Translate

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

ZEZINHA - A IMPERATRIZ DA HARMÔNICA


ZEZINHA
O Cruzeiro, 1949
http://memoria.bn.br/


Há 92 anos nascia a acordeonista e compositora ZEZINHA, A Imperatriz da Harmônica.

Carmela Bonaro nasceu em São Paulo, em 16 de janeiro de 1928. Era descendente de italianos, tendo recebido o apelido de Zezinha ainda criança. Com nove anos, começou a estudar acordeom, tendo como professor, Ângelo Reale, que a ensinou a tocar de ouvido. Formou-se em Música Clássica em 1953, no Conservatório Aidir Meirelles.

Em 1946, deu início à sua carreira artística, com 18 anos, sendo convidada por Zulmiro (do Trio Mineiro) para se ligar à música sertaneja. Depois de ensaiar alguns meses, assinou um contrato com a Rádio Tupi, chamando a atenção por sua beleza e por ser raro, na época, mulheres tocarem acordeom. Com o Trio Mineiro, Zezinha ficou trabalhando por um ano.

A dupla Tonico e Tinoco a convidou, em 1947, para excursionar com eles durante oito meses.

Em 1951, Zezinha gravou seu primeiro disco solo de acordeom pela Todamérica, trazendo a valsa Brejeira e a mazurca Alegria, ambas de sua autoria em parceria com Luisinho. Ficaria na Todamérica até 1955, indo para a RCA Victor. Também gravaria pela Odeon, Chantecler, Orion, Doni e Sertanejo.


Revista do Rádio, 1951
http://memoria.bn.br/

Em 1958, a dupla sertaneja Luizinho e Limeira se dissolveu. Luizinho chamou seu irmão que, assumindo o nome de Limeira convidou Zezinha, formando o trio Luizinho, Limeira e Zezinha, sendo o mais famoso trio da música sertaneja. Gravaram vários discos pelo selo Odeon e Sertanejo. Como não tinham cachês fixos, eles costumavam ganhar 50% da bilheteria de onde se apresentavam: circos e circos-teatros.


Radiolândia, 1958
http://memoria.bn.br/


Radiolândia, 1959
http://memoria.bn.br/

 
Foi em uma dessas apresentações em circo, em 24 de setembro de 1960, que Zezinha sofreu um atentado que quase lhe tira a vida. Nesse dia, o trio fazia uma apresentação no Circo-Teatro Estrela Dalva, em Itanhaém. Como de costume, ela abria o show cantando sozinha e tocando acordeom. Ao apresentar a primeira música, foi atacada por um fã de Sergipe, que subiu ao palco com uma faca, desferindo vários golpes na direção de Zezinha. Segundo ele, apaixonado pela artista, se Zezinha não fosse dele, não seria de mais ninguém. Ela foi ferida na mão, na perna e no pé. O fole de seu acordeom recebeu onze facadas. Após mais de 50 dias afastadas dos palcos, ela pode voltar às suas atividades artísticas. O episódio rendeu a música O Crime do Circo, de Palemira e Luizinho, que também viraria uma peça.

Sua carreira seguiu normalmente, lançado em 1960, pelo selo Orion, o LP A Imperatriz da Harmônica. O grande sucesso do trio foi a música O Menino da Porteira, de Teddy Vieira e Luizinho.

Findando-se os programas de auditórios, as viagens foram ficando escassas e o trio se desfez. Zezinha se retirou da cena artística e foi viver em Perdizes, bairro paulistano. Ela faleceu nessa cidade, em 1982.



Gravações solo


Discos Todamérica


BREJEIRA
Valsa de Zezinha e Luisinho
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Armandinho e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.048-A, matriz TA-1017-1
Lançado em fevereiro de 1951



ALEGRIA
Mazurca de Zezinha e Luisinho
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Armandinho e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.048-B, matriz TA-1016-1
Lançado em fevereiro de 1951



BALDRANA MACIA
Balanceio de Anacleto Rosas Jr. e Arlindo Pinto
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Armandinho e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.066-A, matriz TA-1014-1
Lançado em abril de 1951



SÓ PENA QUE VOA
Polca de Zezinha
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Armandinho e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.066-B, matriz TA-1015-1
Lançado em abril de 1951



SABIÁ GRAÚNA
Baião de Luisinho e Zezinha
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.139-A, matriz TA-1072
Lançado em março de 1952



O CASAMENTO
Baião de Palmeira e Luizinho
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.139-B, matriz TA-1073
Lançado em março de 1952



PEREREQUÊ
Polca de Luisinho e Zezinha
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.212-A, matriz TA-1097-1
Lançado em novembro de 1952



PARANÁ DO NORTE
Baião de Diogo Mulero (Palmeira)
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.212-B, matriz TA-1099-1
Lançado em novembro de 1952



FAÍSCA
Polca de Zezinha e Luisinho
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.265-A, matriz TA-1170
Lançado em março de 1953



DOCE RECORDAÇÃO
Valsa de Nena Machado
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.265-B, matriz TA-1171
Lançado em março de 1953



IBIRAPUERA
Dobrado de J. M. Alves e Zezinha
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Fernando dos Santos (Tuba) e Conjunto
Disco Todamérica TA-5.394-A, matriz TA-1226-1
Lançado em janeiro de 1954



OITO BAIXOS
Arrastapé de Zezinha e Messias Garcia
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto e Vocal
Disco Todamérica TA-5.563-A, matriz TA-1314
Lançado em agosto de 1955



SAUDADE QUE MACHUCA
Baião de Vicente Lia e Nino Silva
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto e Vocal
Disco Todamérica TA-5.563-B, matriz TA-1315
Lançado em agosto de 1955



MATANDO SAUDADE
Choro de Moacir Braga
Gravado por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Miranda e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.565-A, matriz TA-1316
Lançado em setembro de 1955



ELIANA
Valsa de Mário Vieira
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Miranda e Seu Conjunto
Disco Todamérica TA-5.565-B, matriz TA-1317
Lançado em setembro de 1955



Disco RCA Victor


BAIXA ITÁLIA
Tarantela de Luisinho, Vicente Lia e Neno Silva
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-1662-A, matriz BE6-VB-1203
Gravado em 09 de julho de 1956 e lançado em setembro de 1956



NA PORTA DO CIRCO
Polca de Moacir Braga
Gravada por Zezinha ao Acordeon
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-1662-B, matriz BE6-VB-1204
Gravado em 09 de julho de 1956 e lançado em setembro de 1956



Discos Odeon


O SORRISO DA IMPERATRIZ
Maxixe de Luisinho
Gravado por Zezinha e Sua Banda
Disco Odeon 14.334, matriz RIO-12430
Gravado em 02 de abril de 1958 e lançado em julho de 1958



CORAÇÕES EM FESTA
Dobrado de Limeira e Zezinha
Gravado por Zezinha e Sua Banda
Disco Odeon 14.334, matriz RIO-12431
Gravado em 02 de abril de 1958 e lançado em julho de 1958



REMINISCÊNCIA
Choro de Luisinho e Zezinha
Gravado por Zezinha
Acompanhamento de Orquestra, direção de Luís Arruda Paes
Disco Odeon 14.465, matriz RIO-50129
Gravado em 05 de maio de 1959 e lançado em junho de 1959



TUS OJOS ME EMBELEZAN
Valsa de Geraldo Metallo e J. M. Velich
Gravada por Zezinha
Acompanhamento de Orquestra, direção de Luís Arruda Paes
Disco Odeon 14.465, matriz RIO-50130
Gravado em 05 de maio de 1959 e lançado em junho de 1959



Com Luizinho e Limeira


FOLIA DE REI
Congada Arlindo Pinto e Luisinho
Gravado por Luisinho, Limeira e Zezinha
Disco Odeon 14.386, matriz RIO-12879
Gravado em 06 de setembro de 1958 e lançado em outubro de 1958



LADRÃO DE TERRA
Cururu de Teddy Vieira e Moacir dos Santos
Gravado por Luisinho, Limeira e Zezinha
Disco Odeon 14.386, matriz RIO-12880
Gravado em 06 de setembro de 1958 e lançado em outubro de 1958



MENINO DA PORTÊRA
Cururu de Teddy Vieira e Luisinho
Gravado por Luisinho, Limeira e Zezinha
Disco Orion R-84, matriz RIO-50279
Gravado em 25 de agosto de 1959 e lançado em março de 1962


TEU FRACASSO
Guarânia de Luisinho e Nízo
Gravado por Luisinho, Limeira e Zezinha
Disco Odeon 14.649, matriz RIO-50577
Gravado em 27 de junho de 1960 e lançado em julho de 1960



O CRIME DO CIRCO
Toada de Diogo Mulero (Palmeira) e Luisinho
Gravada por Luisinho, Limeira e Zezinha
Acompanhamento de Conjunto
Disco Sertanejo PTJ-10.154-A, matriz S9-307
Lançado em dezembro de 1960



MARIAZINHA
Valsa de Diogo Mulero (Palmeira) e Teddy Vieira
Gravada por Luisinho, Limeira e Zezinha
Acompanhamento de Conjunto
Disco Sertanejo PTJ-10.154-B, matriz S9-308
Lançado em dezembro de 1960













Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...