de janeiro de 1930, número 36, apresentava várias novidades musicais.
 
A gravadora Columbia, instalada no Brasil em 1929, em São Paulo, preparou uma seleção de canções para lançar no Carnaval de 1930.


sábado, 13 de julho de 2024

RELEMBRANDO O CANTOR CYRO MONTEIRO


CYRO MONTEIRO, maio de 1935.
Arquivo Marcelo Bonavides






Vamos relembrar o cantor e compositor CYRO MONTEIRO.            

Cyro Monteiro nasceu no Rio de Janeiro em 28 de maio de 1913. Era filho de um dentista, que também era capitão do Exército e funcionário público. Era sobrinho do grande pianista de samba Nonô (Romualdo Peixoto, conhecido como o “Chopin do samba”), sendo também primo do cantor Cauby Peixoto, de Araken Peixoto, Andyara Peixoto e do pianista Moacyr Peixoto. Passou sua infância e juventude em Niterói, onde sua família havia mudado quando ele tinha dois anos.    


MAESTRO ANACLETO DE MEDEIROS

ANACLETO DE MEDEIROS
http://banda.cbmerj.rj.gov.br
 




Vamos relembrar o compositor, regente e instrumentista ANACLETO DE MEDEIROS.
 
Anacleto Augusto de Medeiros nasceu em Paquetá (RJ), em 13 de julho de 1866, na antiga Rua dos Muros. Era filho de uma escrava alforriada e, ao se batizar, foi escolhido o nome do santo do dia.  

 

RELEMBRANDO CORNÉLIO PIRES

CORNÉLIO PIRES
Fon Fon, 1915.
http://memoria.bn.br





Vamos relembrar o escritor e compositor CORNÉLIO PIRES.      

Cornélio Pires nasceu em Tietê (SP), em 13 de julho de 1884.        

Foi o pioneiro na divulgação da cultura sertaneja. Também foi cantor, cineasta, empresário artístico e produtor de discos. Ele recusava anúncios de bebidas alcoólicas, cabarés e casas de jogo do bicho.


RELEMBRANDO O COMPOSITOR J. BULHÕES

JÚLIA MARTINS E BAHIANO



Vamos relembrar o compositor J. Bulhões.    

 
José Carvalho de Bulhões, mais conhecido como J. Bulhões, nasceu no Rio de Janeiro em 21 de agosto de 1881. Era pai do compositor Max Bulhões. 
 

sexta-feira, 12 de julho de 2024

RELEMBRANDO O COMPOSITOR NILTON BASTOS

NILTON BASTOS
Acervo José Ramos Tinhorão (IMS)
https://acervos.ims.com.br/



Vamos relembrar o compositor NILTON BASTOS.         

Nilton Bastos nasceu no Rio de Janeiro em 12 de julho de 1899. Seu pai era comerciante português e sua mãe, costureira, tendo sido criado no bairro carioca de São Cristóvão. Não chegou a concluir o curso primário e nunca estudou música, tocando piano de ouvido.


RELEMBRANDO O MAESTRO HENRIQUE ALVES DE MESQUITA

HENRIQUE ALVES DE MESQUITA
O Guarany, 1871
http://memoria.bn.br/
 
       
   
Vamos relembrar o compositor e regente HENRIQUE ALVES DE MESQUITA, o pai do Tango Brasileiro.      

Henrique Alves de Mesquita nasceu em 15 de março de 1830, em uma modesta casa na Ladeira do Castelo, ladeira que dava acesso ao topo do Morro do Castelo, no Centro do Rio de Janeiro (morro que abrigava edificações do tempo da fundação da cidade e que foi demolido completamente).            



quinta-feira, 11 de julho de 2024

RELEMBRANDO JOAQUIM CALLADO

JOAQUIM CALLADO
Revista Illustrada, 03 de abril1880.
http://memoria.bn.br




Vamos relembrar o compositor e flautista JOAQUIM CALLADO.  

Joaquim Antônio da Silva Callado Jr. nasceu no Rio de Janeiro em 11 de julho de 1848, sendo filho de Matilde Joaquina de Sousa Callado e Joaquim Antônio da Silva Callado. Seu pai tocava cornetim e era professor de música e mestre da banda Sociedade União de Artistas, sendo também pintor da Sociedade Carnavalesca Zuavos.


RELEMBRANDO GERALDO MAGALHÃES

GERALDO MAGALHÃES
O Malho, 1909
http://memoria.bn.br/





Vamos relembrar o cantor GERALDO MAGALHÃES.      

Geraldo Magalhães foi um dos mais notáveis e populares cantores das primeiras décadas do século XX.  


RELEMBRANDO RAUL TORRES

RAUL TORRES
Carioca, 1940.
http://memoria.bn.br






Vamos relembrar o cantor e compositor RAUL TORRES.    

Raul Montes Torres nasceu em Botucatu (SP), em 11 de julho de 1906, sendo filho de imigrantes espanhóis. Em sua cidade natal se iniciou na música, cantando modas de viola em festas e cantando com amigos.


quarta-feira, 10 de julho de 2024

RELEMBRANDO ROSINA PAGÃ

ROSINA PAGÃ
A Noite Illustrada, 1943.
Arquivo Nirez




Vamos relembrar a cantora e atriz ROSINA PAGÃ.

Rosina Cozzolino nasceu em Itararé (SP), em 10 de julho de 1919.  

Era irmã da também cantora e vedete, Elvira Pagã.


RELEMBRANDO O CANTOR CARLOS AUGUSTO

CARLOS AUGUSTO





Carlos Augusto foi um cantor cearense que fez muito sucesso no Rio de Janeiro, sendo aclamado como cantor revelação em 1952. Sua bonita voz lhe renderia prestígio durante a década de 1950 e 1960, sendo calada bruscamente.
 
 
 

JACKSON DO PANDEIRO INTERPRETA ROSIL CAVALCANTI


JACKSON DO PANDEIRO E ROSIL CAVALCANTI




A data de hoje, 10 de julho, marca o falecimento de dois importantes artistas: JACKSON DO PANDEIRO e ROSIL CAVALCANTI.

terça-feira, 9 de julho de 2024

MARÍLIA BATISTA - A PRINCESINHA DO SAMBA

MARÍLIA BATISTA
Arquivo Nirez





Que o samba tem reis e rainhas, isso nós sabemos.       

Mas, poucos sabem que ele também teve Princesa. Uma Princesinha, aliás. Chamava-se Marília Batista (ou Baptista, no original).    

Ela é lembrada por ter sido uma das melhores intérpretes do compositor Noel Rosa (a outra grande: Aracy de Almeida). Até criou-se uma disputa entre os fãs e críticos para saber quem era a melhor intérprete de Noel. Em minha opinião, ambas foram Grandes nesse sentido, e em muitos outros.

Confiram.


RELEMBRANDO PEDRO RAIMUNDO

PEDRO RAIMUNDO
 



Pedro Raimundo foi um dos grandes sanfoneiros dos anos 40 e 50, representando a cultura do sul do país.  
 
Saibam um pouco sobre sua vida e carreira.


RELEMBRANDO O COMPOSITOR JORGE FARAJ


JORGE FARAJ
immub.org





Vamos relembrar o compositor e poeta JORGE FARAJ.

Jorge Vidal Faraj nasceu no Rio de Janeiro em 09 de julho de 1901.

Escreveu seu primeiro verso aos 18 anos, intitulado Brinde, inspirado por sua predileção à literatura. Um ano depois, abandonou a profissão de mecânico para fundar um jornal semanário com amigos do bairro, O Botafogo, tornando-se responsável pela seção de poesias.


VINÍCIUS DE MORAES E SUAS PRIMEIRAS GRAVAÇÕES

VINÍCIUS DE MORAES
http://www.jornalrol.com.br/




Há 44 anos falecia o poeta VINÍCIUS DE MORAES.

Marcus Vinícius da Cruz de Melo Morais nasceu no Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913. Também foi teatrólogo, jornalista e diplomata.          


REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 - 92 ANOS





 
Há 92 anos, era iniciado o movimento armado que aconteceu no Estado de São Paulo e que se chamou Revolução Constitucionalista de 1932.

O conflito ocorreu entre os meses de julho e outubro de 1932.


segunda-feira, 8 de julho de 2024

RELEMBRANDO O GRANDE PROCÓPIO FERREIRA

PROCÓPIO FERREIRA
O Malho, 1948
http://memoria.bn.br/




O ator Procópio Ferreira foi um dos mais importantes nomes de nosso teatro. Ao longo de mais de sessenta anos de carreira ele se fez aplaudir por várias gerações, interpretando dramas e comédias. Também atuou cinema e deixou sua interpretação em alguns discos.    


GASTÃO VIANA - 65 ANOS DE SAUDADE


GASTÃO VIANA
Diario Carioca, 18 de fevereiro de 1933, p.07.
http://memoria.bn.br



Há 65 anos falecia o compositor GASTÃO VIANA.   

Gastão Escolástico Viana nasceu no Rio de Janeiro em 1900. Era filho do músico Juca Kallut, um dos grandes chorões da Velha Guarda e um dos fundadores do choro carioca.


CASO ROSWELL - 77 ANOS

http://tecnologia.terra.com.br





Em 08 de julho de 1947, os habitantes de Roswell, no Novo México (USA), despertaram com a estranha e incrível manchete na primeira página do jornal local, Roswell Daily Record, afirmando que o 509º Grupo de Bombardeiro da (então) Força Aérea do Exército dos Estados Unidos estava em posse dos destroços de um disco voador.


domingo, 7 de julho de 2024

RELEMBRANDO ARTHUR AZEVEDO

 
ARTHUR AZEVEDO




Um dos grandes nomes de nosso Teatro de Revista foi ARTHUR AZEVEDO.  

Ele ajudou a consolidar esse gênero teatral em nosso país a partir do começo da década de 1880, destacando-se também em outros estilos.              


RELEMBRANDO O CANTOR ALBÊNZIO PERRONE


ALBÊNZIO PERRONE
Revista Carioca de 1938, Arquivo Nirez.
"Albênzio Perrone, pouca gente o sabe, é francês, nascido em Paris (sic). Parece que ser estrangeiro é uma fatalidade dos nossos artistas mais representativos, como Carmen Miranda, que é portuguesa, e Gilda de Abreu, também nascida em paris (sic). Albênzio veio para o Brasil com seis anos e aqui tornou-se um dos nossos maiores seresteiros, apesar de ter começado sua carreira como tenor de ópera. Tem inúmeras gravações Victor e Odeon. Conta com trinta e um anos, é casado e tem uma linda filhinha. pertence atualmente à Rádio Educadora".






Vamos relembrar o cantor ALBÊNZIO PERRONE.

Nascido em Marselha (França), em 01 de novembro de 1906, Albênzio Gaspare Raffaele Perrone, chegou ao Brasil em 1912. Seus pais eram italianos. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...