Translate

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

MÚSICAS & CULINÁRIA - COCADA


MÚSICAS & CULINÁRIA
- COCADA-


As Cocadas de Minas
http://www.nidelins.com.br/2016/06/09/as-cocadas-de-minas/



Nosso Blog está online há 12 anos e sempre é uma felicidade trazer novas postagens para vocês. Sempre procuro variar temas, biografias e comentários sobre gravações ao longo desses anos.

Uma de nossas postagens mais populares foi a intitulada “Cocada, Yayá?”, que teve, até hoje, 4.059 visualizações. Seu link é: http://bit.ly/2NIUwJC

Inspirado nessa postagem, dou início a uma série onde irei mesclar música e culinária, trazendo temas de comidas, com suas receitas, que foram cantadas ao longo do período do disco 78 rpm (1902 - 1964).

Começando com o tema "Cocada", trago algumas gravações realizadas pelos seguintes artistas: Aracy Côrtes e Alberto Ribeiro, que representam um esquete cantando, sobre uma baiana que vende seus quitutes perto do ponto de bonde; Gilda de Abreu, que canta as cocadas de uma baiana vendedora de quitutes, e Jayme Redondo, que conta os encantos de uma sinhá vendedora de quitutes e seus doces maravilhosos.

Junto a isso, trago algumas receitas de cocadas publicadas em jornais, revistas e livros de culinária, datadas até de 1787. São variados tipos do doce feito a partir do coco ralado.

Curiosidade: A Cocada Bahiana é um doce de coco cremoso produzido em Belo Horizonte (MG) desde 1907. Mais detalhes em http://bit.ly/2R9TgRQ


http://www.quysantaalimentos.ind.br/




MÚSICAS



 JAYME REDONDO


Jayme Redondo
Arquivo Humberto Franceschi


QUITUTES DE SINHAZINHA
Modinha Lundu de Gáudio Viotti e X. Y. Z.
Gravada por Jayme Redondo
Acompanhamento de Gaó, Petit e Zezinho
Disco Columbia 5.205-B, matriz 380529
Lançado em maio de 1930




GILDA DE ABREU


Gilda de Abreu
Arquivo Nirez


A BAHIANA TEM COCADA
Toada de Ary Kerner Veiga de Castro
Gravado por Gilda de Abreu
Acompanhamento da Orquestra Pan American, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 10.651-A, matriz 3713
Lançado em agosto de 1930





ARACY CÔRTES
E
ALBERTO RIBEIRO



Aracy Côrtes
http://memoria.bn.br/



Alberto Ribeiro
http://memoria.bn.br/


VELHA BAHIANA
Cena Típica de Napoleão Tavares e Alberto Ribeiro
Gravada por Aracy Côrtes e Alberto Ribeiro
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.134-B, matriz 381287
Lançado em julho de 1932




RECEITAS


Obs. Não fiz as receitas, trago-as apenas como ilustração e curiosidade para as postagens.



Cocada de Ovo
 Revista da Semana, 1922

http://memoria.bn.br/


Cocada Puxa 
Vida Doméstica, 1922


http://memoria.bn.br/



Cocadas
Vida Doméstica, 1932


http://memoria.bn.br/



Cocada Deliciosa 
Vida Doméstica, 1934


http://memoria.bn.br/



Cocada Branca 
A Casa, 1946


http://memoria.bn.br/



Cocadinhas 
A Casa, 1947


http://memoria.bn.br/



Cocada Simples 
A Casa, 1949


http://memoria.bn.br/



Cocada
Por Valda Tosto de Carvalho (Bahia)
Vida Doméstica, 1949


http://memoria.bn.br/



Cocada Puxa 
A Casa, 1952


http://memoria.bn.br/



Cocadas de Limão 
Vida Doméstica, 1959


http://memoria.bn.br/



Cocada Preta

Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de cozimento: 40 minutos
Tempo total: 50 minutos

Ingredientes
4 xícaras de açúcar
2 1/2 xícaras de água
3 1/2 xícaras de coco fresco ralado fino.

Modo de Preparo
Coloque açúcar em uma panela, leve ao fogo brando e, mexendo sempre com uma colher de pau, deixe formar uma calda cor de caramelo.
Junte água, continue mexendo até começar a ferver, pare de mexer e mantenha a panela no fogo até a calda atingir o ponto de bala mole
Tire do fogo, acrescente coco ralado, misture bem com uma colher de pau, leve novamente ao fogo e mexa com cuidado para reaquecer.
Tire do fogo, deixe esfriar sem mexer para não açucarar, coloque em uma compoteira e leve à mesa.


Cocada Rosa
 
3 gemas
200 ml. de leite de côco
500 gr. de açúcar
150 gr. de côco ralado
1 xícara (chá) de morangos lavados

Bata os morangos e o leite de côco no liquidificador. Transfira para uma panela e acrescente o côco, o açúcar e as gemas peneiradas. Misture bem. Leve ao fogo baixo e mexa até engrossar.
Espalhe colheradas de cocada em um papel manteiga e deixe secar.



Cocada Amarela
(comum em Angola)
Receita em inglês




Receitas do Livro
FOGÃO DE LENHA
De Maria Stella Libânio Christo
Editora Vozes - 1979



Cocada



Cocada de 1787 



Cocada de Sol














Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...