Páginas

Translate

domingo, 28 de julho de 2019

ADEUS À GRANDE ATRIZ RUTH DE SOUZA


RUTH DE SOUZA
www.geledes.org.br



Faleceu na manhã deste domingo, 28 de julho, a atriz RUTH DE SOUZA, aos 98 anos de idade.
Desde o início da semana passada, ela estava internada no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Copa D´Or, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, devido a uma pneumonia.

Ela estava com mais de 70 anos de carreira artística.

Ruth Pinto de Souza nasceu no Rio de Janeiro em 12 de maio de 1921.

Em criança, viveu com a família em uma fazenda em Minas Gerais, mas aos nove anos de idade perdeu o pai, retornando com a mãe para o Rio de Janeiro, indo morar em uma vila de Copacabana.

Ingressou no Teatro Experimental do Negro em 1945, que era liderado por Abadias do Nascimento.

Pioneira, Ruth de Souza abriu caminhos para o artista negro no Brasil, sendo a primeira atriz negra a atuar no palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, com a peça O Imperador Jones, de Eugene O´Neill. Recebendo uma bolsa de estudos da Fundação Rockefeller, morou um ano nos Estados Unidos, onde estudou na Universidade de Harvard e na Academia Nacional do Teatro.

Sua estreia no cinema aconteceu em 1948, em Terra Violenta (baseado no romance Terras do Sem-Fim, de Jorge Amado). Participou de vários filmes, conseguindo a consagração nacional através de Sinhá Moça, filme de 1953, onde, mais uma vez foi pioneira: por seu desempenho, seria a primeira atriz brasileira indicada ao prêmio de melhor atriz em um festival internacional de cinema (festival de Veneza em 1954).

Também participou de radionovelas e em teleteatros da TV Tupi. Nos anos 60, fez sucesso na televisão atuando na novela A Deusa Vencida (1965) de Ivani Ribeiro, exibida pela TV Excelsior. Ao integrar o elenco de artistas da TV Globo, em 1968, mais uma conquista: torna-se a primeira atriz negra a protagonizar uma novela, A Cabana do Pai Tomás, de 1969. Desde então é contratada da emissora carioca, aparecendo em produções como a telenovela Sinhá Moça, de 1986, onde interpretou o personagem Balbina, irmã de Virgínia (), interpretada por Chica Xavier. Nesse trabalho, Ruth de Souza mais uma vez mostrou seu talento, em cenas ao lado de Grande Otelo.

Aos 96 anos, no início de 2018, após oito anos afastada das telas, Ruth de Souza participou do primeiro episódio da nova temporada de Mister Brau, ao lado de Lázaro Ramos.

Seu último trabalho foi na minissérie Se Eu Fechar Os Olhos Agora, em 2019.
Também em 2019, Ruth de Souza foi homenageada pela Escola de Samba Acadêmicos de Santa Cruz, no Rio de Janeiro.



Ruth de Souza e a escritora Carolina Maria de Jesus.
Favela Canindé, São Paulo, 1961.
g1.globo.com


RUTH DE SOUZA
https://baurutv.com


Ruth de Souza
www.geledes.org.br


Ruth de Souza
astrosemrevista.blogspot.com


Ruth de Souza e Grande Otelo.
Sinhá Moça, 1986.

ultimosegundo.ig.com.br

Ruth de Souza e Grande Otelo.
Sinhá Moça, 1986.
g1.globo.com


Ruth de Souza durante homenagem da Santa Cruz. 
Foto: Marcos Serra Lima/G1


Ruth de Souza emocionada durante homenagem da Santa Cruz.
Foto: Marcos Serra Lima/G1



Ruth de Souza
filmow.com






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...