quinta-feira, 7 de maio de 2020

EFEMÉRIDES DE 07 DE MAIO: CASTRO BARBOSA, ORESTES BARBOSA, ELIZETH CARDOSO E ADELINO MOREIRA




A data de hoje, 07 de maio, marca o nascimento e falecimento dos seguintes artistas: CASTRO BARBOSA, ORESTES BARBOSA, ELIZETH CARDOSO e ADELINO MOREIRA.





CASTRO BARBOSA

 
CASTRO BARBOSA
Arquivo Nirez



Joaquim Silvério de Castro Barbosa nasceu em Sabará (MG), em 07 de maio de 1905.

Em 1931, já no Rio de Janeiro, Castro Barbosa gravou seu primeiro disco pela gravadora Parlophon. Do lado A constava o samba canção de Heitor dos Prazeres, Tu Hás de Sentir, e do lado B a marcha de André Filho, Uvinha.

Ainda em 1931, Castro Barbosa iniciou uma dupla ao lado de Jonjoca (João de Freitas Ferreira), a exemplo da dupla Francisco Alves e Mário Reis. A dupla Jonjoca e Castro Barbosa gravou vários discos entre 1931 e 1933, pela Odeon, Victor e Parlophon.

O primeiro e maior sucesso da carreira de Castro Barbosa foi a marcha Teu Cabelo Não Nega, dos Irmãos Valença e Lamartine Babo. No coro da gravação estava Carmen Miranda.

Castro Barbosa também se destacou no humorismo, fazendo parceria com Lauro Borges.

Entre suas gravações, ele fez duetos com Carmen Miranda, Dircinha Batista, Dalva de Oliveira, Francisco Alves, entre outros.

Sua neta, Renata Castro Barbosa é atriz.

Castro Barbosa faleceu no Rio de Janeiro em 20 de abril de 1975, pouco antes de completar 70 anos de idade.

Saibam mais sobre Castro Barbosa: http://bit.ly/2DPpafB


TU HÁS DE SENTIR
Samba Canção de Heitor dos Prazeres
Gravado por Castro Barbosa
Acompanhamento da Orquestra Guanabara
Disco Parlophon 13.292-A, matriz 131097
Lançado em março de 1931



FLOR DO ASFALTO
Fox e Samba de J. Thomaz e Orestes Barbosa
Gravado por Castro Barbosa
Acompanhamento da Orquestra J. Thomaz
Disco Victor 33.493-A, matriz 65239-4
Gravado em 30 de outubro de 1931 e lançado em dezembro de 1931




TEU CABELO NÃO NEGA
Marcha de João Valença, Raul Valença e Lamartine Babo
Gravada por Castro Barbosa
Acompanhamento do Grupo da Guarda Velha
Disco Victor 33.514-A, matriz 65343-1
Gravado em 21 de dezembro de 1931 e lançado em janeiro de 1932
Obs. A cantora Carmen Miranda está no coro.




CANTIGA DE AMOR
Valsa de João de Barro
Gravada por Castro Barbosa
Acompanhamento da Orquestra Guanabara
Disco Parlophon 13.431-B, matriz 131429
Gravado em 20 de julho de 1932 e lançado em 1932



FEITIO DE ORAÇÃO
Samba de Noel Rosa e Osvaldo Gogliano (Vadico)
Gravado por Castro Barbosa e Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 11.042-A, matriz 4693
Gravado em 07 de julho de 1933 e lançado em agosto de 1933



QUANDO ALGUÉM ME PERGUNTA
Samba de Valdemar de Abreu (Dunga)
Gravado por Castro Barbosa
Acompanhamento de Napoleão e Seus Soldados Musicais
Disco Columbia 55.015-B, matriz 125
Gravado em 12 de janeiro de 1939 e lançado em fevereiro de 1939




ORESTES BARBOSA


ORESTES BARBOSA
Arquivo Nirez


Orestes Dias Barbosa nasceu no Rio de Janeiro em 07 de maio de 1893, no bairro carioca de Vila Isabel. Após seu nascimento, a família se mudou para a ilha de Paquetá.

Também era poeta, escritor e jornalista.

Orestes Barbosa foi um de nossos grandes letristas, enriquecendo nossa música com vários clássicos, até hoje lembrados.

Estreou no disco, como compositor, em 1930, ao lado de Oswaldo Santiago na cançoneta Bangalô, gravada por Alvinho na Odeon. Já em 1931, Castro Barbosa gravou de sua autoria com J. Thomaz, o fox-samba Flor do Asfalto (que seria regravado como fox nos anos 50 por Cauby Peixoto) e o samba Carioca; Jonjoca também gravaria da dupla o samba Rosalina, todos registrados na Victor.

Ainda em 1931, Orestes Barbosa gravaria sua primeira música como cantor, gravando o samba de Heitor dos Prazeres, Nega meu bem, pela Parlophon.

Teve sua obra gravada nos anos 30, 40 e 50, sempre com êxito.

Orestes Barbosa faleceu no Rio de Janeiro em 15 de agosto de 1966, aos 73 anos de idade.

Saibam mais sobre Orestes Barbosa: http://bit.ly/2H8iLhc



BANGALÔ
Cançoneta de Oswaldo Santiago e Orestes Barbosa
Gravada por Alvinho
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 10.716-A, matriz 3965
Gravado em 08 de fevereiro de 1930 e lançado em dezembro de 1930




NEGA MEU BEM
Samba de Heitor dos Prazeres
Gravado por Orestes Barbosa
Acompanhamento de Conjunto
Disco Parlophon 13.369-B, matriz 131296
Lançado em 1931



VERDE E AMARELO
Samba de Orestes Barbosa e J. Thomaz
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra de Concertos Columbia, com Armando de Araújo ao Piano
Disco Columbia 22.127-B, matriz 381262-3
Lançado em junho de 1932



MEU COMPANHEIRO
Canção de Francisco Alves e Orestes Barbosa
Gravado por Francisco Alves
Acompanhamento de Conjunto
Disco Odeon 10.932-A, matriz 4514
Gravado em 28 de setembro de 1932 e lançado em 1932



A MULHER QUE FICOU NA TAÇA
Valsa de Francisco Alves e Orestes Barbosa
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.809-B, matriz 79602-1
Gravado em 12 de abril de 1934 e lançado em outubro de 1934



CHÃO DE ESTRELAS
Valsa Canção de Sílvio Caldas e Orestes Barbosa
Gravada por Sílvio Caldas
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.475-B, matriz 5546
Gravado em 18 de março de 1937 e lançado em junho de 1937





ELIZETH CARDOSO

 
ELIZETH CARDOSO
culturafm.cmais.com.br



Elizeth Cardoso Valdez nasceu no Rio de Janeiro em 16 de julho de 1920.

Foi uma de nossas mais talentosas e queridas cantoras, sendo conhecida como A Divina, por seu carisma e interpretação impecável.

Iniciou a carreira na década de 1930, atuando até sua morte, em 07 de maio de 1990.



CANÇÃO DE AMOR

Samba de Elano de Paula e Chocolate

Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA – 5.010-B, matriz TA-20
Gravado em 27 de julho de 1950 e lançado em outubro



DÁ-ME TUAS MÃOS

Samba de Erasmo Silva e Jorge de Castro

Acompanhamento de Cópia e Sua Orquestra
Disco Todamérica TA-5.052-A, matriz TA-109
Gravado em 15 de março de 1951 e lançado em abril




INGRATIDÃO

Samba de Almanir Greco e Rutinaldo Silva

Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.243-A, matriz TA-394-1
Gravado em 09 de outubro de 1952 e lançado em novembro



ALGUÉM COMO TU

Samba de José Maria de Abreu e Jair Amorim

Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.290-A, matriz TA-425-1
Gravado em 19 de março de 1953 e lançado em maio



OCULTEI

Samba de Ary Barroso

Acompanhamento de Vero e Seu Conjunto
Disco Continental 16.932-A, matriz C-3298
Gravado em 25 de março de 1954 e lançado em abril



CANÇÃO DA VOLTA

Samba canção de Antônio Maria e Ismael Neto

Acompanhamento de Antônio Carlos Jobim ao piano e Orquestra
Disco Continental 17.354-A, matriz C-3901
Gravado em 13 de agosto de 1956 e lançado em novembro e dezembro




ADELINO MOREIRA




Adelino Moreira de Castro nasceu em Porto, Portugal, em 28 de março de 1918.

Foi compositor, cantor e instrumentista, vindo morar com a família no Brasil quando tinha um ano de idade.

A convite de Braguinha (João de Barro), Adelino Moreira iniciou sua carreira profissional em 1944. Braguinha era diretor artístico da Continental e Adelino gravou os fados Saudades e Olhos d´Alma, de Campos e Morais.

Em 1948 voltou a Portugal, retornando ao Brasil em 1950. Nessa época, abandonou a carreira de cantor, dedicando-se a compor músicas. Em 1952, ao lado de José Gonçalves, compôs Nego da Calça Amarela, gravada por Zé e Zilda. Nesse mesmo ano, conheceu o cantor Nelson Gonçalves, com que iniciou intensa parceria, misturando a feitura de músicas e empresariado artístico.

Nelson Gonçalves gravaria alguns sucessos de Adelino Moreira, como o bolero Fica Comigo esta Noite, em parceria com o próprio Nelson Gonçalves.

Em 1957, Nelson Gonçalves gravaria o clássico de Adelino Moreira, A Volta do Boêmio, que vendeu um milhão de cópias.


Adelino Moreira faleceu no Rio de Janeiro e 07 de maio de 2002, aos 84 anos de idade.



SAUDADES
Fado de Carlos Campos e Américo Morais
Gravado por Adelino Moreira
Acompanhamento de Violões e Guitarras
Disco Continental 15.199-A, matriz 850-1
Gravado em 1944 e lançado em agosto de 1944



OLHOS D´ALMA
Fado de Carlos Campos e Américo Morais
Gravado por Adelino Moreira
Acompanhamento de Violões e Guitarras
Disco Continental 15.199-B, matriz 851-1
Gravado em 1944 e lançado em agosto de 1944



MEU VÍCIO É VOCÊ
Samba Canção de Adelino Moreira
Gravado por Nelson Gonçalves
Acompanhamento de Regional
Disco RCA Victor 80-1517-A, matriz BE5-VB-0855
Gravado em 23 de agosto de 1955 e lançado em novembro de 1955



A VOLTA DO BOÊMIO
Samba Canção de Adelino Moreira
Gravado por Nelson Gonçalves
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-1751-B, matriz BE6-VB-1365
Gravado em 12 de outubro de 1956 e lançado em março de 1957



FICA COMIGO ESTA NOITE
Samba Canção de Adelino Moreira e Nelson Gonçalves
Gravado por Nelson Gonçalves
Acompanhamento de Orquestra
Disco RCA Victor 80-2376-B, matriz M2CAB-1423
Gravado em 08 de setembro de 1961 e lançado em outubro de 1961
















Agradecimento ao Arquivo Nirez











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...