domingo, 16 de fevereiro de 2020

ELAS INTERPRETAM BENEDITO LACERDA (PARTE I)


BENEDITO LACERDA
Arquivo Nirez


Benedito Lacerda nasceu em Macaé (RJ), em 14 de março de 1903. Começou a aprender flauta de ouvido aos oito anos de idade. Ainda em sua cidade natal deu início às atividades musicais, integrando a banda Nova Aurora.

Passou a residir no Rio de Janeiro aos 17 anos, indo morar no bairro do Estácio, que era conhecido por abrigar sambistas e batuqueiros. Teve como professor de flauta, Belarmino de Sousa, pai do futuro compositor Ciro de Sousa. Benedito estudou no Instituto Nacional de Música, onde se diplomou em flauta e composição. Mesmo ingressando, em 1922, na Polícia Militar não abandonou a música, tendo participado da banda do batalhão de 1923 a 1925. Abandonou a vida militar em 1927, quando passou a viver atuando em orquestras de cinemas e teatros.

Participou, em 1928, do grupo regional Boêmios da Cidade, tendo se apresentado com Josephine Baker. Em 1930, criou o grupo batizado pelo compositor Sinhô (José Barbosa da Silva), Gente do Morro, onde era regente, executava solos e cantava. Suas primeiras composições gravadas foram registadas por Ildefonso Norat em 1930, com o samba Chora meu bem, de sua autoria, e o samba Palácio das necessidade, de sua autoria com o próprio Ildefonso Norat, ambos acompanhados pelo Gente do Morro.

Gravou como cantor na Brunswick treze músicas em 1930, acompanhado pelo Gente do Morro, várias delas de sua autoria, tendo feito parceria com Sílvio Caldas em uma. Como flautista gravou em 1932 o choro Pretencioso, de sua autoria, e a valsa Ondina, de Jaci P. Pereira (Gorgulho). Gravou mais alguns discos como flautista solo ou acompanhando vários intérpretes, em variados ritmos. Em 1946 começou a gravar várias músicas em parceria com Pixinguinha, ao saxofone.

Como compositor deixou várias obras interpretadas por artistas do quilate de Aracy Côrtes, Yolanda Osório, Almirante, Carmen e Aurora Miranda, Alzirinha Camargo, Madelou de Assis, Francisco Alves, entre outros.

Em 1942 ajudou a fundar a UBC (União Brasileira de Compositores), transferindo-se em 1947 para a SBACEM (Sociedade Brasileira de Autores, Compositores e Escritores de Música), onde foi eleito presidente em 1948, sendo reeleito em 1951.

Benedito Lacerda faleceu em um domingo de carnaval, no Rio de Janeiro, no dia 16 de fevereiro de 1958, vítima de um câncer.

Em sua homenagem, trago grandes cantoras interpretando sua obra, divididas em algumas postagens. Hoje, confiram Yolanda Osório, Aracy Côrtes, Aurora Miranda, Alzirinha Camargo, Marilu e Rosina Pagã, com um bônus de Benedito Lacerda cantando e interpretando uma bela valsa em sua flauta.





YOLANDA OSÓRIO


YOLANDA OSÓRIO
Arquivo Nirez

CHOREI
Samba de Benedito Lacerda
Gravado por Yolanda Osório
Acompanhamento do Grupo Gente do Morro
Disco Brunswick 10.088-B, matriz 461
Lançado em setembro de 1930



INGRATIDÃO

Selo de Ingratidão
Arquivo Gilberto Inácio Gonçalves

Sambinha de Jacy Pereira (Gorgulho) e Benedito Lacerda
Gravado por Yolanda Osório
Acompanhamento do Grupo Gente do Morro
Disco Brunswick 10.099-B, matriz 481
Lançado em outubro de 1930





ARACY CÔRTES


ARACY CÔRTES
Arquivo Nirez

RECORDAÇÕES DE UM PASSADO
Samba de Benedito Lacerda e Alcebíades Barcelos
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra Columbia
Disco Columbia 22.134-B, matriz 381281
Lançado em julho de 1932



QUANDO MEU AMOR PARTIU
Samba de Benedito Lacerda
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.144-A, matriz 4879
Gravado em 17 de julho de 1934 e lançado em agosto de 1934



UM SORRISO
Samba Canção de Benedito Lacerda
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.144-B, matriz 4880
Gravado em 17 de julho de 1934 e lançado em agosto de 1934



UM SORRISO

Selo de Um Sorriso
Arquivo Gilberto Inácio Gonçalves

Samba de Benedito Lacerda e Felisberto Martins
Gravado por Aracy Côrtes
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 13.693-B, matriz RIO-10166
Gravado em 11 de junho de 1954 e lançado em agosto de 1954





AURORA MIRANDA


Aurora Miranda


ALGUÉM ME AMA
Samba de Benedito Lacerda
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.074-A, matriz 4732
Gravado em 21 de outubro de 1933 e lançado em novembro de 1933




MEU BRANCO
Samba Canção de Benedito Lacerda e De Chocolat
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.224-A, matriz 5022
Gravado em 27 de abril de 1935 e lançado em maio de 1935
Obs. A rotação está alterada. Se alguém souber ajeitar, agradeço bastante.




CRUZ DA MINHA VIDA
Samba de Benedito Lacerda e Darci de Oliveira
Gravado por Aurora Miranda
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.502-B, matriz 5569
Gravado em 02 de maio de 1937 e lançado em agosto de 1937







ALZIRINHA CAMARGO


ALZIRINHA CAMARGO
Arquivo Nirez


BUENOS AIRES AMIGO
Marcha de Benedito Lacerda
Gravada por Alzirinha Camargo
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.410-A, matriz 5417
Gravado em 14 de outubro de 1936 e lançado em novembro de 1936




RITMO DO CORAÇÃO
Samba de Benedito Lacerda e Herivelto Martins
Gravada por Alzirinha Camargo
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.410-B, matriz 5420
Gravado em 15 de outubro de 1936 e lançado em novembro de 1936




PAPAI E MAMÃE
Marcha de Benedito Lacerda e Herivelto Martins
Gravada por Alzirinha Camargo
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.435-A, matriz 5469
Gravado em 30 de novembro de 1936 e lançado em janeiro de 1937




PORQUÊ VOCÊ NÃO VAI
Samba de Benedito Lacerda e Herivelto Martins
Gravado por Alzirinha Camargo
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.435-B, matriz 5453
Gravado em 18 de novembro de 1936 e lançado em janeiro de 1937







MARILU


MARILU
Arquivo Nirez


MULATO BONITO
Samba de Benedito Lacerda e Gastão Viana
Gravado por Marilu
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.769-B, matriz 52223
Gravado em 24 de maio de 1941 e lançado em agosto de 1941




PALAVRA DE HONRA
Samba de Benedito Lacerda e Eratóstenes Frazão
Gravado por Marilu
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.952-A, matriz S-052548
Gravado em 10 de junho de 1942 e lançado em agosto de 1942




BOM MULATO
Samba de Benedito Lacerda e Cristóvão de Alencar
Gravado por Marilu
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.952-B, matriz S-052549
Gravado em 10 de junho de 1942 e lançado em agosto de 1942






ROSINA PAGÃ


ROSINA PAGÃ
Arquivo Nirez


TEM QUE ME DAR ME DÁ LOGO
Samba de Benedito Lacerda e Gastão Viana
Gravado por Rosina Pagã
Acompanhamento do Grande Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.298-A, matriz 447-2
Lançado em setembro de 1941




AS APARÊNCIAS ENGANAM
Marcha de Benedito Lacerda e Gastão Viana
Gravada por Rosina Pagã
Acompanhamento do Grande Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.298-B, matriz 448-1
Lançado em setembro de 1941







BÔNUS



BENEDITO LACERDA
SEU CANTO E SUA FLAUTA


BENEDITO LACERDA
http://memoria.bn.br/


AMOR BANDOLEIRO
Samba de Alcebíades Barcelos (Bide)
Gravado por Benedito Lacerda
Acompanhamento do Grupo Gente do Morro
Disco Brunswuick 10.113-B, matriz 512
Lançado em dezembro de 1930




ROMANCE DE UMA VALSA
Valsa de Rubens Leal Brito
Gravada por Benedito Lacerda na Flauta
Acompanhamento de Seu Conjunto
Disco Odeon 11.609-B, matriz 5814
Gravado em 27 de abril de 1938 e lançado em junho de 1938















Agradecimento a Gilberto Inácio Gonçalves e ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...