sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

NATAL 2021 - MÚSICAS E ESTRELAS

DIRCINHA BATISTA
Radiolândia, 1954
http://memoria.bn.br/



Entrando em clima natalino, trago a vocês uma postagem já tradicional em nosso Blog. Músicas e atrações sobre o Natal de outras gerações. Convido vocês a viver essa interessante experiência.


Apresento uma reportagem da revista Carioca, publicada em 1935, intitulada “Papai Noel das Estrelas do Rádio”. Nela, algumas cantoras, como Carmen Miranda, Aurora Miranda, Alzirinha Camargo, Marília Baptista, entre outras, aguardam os presentes do Bom Velhinho.
 
Também podemos ver algumas capas de revistas com temas natalinos e estrelas como Dircinha Batista e Marlene posando para a revista Radiolândia.
 
Uma das atrações, são as várias músicas abordando o Natal. Iniciamos ainda no século XIX, com a primeira composição de Chiquinha Gonzaga (feita aos onze anos de idade), onde ela tem como parceiro seu irmão José (Juca), Canção dos Pastores. Passamos por uma tradicional canção natalina do final do século XIX, A Borboleta do Natal, também cantada em reisados.
 
Continuando as atrações musicais, trago curiosidades como Pedro Celestino cantando um “tango natalino”, Aracy Côrtes, Alda Verona e Madelou de Assis cantando canções de Natal. Passando por Carmen Miranda, Aurora Miranda, Francisco Alves, Almirante, chegamos a Carlos Galhardo que gravou a primeira marcha especialmente para o Natal, Boas Festas, de Assis Valente, a mais conhecida música natalina até hoje. Outras cantoras e cantores também nos trazem belas cantigas de Natal, como Dalva de Oliveira, que nos brinda com sua belíssima voz.
 
Vamos conferir e nos encantar.
 


Feliz Natal!





Em 1935, a revista Carioca fez uma matéria sobre a vinda de Papai Noel para as estrelas do rádio. Vale lembrar que Yolanda Pereira, cuja foto aparece nessa página, ao que parece, era a cantora e não a nossa primeira Miss Universo 1930, ambas com o mesmo nome.

Acompanhem a matéria ao som de músicas natalinas, entre marchas, canções e (até!) tango, com alguns dos melhores de nossos intérpretes.



PAPAI NOEL DAS ESTRELAS DO RÁDIO



"A noite de Natal de Alzirinha Camargo, Carmen e Aurora Miranda, Marília Baptista, Yolanda Pereira e das irmãs Pagãs.

Natal, porta dos divinos mistérios!

Desde que, na véspera, o dia empalidece e as estrelas tuaxiam as alturas celestiais, o mundo se reveste para as crianças de formosura profunda, de indecifrável sentido. Anda-lhes à volta algo de etéreo, de imponderável, de sutil – uma leve sensação de medo e de júbilo, de inquietude e de promessa, de susto e de amor. Nos corredores ensombrados como que ouvem cicios intrigantes, vozidos maliciosos, sons fofos de passos que se esvaem tão logo se alertem ouvidos. As sombras de arvoredo entrevistas pelas vidraças parecem animadas de intenções de gestos humanos. Entre essas sombras, movediças, querem ver, de vez em vez, uma outra, solerte, gorda, de contornos irregulares, qualquer coisa como um homem barbaçudo, de ombros largos, de olhos brilhantes, vergado ao peso de uma carga que jamais se distingue com precisão. É o fantasma de Papai Noel, que perturba as imaginações infantis. Desejam-no, de certo. Mas, de outro lado, temem sua aparição subta. Nessa noite, os pequenos corações adormecem assustados e encantados. Uma asa de mosca acordá-los-ia se não fosse a vontade divina que, como um perfume, sobre eles baixa a cortina de seda do sono perfeito.

Não são apenas as crianças que esperam o Natal, com a alma cheia de ansiedade e de emoção. A gente grande também... As estrelas do broadcasting também tem a sua noite de Natal, também recebem a visita de Papai Noel.


Carioca imaginou o que seria a noite de Natal de algumas dessas figuras do meio radiofônico. E desse capricho de imaginação, desse lance de fantasia, eis os documentos colhidos pela nossa objetiva".


Carmen e Aurora Miranda
Arquivo Nirez


Alzirinha Camargo
Arquivo Nirez


Marília Batista
Arquivo Nirez


Irmãs Pagãs
Arquivo Nirez


Yolanda Pereira
Arquivo Nirez





RECORTES COM TEMAS NATALINOS



Revista Carioca, 21 de dezembro de 1935
Arquivo Nirez





MARTHA EGGERTH
Carioca, 1936
Arquivo Nirez





 

Radiolândia, 1954
http://memoria.bn.br/




Radiolândia, 1954
http://memoria.bn.br/




FON FON, 1940.
http://memoria.bn.br





FON FON, 1918.
http://memoria.bn.br




FON FON, 1931
http://memoria.bn.br





DEANNA DURBIN
O Cruzeiro, 1939
Arquivo Nirez






MÚSICAS SOBRE O NATAL




CHIQUINHA GONZAGA
E
JOSÉ BASILEU NEVES GONZAGA FILHO
(JUCA)



CHIQUINHA GONZAGA
www.todamateria.com.br





JOSÉ BASILEU NEVES GONZAGA FILHO
(JUCA), irmão de Chiquinha Gonzaga
http://chiquinhagonzaga.com/



Chiquinha Gonzaga foi nossa primeira maestrina e uma compositora de grande importância para os rumos de nossa música popular, ainda no século XIX. Aos onze anos de idade, para o Natal de 1858, a menina Chiquinha Gonzaga compôs sua primeira música, Canção dos Pastores (Noite de Natal), que recebeu letra de seu irmão Juca (José Basileu Neves Gonzaga Filho), que seria médico, diplomata e autor de livros de poesia.



CANÇÃO DOS PASTORES
Com Bruna Nogueira (voz) e Wandrei Braga (piano)



 
 
A BORBOLETA DO NATAL


MARISA MONTE
https://www1.folha.uol.com.br/


Esta conhecida canção natalina de motivo popular remota da segunda metade do século XIX. Também apresentada no livro Serenatas e Saraus, de 1901, publicado por Mello Moraes Filho, como Reisado da Borboleta, era cantada em Pastoris, uma tradição do Nordeste do país. Alguns versos foram gravados pela cantora Marisa Monte em 1991.


Borboleta
Por Marisa Monte







PEDRO CELESTINO



PEDRO CELESTINO
Arquivo Nirez




O tenor Pedro Celestino, mesmo tendo um irmão famoso (Vicente), foi um dos mais famosos cantores dos anos 20, gravando músicas que se tornariam clássicos de nosso cancioneiro.Em 1926, ele gravou o tango Sinos de Natal.  SINOS DE NATALTango de Erotides de CamposAcompanhamento do Grupo dos Ases
Disco Odeon Record 123.057
Gravado e lançado em 1926






ARACY CÔRTES



ARACY CÔRTES
Arquivo Nirez




A grande sambista Aracy Côrtes também dominava e encantava em ritmos como a canção. Aqui, Aracy interpreta com toda a dolência e sentimento, Meu Natal.


MEU NATAL
Canção de Augusto Vasseur e Luís Peixoto
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 10.618-B, matriz 3594
Lançado em junho de 1930





ALDA VERONA



ALDA VERONA
Arquivo Nirez




A soprano Alda Verona nos deixou essa bonita interpretação da canção Papai Noel, onde recebeu como presente do Bom Velhinho, a saudade.


PAPAI NOEL
Canção de Amélia Brandão Nery e Humberto Santiago
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.724-A, matriz 65585-1
Gravado em 01 de novembro de 1932 e lançado em dezembro






MADELOU ASSIS



MADELOU ASSIS
Arquivo Nirez




Madelou de Assis também gravou uma canção com o título de Papai Noel.


PAPAI NOEL
Canção de Custódio Mesquita
Acompanhamento da Orquestra de Concertos Columbia
Disco Columbia 22.172-B-1, matriz 381.354
Lançado em dezembro de 1932






CARMEN MIRANDA



CARMEN MIRANDA
Arquivo Nirez



Pequena Notável gravou duas músicas para o Natal. A célebre Recadinho de Papai Noel e a menos conhecida Dia de Natal, ambas são marchas.


RECADINHO DE PAPAI NOEL
Marcha de Assis Valente
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 33.881-A, matriz 79681-1
Gravado em 11 de setembro de 1934 e lançado em janeiro de 1935



DIA DE NATAL
Marcha de Hervê Cordovil
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.289-A, matriz 5170
Gravado em 16 de outubro de 1935 e lançado em dezembro





AURORA MIRANDA



AURORA MIRANDA
Arquivo Nirez




Aurora Miranda foi uma das cantoras que mais gravou canções natalinas, mas, mantendo os ritmos brasileiros como o samba e a marcha.


EU SOU POBRE POBRE POBRE
Marcha de Custódio Mesquita
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.174-A, matriz 4887
Gravado em 07 de agosto de 1934 e lançado em dezembro



SINOS DE NATAL
Samba de Vicente Paiva e Djalma Esteves
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.174-B, matriz 4935
Gravado em 18 de outubro de 1934 e lançado em dezembro



NATAL DIVINO
Marcha de Milton Amaral
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.288-A, matriz 5173
Gravado em 23 de outubro de 1935 e lançado em dezembro



BLEM BLAU
Marcha de Vicente Paiva, Portelo Juno e Buci Moreira
Acompanhamento de Vicente Paiva e Seu Conjunto
Disco Odeon 11.414-A, matriz 5434
Gravado em 03 de novembro de 1936 e lançado em dezembro





SÍLVIO CALDAS



SÍLVIO CALDAS
Arquivo Nirez




Sílvio Caldas gravou o samba Se Papai Noel Quisesse, onde pede unicamente a mulher que não o quis.


SE PAPAI NOEL QUISESSE
Marcha de Hervê Cordovil e Cristóvão de Alencar
Acompanhamento do Conjunto Brasileiro de Hervê Cordovil
Disco Odeon 11.415-A, matriz 5416
Gravado em 13 de outubro de 1936 e lançado em dezembro desse ano





ALMIRANTE



ALMIRANTE
Arquivo Nirez




Almirante gravou a marcha A Benção Papai Noel, em 1934.


A BENÇÃO PAPAI NOEL
Marcha de Alcebíades Barcellos (Bide) E Alberto Ribeiro
Acompanhamento dos Diabos do Céu, sob a direção de Pixinguinha
Disco Victor 33.860-A, matriz 79761-1
Gravado em 19 de outubro de 1934 e lançado em dezembro desse ano






ALVARENGA E RANCHINHO



Alvarenga e Ranchinho em 1938.
http://memoria.bn.br



Alvarenga e Ranchinho gravaram a valsa Noite de Natal e a marcha Meu Presente em 1941.


NOITE DE NATAL
Valsa de Nilton Teixeira e Murilo Alvarenga
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 12.079-A, matriz 6826
Gravado em 30 de outubro de 1941 e lançado em dezembro



MEU PRESENTE
Marcha de Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 12.079-B, matriz 6827
Gravado em 30 de outubro de 1941 e lançado em dezembro






CARLOS GALHARDO



CARLOS GALHARDO
Arquivo Nirez




Coube a Carlos Galhardo gravar a mais famosa música brasileira de Natal de todos os tempos. Da autoria de Assis Valente, a marcha Boas Festas é e sempre será lembrada e cantada por gerações. Também gravaria a marcha Papai Noel.


BOAS FESTAS
Marcha de Assis Valente
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 33.723-A, matriz 65864-1
Gravado em 17 de outubro de 1933 e lançado em dezembro desse ano



PAPAI NOEL
Marcha de Ataulfo Alves e Alcebíades Barcelos (Bide)
Acompanhamento de Pixinguinha e Sua Orquestra Columbia
Disco Columbia 8.153-B, matriz 1102
Gravado em 1935 e lançado em dezembro desse mesmo ano





FRANCISCO ALVES



FRANCISCO ALVES
Arquivo Nirez




O Rei da Voz deixou registrada a bonita marcha Meu Natal.


MEU NATAL
Marcha de Ary Barroso e Francisco Alves
Acompanhamento dos Diabos do Céu, sob a direção de Pixinguinha
Disco Victor 33.857-A, matriz 70762-1
Gravado em 19 de outubro de 1934 e lançado em dezembro
  





FRANCISCO ALVES E O TRIO DE OURO



Francisco Alves
A Scena Muda, 03 de novembro de 1942.
http://memoria.bn.br




Trio de Ouro
(Dalva de Oliveira, Herivelto Martins e Nilo Chagas)
A Scena Muda, 23 de dezembro de 1947.
http://memoria.bn.br



O Rei da Voz gravou algumas músicas com o Trio de Ouro em sua primeira formação, com Dalva de Oliveira Herivelto Martins e Nilo Chagas. Entre elas, três com temas natalinos.



NOITE SANTA, SILENCIOSA/AMANHÃ VEM O PAPAI NOEL
De F. Gruber/Mozart, em versão de Luísa Margarida
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.650-A, matriz 7926
Gravado em 30 de novembro de 1945 e lançado em dezembro



NATAL
Canção Marcha
De Herivelto Martins e Rogério Nascimento
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.650-B, matriz 7924
Gravado em 23 de outubro de 1945 e lançado em dezembro





JOÃO DIAS



 João Dias
Radiolândia, 10 de julho de 1954.
http://memoria.bn.br


O sucessor de Francisco Alves, designado pelo próprio Rei da Voz, nos traz uma gravação de Jingle Bells feita em 1951.



JINGLE BELLS (SINOS DE BELÉM)
Canção Natalina
Domínio Público em adaptação de Evaldo Rui
Acompanhamento de Solovox e Coro
Disco Odeon 13.199-A, matriz 9148
Gravado em 04 de outubro de 1951 e lançado em dezembro





DALVA DE OLIVEIRA



Dalva de Oliveira
Radiolândia, abril de 1954.
http://memoria.bn.br


A Rainha da Voz gravou essas duas belas composições natalinas em sua excursão pela Inglaterra, no início da década de 1950, sendo acompanhada pela orquestra de Roberto Inglez.



NOITE DE NATAL (SILENT NIGHT, HOLLY NIGHT)
Canção de Franz Gruber e Mário Rossi
Acompanhamento de Roberto Inglez e Sua Orquestra
Disco Odeon X-3.372-A, matriz CE.14164
Gravado em 1953 e lançado nesse mesmo ano



LINDO PRESENTE (ADESTE FIDELES)
Canção de Oakeley e Mário Rossi
Acompanhamento de Roberto Inglez e Sua Orquestra
Disco Odeon X-3.372-B, matriz CE.14165
Gravado em 1953 e lançado nesse mesmo ano





EDITH FALCÃO E JOÃO DIAS



Edith Falcão
Carioca, 02 de janeiro de 1954
http://memoria.bn.br


João Dias
Radiolândia, 17 de julho de 1954.
http://memoria.bn.br


João Dias gravou ao lado da cantora Edith Falcão (não confundir com a atriz de teatro de revista dos anos 20, 30) a valsa O Velhinho.


O VELHINHO
Valsa de Otávio Filho
Acompanhamento de Osvaldo Borba e Sua Orquestra e Coro
Disco Odeon 13.592-B, matriz 9988
Gravado em 30 de novembro de 1953 e lançado em janeiro de 1954





NELSON GONÇALVES E O TRIO DE OURO



Nelson Gonçalves
Radiolândia, 25 de setembro de 1954.
http://memoria.bn.br



Trio de Ouro, terceira formação.
(Lourdinha Bittencourt, Herivelto Martins e Raul Sampaio).
http://radiobatuta.com.br


Uma famosa canção, tendo aparecido em alguns filmes com o tema natalino, Natal Branco receberia uma bela versão na voz de Nelson Gonçalves ao lado do Trio de Ouro, em sua terceira formação, com Herivelto Martins, Lourdinha Bittencourt (esposa de Nelson Gonçalves) e Raul Sampaio.



NATAL BRANCO (WHITE CHRISTMAS)
Fox de Irving Berlin e Marino Pinto
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-1551-B, matriz BE5-VB-0926
Gravado em 25 de novembro de 1955 e lançado em janeiro de 1956




BLECAUTE



Blecaute
Radiolândia, 20 de outubro de 1956.
http://memoria.bn.br


Um dos mais queridos e populares cantores da década de 1950, Blecaute gravou algumas canções de Natal, como a famosa Natal das Crianças, de sua autoria.


NATAL DAS CRIANÇAS
Valsinha de Roda
De Blecaute
Acompanhamento de Orquestra e Coro
Disco Copacabana 5.502-A, matriz M-1273
Lançado em dezembro de 1955





ZEZÉ GONZAGA



Zezé Gonzaga
Radiolândia, 03 de março de 1956
http://memoria.bn.br

Zezé Gonzaga, querida cantora dos anos 50 e 60, também gravou Natal das Crianças.


NATAL DAS CRIANÇAS
Valsa de Blecaute
Disco Columbia CB-10.307-A, matriz CBO-896
Lançado em dezembro de 1956






CARLOS GALHARDO



Carlos Galhardo
Radiolândia, abril de 1954.
http://memoria.bn.br


O famoso cantor Carlos Galhardo, O Rei da Valsa, gravou estas duas populares canções de Natal, Natal das Crianças e O Velhinho.

  
NATAL DAS CRIANÇAS
Valsa de Blecaute
Acompanhamento de Orquestra e Coro
Disco RCA Victor 80-1873-A, matriz 13-H2PB-0217
Gravado em 06 de setembro de 1957 e lançado em dezembro



O VELHINHO
Valsa de Otávio Filho
Acompanhamento de Orquestra
Disco RCA Victor 80-1873-B, matriz 13-H2PB-0218
Gravado em 06 de setembro de 1957 e lançado em dezembro




MARIA REGINA


Maria Regina
Radiolândia, outubro de 1961.
http://memoria.bn.br


A menina Maria Regina Cordovil tinha apenas cinco anos quando gravou um dos clássicos natalinos, Jingle Bells, cantando em inglês e português. Era filha do compositor e maestro Hervê Cordovil e irmã do cantor Ronnie Cord.


JINGLE BELLS (SINOS DE BELÉM)
Domínio Público em adaptação de Evaldo Rui
Acompanhamento de Francisco Morais e Sua Orquestra
Disco RCA Victor 80-2398-A, matriz M2CAB-1478
Gravado em 28 de setembro de 1961 e lançado em outubro
















Agradecimento ao Arquivo Nirez









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...