quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

RELEMBRANDO O BARÍTONO FREDERICO ROCHA - 127 ANOS

 

FREDERICO ROCHA
Arquivo Nirez



Há 127 anos nascia o barítono brasileiro FREDERICO ROCHA.

Frederico Rocha nasceu em 1894.

Sabemos pouquíssimo sobre sua vida e carreira. Ainda na década de 1910 os jornais citam seu nome, em apresentações como barítono em várias óperas e apresentações líricas. O mesmo acontece nos anos 20 e 30.

Em 1917, ao lado de Pepa Delgado e outros artistas, Frederico Rocha participou do festival A Canção Regional, no Theatro Recreio do Rio de Janeiro.

Já em 1919, atuava no Andarahy Club, no ato de cabaret.

Em 1920 participou, ao lado de Vicente Celestino, de uma homenagem ao cantor Mário Pinheiro e, em 1923, aparecia também ao lado de Vicente Celestino e Laís Areda em um Festival de Arte no Cine Theatro America, no Rio de Janeiro. 

Em 1925, participou da hora lírica na revista Se a Moda Pega, estrelada por Otília Amorim no Theatro São José.

Fredeico Rocha começou a participar do rádio em 1926, atuando na Rádio Sociedade ao lado de Gastão Formenti e outros artistas.


Correio da Manhã, 16 de dezembro de 1926, p.08
http://memoria.bn.br/




Correio da Manhã, 16 de dezembro de 1926, p.08
http://memoria.bn.br/


Em 1929, Frederico Rocha participa de um festival de Canções Brasileiras realizadas por Rogério Guimarães no Theatro Carlos Gomes do Rio de Janeiro.


Graças às suas gravações, podemos conhecer sua voz e seu repertório popular.

Frederico Rocha começou a lançar seus discos em 1926, tornando-se um dos mais populares cantores desse período. Gravou suas músicas na Odeon Record, lançando alguns de nossos clássicos musicais, como Braço de CeraPaulista de Macaé e Os Calças Largas.

Seu primeiro disco lançado, ao que parece, trazia o samba carnavalesco de Eduardo Souto, Voronoff, que fazia alusão ao médico estrangeiro Serge Voronoff, que havia descoberto a “fórmula da juventude” masculina, ao enxertar tecido dos testículos de macacos nos testículos masculinos. Os compositores “caíram” em cima e o tema rendeu várias músicas.

Braço de Cera, samba de Nestor Brandão, foi lançado no Teatro de Revista pela atriz Margarida Max e fazia referência aos ex-votos levados à Festa da Penha.

As Valentinas é uma interessante marcha carnavalesca de Joubert de Carvalho que faz alusão às “viúvas” (fãs) do astro do cinema mudo Rodolpho Valentino, falecido precocemente em 1926 aos 31 anos de idade.

Paulista de Macaé, toada de Pedro de Sá Pereira, fazia referência com o presidente Washington Luís, nascido em Macaé (RJ), mas tendo feito sua carreira política em São Paulo. Como era a época do Café com Leite, daí a brincadeira “Paulista de Macaé”.

Já Os Calças Largas, marcha de Lamartine Babo, além de ser a primeira composição gravada de Lamartine, fazia menção à moda de se usar calças boca de sino (sim, nos anos 20 já havia a moda, e não somente nos anos 60).

Em minha coleção tenho apenas um disco de Frederico Rocha, que traz as músicas Braço de Cera e Mamãe eu vou com elle. Uma dos motivos que também o torna especial é que ele pertencia à atriz-cantora Pepa Delgado.



Selo do disco Braço de Cera
Pertenceu à atriz-cantora Pepa Delgado
Arquivo Marcelo Bonavides



Selo do disco Mamãe eu vou com elle
Pertenceu à atriz-cantora Pepa Delgado
Arquivo Marcelo Bonavides


Como podemos ver, Frederico Rocha, mesmo sendo cantor lírico, gravou somente repertório popular. Hoje pode parecer estranho um barítono ou tenor cantando samba e marcha, mas era comum no início do século XX, quando ainda não existia microfone e o processo de gravação era o mecânico.

Com vocês, um de nossos importantes intérpretes populares da década de 1920: Frederico Rocha!


RECORTES SOBRE FREDERICO ROCHA


Jornal de Theatro & Sport, 1917
http://memoria.bn.br/



Jornal de Theatro & Sport, 1917
http://memoria.bn.br/



A Rua, 07 de junho de 1920
http://memoria.bn.br/




A Rua, 24 de fevereiro de 1923, p.02
http://memoria.bn.br/




Correio da Manhã, 11 de dezembro de 1925, p.06
http://memoria.bn.br/



 Diario Carioca, 08 de janeiro de 1929, p. 06
http://memoria.bn.br/



GRAVAÇÕES DE FREDERICO ROCHA





VORONOFF
Samba Carnavalesco de Eduardo Souto
Gravado por Frederico Rocha
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon Record 123.206, matriz 1036
Gravado em 1926



GENIPAPO
Cateretê de Eduardo Souto
Gravado por Frederico Rocha
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon Record 123.207, matriz 1037
Gravado em 1926



MORENINHA

https://discografiabrasileira.com.br/

Marcha Rancho de Eduardo Souto
Gravada por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.208, matriz 1033
Gravado em 1926



OLHAI

https://discografiabrasileira.com.br/

Samba de Eduardo Souto
Gravado por Frederico Rocha
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon Record 123.209, matriz 1034
Gravado em 1926



BRAÇO DE CERA

Arquivo Marcelo Bonavides

Samba de Nestor Brandão
Gravado por Frederico Rocha
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon Record 123.224, matriz 1057
Lançado em 1926



MAMÃE EU VOU COM ELE

Arquivo Marcelo Bonavides

Marcha Carnavalesca de Américo Jacomino (Canhoto)
Gravada por Frederico Rocha
Acompanhamento da Orquestra Pan American do Cassino Copacabana
Disco Odeon Record 123.225, matriz 1053
Lançado em 1926



A GENTE SE DEFENDE

https://discografiabrasileira.com.br/

Maxixe de Américo Jacomino (Canhoto)
Gravado por Frederico Rocha
Acompanhamento de Orquestra
Disco 123.227, matriz 1064
Lançado em 1926



DIA DA ESPIGA

https://discografiabrasileira.com.br/

Canção de Alves Coelho
Gravada por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.228, matriz 1063
Lançado em 1926



CARNAVAL À NOITE

https://discografiabrasileira.com.br/

Maxixe de Américo Jacomino (Canhoto)
Gravado por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.229, matriz 1065
Lançado em 1926



ADEUS JOANA

https://discografiabrasileira.com.br/

Maxixe Carnavalesco de José Luís de Nazareth
Gravado por Frederico Rocha
Disco Odeon 123.230
Lançado em 1926



JÁ QUEBROU

https://discografiabrasileira.com.br/

Marcha Carnavalesca de José Luís de Moraes (Caninha)
Gravada por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.232, matriz 1085
Lançado em 1926




AS VALENTINAS
Marcha Carnavalesca de Joubert de Carvalho
Gravada por Frederico Rocha
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon Record 123.237, matriz 1051
Lançado em 1926



PAULISTA DE MACAÉ

https://discografiabrasileira.com.br/

Toada de Pedro de Sá Pereira
Gravada por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.252, matriz 1034
Lançado em 1926



O MUNDO É UMA ROLETA

https://discografiabrasileira.com.br/

Samba de Manoel Dias
Gravado por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.253, matriz 1074
Lançado em 1926



ÉS A MINHA ASSOMBRAÇÃO

https://discografiabrasileira.com.br/

Samba de José Francisco de Freitas
Gravado por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.256, matriz 1076
Lançado em 1926



OS CALÇAS LARGAS
Marcha de Lamartine Babo
Gravada por Frederico Rocha
Disco Odeon Record 123.268, matriz 1093
Lançado em 1926











Agradecimento ao Arquivo Nirez











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...