Páginas

Translate

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

ADEUS À NINON SEVILLA



Faleceu aos 93 anos, nessa quinta feira, dia 01 de janeiro de 2015, a cantora e atriz mexicana NINON SEVILLA.

Emelia Pérez Castellanos nasceu e cresceu em Havana (Cuba), em 10 de novembro de 1921. Chegou a morar com um tia e foi educada em um convento. Mas, com sua beleza e belas pernas, ao terminar sua instrução, dedicou-se à carreira artística. 

Dançando em boates de Cuba, foi aprimorando seu talento, onde também cantava. 

Nos anos de 1940 passou a residir no México, onde se tornou uma famosa atriz de cinema. Muitos de seus filmes foram sucesso e se tornaram clássicos do cinema mexicano, como Pecadora (1947), Perdida (1950) e Vende caro o teu amor (1950).

Em alguns de seus filmes ela cantava em português, para o deleite de seus fãs brasileiros, e também se acompanhava do conjunto brasileiro Anjos do Inferno.

No final dos anos 50 o cinema mexicano entrou em declínio, porém, nos anos 80, Ninon surge no filme Noche de Carnaval, onde ganha o Prêmio Ariel por sua atuação.

Com o advento das telenovelas mexicanas, ela atuou em várias produções, entre elas, A Usurpadora (1998), interpretando Cachita Cienfuegos. Em 2008, aos 87 anos, fez parte da série Central de abasto.

Em 2012 e 2013, com mais de 90 anos, ela participava da série Qué bonito amor, interpretando Doña Remedios.

No final de 2014, Ninon foi internada com pneumonia. No primeiro dia do ano de 2015, faleceu vitima de uma parada cardíaca. 

Ninon Sevilla era naturalizada mexicana e estava com 93 anos.















Um comentário:

  1. Ah! como eu lamento, a morte da extraordinária Ninón Sevilla, uma incrível dançarina de ritmos latinos, tão talentosa e criativa, que nos seus filmes, ela mesma criava suas coreografias e indumentárias, foi, também, uma atriz de muito sucesso em melodramas inesquecíveis, tendo, inclusive, filmado no Brasil por duas vezes, na película, ela atuou ao lado de nossa saudosa Glauce Rocha. Ninón, era muito bonita, e, sensualíssima dançando, tinha um corpo escultural e um par de pernas maravilhosas. Ela, também, amava a música brasileira, e o nosso país, onde conquistara inúmeros admiradores, nos anos 40, 50 e 60, e, que depois, puderam acompanha-la, já senhora, atuando nas novelas mexicanas da Televisa, e exibidas no Brasil, com muito sucesso, pelo SBT.
    Desejo, querida Ninón Sevilla, que a sua alma de artista sensível, descanse em paz, no céu junto de Deus, enquanto, seguiremos por aqui, sentindo a sua falta, mas, cultuando a sua memória com o mais absoluto respeito. Afinal, reconhecemos que a sua partida, deixa a terra mais empobrecida de beleza e talento, porém, o céu ganhou mais uma esplendorosa estrela!
    Alberto Minerva (Niterói)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...