Páginas

Translate

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

RELEMBRANDO GETÚLIO MARINHO (AMOR)

GETÚLIO MARINHO (AMOR).
A Noite Illustrada, 03 de fevereiro de 1932, p.9.
http://memoria.bn.br



Hoje vamos relembrar o compositor e instrumentista GETÚLIO MARINHO, o “Amor”.

Getúlio Marinho da Silva nasceu em Salvador (BA), em 15 de novembro de 1889, sendo filho de Paulina Teresa de Jesus e de Antonio Marinho da Silva. Quando ele tinha seis anos de idade, a família se mudou para o Rio de Janeiro. Seu apelido “Amor” vinha desde a infância.

Getúlio foi criado frequentando as casas das tias baianas, como Bebiana, Gracinda, Ciata e Calu Boneca. Também participou dos primeiros ranchos carnavalescos cariocas criados por baianos do bairro da Saúde. Aprendeu, com o pioneiro Hilário Jovino Ferreira, a coreografia dos mestres-sala dos ranchos, tornando-se um grande especialista nesta arte, segundo o Dicionário Ricardo Cravo Albin da Música Popular Brasileira.

Sua carreira artística teve início em 1916, quando ele atuou como dançarino na revista Dança de Velho, levada à cena no Theatro São José, onde estrelavam Pepa Delgado, Júlia Martins e Alfredo Silva. Atuando como mestre-sala, teve destaque durante a década de 1920.

Sua primeira composição gravada aconteceu em 1930, com o samba Não quero o teu Amor, realizada na Odeon pelo Conjunto Africano.

Frequentador de terreiros de Umbanda, conheceu Pais de Santos famosos como João Alabá, Assumano e Abedé, recolhendo pontos de santos que levaria para os discos. Moreira da Silva foi um dos cantores que gravou alguns de seus pontos de santos no começo da década de 1930.

Também compôs ritmos como samba, marcha e valsa, dentre outros, que seriam gravados por Francisco Alves, Aurora Miranda, Luís Barbosa, Patrício Teixeira, Jayme Vogeler, J. B. de Carvalho, Orlando Silva, Nelson Gonçalves, entre outros artistas.

Um de seus sucessos foi o samba Apanhando Papel, gravado em 1931 por Francisco Alves; que também lançaria em 1936 o clássico junino Pula a Fogueira, que Getúlio Marinho compôs em parceria com João Bastos Filho.

Getúlio Marinho faleceu no Rio de Janeiro em 31 de janeiro de 1964, aos 74 anos de idade.


Vamos conferir algumas de suas composições. Duas delas, pontos de santos de sua autoria gravados por ele mesmo, enquanto as demais são interpretadas por artistas dos anos 30 e 40




Getúlio Marinho Intérprete

PONTO DE INHASSAN
Macumba de Getúlio Marinho
Gravada por Getúlio Marinho
Acompanhamento do Conjunto Africano
Disco Odeon 11.481-A, matriz 5533
Gravado em 09 de março de 1937 e lançado em junho



PONTO DE OGUM
Macumba de Getúlio Marinho
Gravada por Getúlio Marinho
Acompanhamento do Conjunto Africano
Disco Odeon 11.481-B, matriz 5534
Gravado em 09 de março de 1937 e lançado em junho




Getúlio Marinho Compositor

APANHANDO PAPEL
Samba de Getúlio Marinho e Ubiratan da Silva
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento dos Bambas do Estácio
Disco Odeon 10.767-A, matriz 4124-1
Gravado em 30 de janeiro de 1931 e lançado em março



VOU-ME REGENERAR
Samba de Getúlio Marinho
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.873-B, matriz 4390
Gravado em 09 de dezembro de 1931 e lançado em 1932



NÃO GOSTEI DE SEUS MODOS
Samba de Getúlio Marinho (Amor)
Gravado por Luís Barbosa e Vitório Lattari
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.879-B, matriz 4388
Gravado em 09 de dezembro de 1931 e lançado em 1932



NA FAVELA
Samba de Getúlio Marinho (Amor)
Gravado por Moreira da Silva
Acompanhamento do Conjunto Africano
Disco Odeon 10.896-A, matriz 4394
Lançado em 1932



EU SOU É BAMBA
Samba de Getúlio Marinho (Amor)
Gravado por Moreira da Silva
Acompanhamento do Conjunto Africano
Disco Odeon 10.896-B, matriz 4393
Lançado em 1932



ATÉ DORMINDO SORRISTE
Samba de Getúlio Marinho e Valdemar da Silva
Gravado por Jayme Vogeler
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.985-B, matriz 4545
Gravado em 11 de novembro de 1932 e lançado em março de 1933



VOU TE DAR
Samba de Getúlio Marinho e Alcebíades Barcelos
Gravado por Luís Barbosa
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.971-B, matriz 4586
Gravado em janeiro de 1933 e lançado em janeiro/fevereiro desse mesmo ano



BUMBA NO CANECO
Batucada de Getúlio Marinho e Orlando Vieira
Gravada por Luís Barbosa
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.974-A, matriz 4594
Gravado em 24 de janeiro de 1933 e lançado em janeiro/fevereiro desse mesmo ano



TENTAÇÃO DO SAMBA
Samba do Partido Alto de Getúlio Marinho e João Bastos Filho
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Grupo da Guarda Velha, sob a  direção de João Martins
Disco Victor 33.633-A, matriz 65660-2
Gravado em 02 de fevereiro de 1933 e lançado em março



QUANDO ME VEJO NUM SAMBA
Samba de Getúlio Marinho (Amor)
Gravado por Patrício Teixeira
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco Victor 33.818-B, matriz 65735-1
Gravado em 17 de maio de 1933 e lançado em setembro de 1934



DE QUEM SERÁ?
Marcha de Getúlio Marinho e João Bastos Filho
Gravada por Castro Barbosa
Acompanhamento dos Diabos do Céu e Coro
Disco Victor 33.899-A, matriz 79795-1
Gravado em 04 de dezembro de 1934 e lançado em fevereiro de 1935



MOLHA O PANO
Samba de Getúlio Marinho e Vasconcelos
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento do Grupo Odeon
Disco Odeon 11.320-A, matriz 5213
Gravado em 16 de dezembro de 1935 e lançado em janeiro de 1936



PULA A FOGUEIRA
Marcha de Getúlio Marinho (Amor) e João Bastos Filho
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.068-A, matriz 80163-1
Gravado em 21 de maio de 1936 e lançado em junho



Ê TIMBETÁ
Jongo de Getúlio Marinho (Amor)
Gravado por J. B. de Carvalho
Acompanhamento do Conjunto Tupy
Disco Victor 34.075-B, matriz 80168-1
Gravado em 27 de maio de 1936 e lançado em julho



QUAL FOI O MAL QUE TE FIZ
Samba de Getúlio Marinho e O. Patrício
Gravado por Henricão
Acompanhamento de Os Caiçaras
Disco Odeon 11.565-B, matriz 5732
Gravado em 10 de dezembro de 1937 e lançado em fevereiro de 1938



VAI AMOR
Samba de Getúlio Marinho e João Bastos Filho
Gravado por Nelson Gonçalves
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Regional
Disco Victor 80-0130-B, matriz S-052837-1
Gravado em 17 de setembro de 1943 e lançado em novembro



NADIR
Valsa de Getúlio Marinho e João Bastos Filho
Gravada por Nelson Gonçalves
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0198-A, matriz S-052968-1
Gravado em 30 de maio de 1944 e lançado em agosto










Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte - http://dicionariompb.com.br/amor










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...