Páginas

Translate

segunda-feira, 9 de março de 2020

EFEMÉRIDES DE 08 E 09 DE MARÇO: PAULINO SACRAMENTO E ANTENÓGENES SILVA


As datas de 08 e 09 de março, marcam o falecimento de dois grandes artistas: PAULINO SACRAMENTO e ANTENÓGENES SILVA.



PAULINO SACRAMENTO
(1880 – 1926)


PAULINO SACRAMENTO
O Malho, 1922
http://memoria.bn.br/


Paulino Sacramento nasceu no Rio de Janeiro em 08 de dezembro de 1880, falecendo também no Rio de Janeiro em 08 de março de 1926.

Foi trompetista, compositor e regente.

Paulino Sacramento dedicou-se ao teatro musicado, compondo peças que fariam sucesso nos palcos e nos discos. Seu tango Pierrô, segundo o Dicionário Ricardo Cravo Albin da Música Popular Brasileira, “é considerado um autêntico carro de fogo para os solistas deste instrumento” (trompete).

Seu tango O Vatapá, da revista O Maxixe, de 1906, foi um grande sucesso, sendo gravado por nomes famosos da época como Pepa Delgado e Mário Pinheiro, Geraldo Magalhães e Nina Teixeira (Os Geraldos), Medina de Souza e Geraldo Magalhães, Albertina Rosa e Orestes de Mattos e pelas bandas do Corpo de Bombeiros, 52º Caçadores e da Casa Edison.

Auxiliou em 1910 ao célebre palhaço de circo e cantor Benjamin de Oliveira na adaptação da opereta A Viúva Alegre, de Franz Lehar.


Saibam mais sobre Paulino Sacramento: http://bit.ly/2H9slBS



BEBÉ
Tango de Paulino Sacramento
Gravado pela Banda da Casa Edison
Disco Odeon Record 40.156, matriz RX-111
Lançado em 1904



VATAPÁ
Tango de Paulino Sacramento
Gravado pela Banda do Corpo de Bombeiros
Disco Odeon Record 108.033, matriz XR-566
Lançado em 1909



PIERRÔ (PIERROTTE)
Tango de Paulino Sacramento
Gravado pela Banda da Casa Edison
Disco Odeon Record 108.234, matriz XR-771
Lançado em 1909



BEBÉ
Tango Carnavalesco de Paulino Sacramento

Gravado pela Banda do Corpo de Bombeiros
Disco Victor Record 98.837
Lançado em 1909



O VATAPÁ
Maxixe de Paulino Sacramento
Gravado por Pepa Delgado e Mário Pinheiro
Acompanhamento de Orquestra
Disco Columbia B-31, matriz 11.644
Lançado em 1912
Da Revista “O Maxixe”





ANTENÓGENES SILVA
(1906 – 2001)


ANTENÓGENES SILVA
Carioca, 1937
Arquivo Nirez


Antenógenes Honório da Silva nasceu em Uberaba (MG), em 30 de outubro de 1906, falecendo no Rio de Janeiro, em 09 de março de 2001, aos 94 anos de idade.

Foi acordeonista e compositor.

Ainda criança, dedilhava o acordeon e já compunha. Aos 14 anos de idade compôs a valsa Saudoso Passado que, segundo o Dicionário Ricardo Cravo Albin da Música Popular Brasileira, foi plagiada e apresentada como sendo de outro compositor, recebendo o título de Saudades de Matão, que foi um grande sucesso. Antenógenes Silva, anos depois, comprovaria sua autoria.

Atuou na Rádio Educadora Paulista e em 1929 gravou seu primeiro disco na Victor, com as músicas Gostei da tua caída, choro; Saudade de Uberaba, maxixe e as valsas Norma e Feliz de quem ama, músicas de sua autoria.

Em 1934 gravou as valsas de Zequinha de Abreu, Súplica de Amor e Elza. Nesse mesmo ano, atuou em Buenos Aires.

No início da carreira das Irmãs Pagãs (Rosina e Elvira), acompanhou-as em algumas gravações.

Mestre do acordeon, Antenógenes Silva sempre buscou se aperfeiçoar, sendo um dos poucos a acompanhar músicas do repertório lírico, o que fez quando se apresentou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Em 1931, Antenógenes Silva se casou com Marcília Marinari, que era violinista e locutora que usava o nome artístico de Léa Silva, excelente profissional, que tinha programas de rádio voltados para cuidados da beleza, que após atuar na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, foi para os EUA trabalhar na C. B. S. e na N. B. C.

Era conhecido como O Mago do Acordeon.

Impulsionou a carreira de vários artistas, como Jamelão, Dilu Melo, Gilberto Alves e Irmãs Pagãs (Rosina e Elvira).

Na Alemanha, recebeu o prêmio de maior sanfoneiro de outo baixos do mundo.


Saibam mais sobre Antenógenes Silva: http://bit.ly/2tZT77c





Antenógenes Silva Intérprete


Discos Victor


SAUDADE DE UBERABA


Maxixe de Antenógenes Silva
Gravado por Antenógenes Silva ao Acordeon
Disco Victor 33.240-A, matriz 50095-2
Gravado em 04 de novembro de 1929 e lançado em maio de 1930



FELIZ DE QUEM AMA


Valsa de Antenógenes Silva
Gravada por Antenógenes Silva ao Acordeon
Disco Victor 33.240-B, matriz 50097-1
Gravado em 04 de novembro de 1929 e lançado em maio de 1930



CAMÉLIA


Valsa de Antenógenes Silva
Gravada por Antenógenes Silva ao Acordeon
Acompanhamento de Pereira Filho ao Violão
Disco Victor 33.702-A, matriz 65829-1
Gravado em 08 de agosto de 1933 e lançado em setembro de 1933



Antenógenes Silva Compositor


MARCÍLIA


Valsa de Antenógenes Silva
Gravada Pela Orquestra Típica Victor
Disco Victor 33.705-A, matriz 65839-1
Gravado em 10 de agosto de 1933 e lançado em outubro de 1933


MORENINHA DO SERTÃO
Toada Sertaneja de Antenógenes Silva
Gravada por Henricão e Sarita
Acompanhamento de Antenógenes Silva ao acordeon e Rogério e Nogueira aos violões
Disco Odeon 11.298-B, matriz 5340
Gravado em 09 de maio de 1936 e lançado em outubro



AMOR SÓ DE PERTO
Rumba de Antenógenes Silva
Gravada por Nestor Amaral
Acompanhamento de Antenógenes Silva ao acordeon e Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.647-A, matriz 5876-1
Gravado em 27 de junho de 1938 e lançado em outubro







Agradecimento ao Arquivo Nirez






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...