Páginas

Translate

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

ELSIE HOUSTON - 77 ANOS DE SAUDADE


ELSIE HOUSTON
"Á Phono-Arte, com a minha sympathia, Elsie Houston. Rio, 6/10/30".
Arquivo Nirez



Há 77 anos falecia a soprano e pesquisadora de folclore ELSIE HOUSTON.

Trago novamente uma postagem que fiz sobre ela em 2019.


Elsie Houston era filha do dentista norte-americano James Franklin Houston e da carioca Arinda Malta Galdo. Ela nasceu no Rio de Janeiro em 22 de abril de 1902.

Elsie teve uma infância feliz ao lado de suas irmãs Celina e Mary. Era a filha do meio e sua família morou no Rio de Janeiro e em Niterói.

Aqui no Brasil, durante os anos 10, estudou canto com Stella Parodi e Fernand Francel, e em 1922 foi estudar canto lírico na Alemanha. Lá, morou com sua irmã Celina e seu cunhado Nelson Veloso Borges, sendo aluna da soprano Lili Lehman.


O Jornal, 19 de junho de 1923, p.11.
http://memoria.bn.br


O Jornal, 23 de maio de 1924, p.12
http://memoria.bn.br


Brasil, 1924.
http://memoria.bn.br

Depois, estudou em Buenos Aires com a soprano francesa Ninon Vallin.
De volta ao Brasil, passa a fazer recitais, apresentando seu repertório de canções folclóricas recolhidas pelo mundo.

No Brasil, passou a pesquisar e coletar músicas de nosso folclore. Várias delas foram gravadas por Elsie na Columbia em 1929 e 1930 e na Victor em 1931. Entre elas podemos citar Macumbagelê, samba de J. da Paulicéa e Lilico Leal, em que Elsie Houston é acompanhada pelo maestro Gaó e por Zezinho e Petit. Podemos notar a grande animação deles durante a gravação, que resultou em um delicioso samba.

Também fez algumas gravações em Paris, pela Gramophone, em 1932, como o belo maxixe de Sebastião Cirino, Estou com Peso.


Paratodos, 1926
jotacarlos.org


Correio da Manhã, 1926
http://memoria.bn.br


A Manhã, 1926
http://memoria.bn.br


Era amiga de modernistas como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Patrícia Galvão (Pagú), do poeta Manuel Bandeira e dos maestros e compositores Luciano Gallet e Heitor Villa Lobos, que adaptaram músicas para o repertório de Elsie.

Seu grande amigo foi o crítico de arte e jornalista cearense Lívio Xavier, com quem a cantora trocou uma intensa correspondência. Foi Lívio quem apresentou Elsie ao jornalista Mário Pedrosa, que viria a se casar com sua irmã Mary Houston.

Elsie era uma mulher bonita e elegante, falando fluentemente vários idiomas, possuía uma belíssima voz e era dotada de vasta cultura e inteligência que deixava seus interlocutores admirados.


Paratodos, 1927
jotacarlos.org


Revista Musical, 1927
http://memoria.bn.br

Em 1927, Elsie casou-se com o poeta surrealista frances Benjamin Péret. Em 1931 nasce o filho do casal Geyser. Porém, o casamento não dura muito e a criança fica morando com a mãe e seus avós maternos.
Sua pesquisa sobre o nosso folclore foi importantíssima. Suas viagens pelo Norte e Nordeste do Brasil renderiam importantes obras.

Em 1928 teve seu trabalho La musique, la danse et les cérémonies populaires du Brésil apresentado no Congresso Internacional de Artes Populares, em Praga e em 1929, publicou em Paris (Sorbone) o livro Chants populaires de Brésil, onde fez um estudo sobre o folclore e as manifestações culturais do povo brasileiro.


Diario Carioca, 1929
http://memoria.bn.br


Correio da Manhã, 1929
http://memoria.bn.br


Diario Carioca, 1929
http://memoria.bn.br

Em 1933, no Museu Guimet, em Paris, Elsie fez uma conferência sobre o tema: O folclore musical brasileiro – visão geral, cerimônias religiosas negras e teatro das ruas.

Nos anos 30, apresentou-se na Suíça e ainda alternou residência no Brasil e em Paris. Em 1937 passou a morar em Nova Iorque.


ELSIE HOUSTON
CEDEM (Unesp)


A Manhã, 1942
http://memoria.bn.br

ELSIE HOUSTON por FLÁVIO DE CARVALHO, 1930.
CEDEM (Unesp)

No início dos anos 40, Elsie (que conquistou bastante sucesso com o público norte-americano) gravou algumas músicas e passou a ter um programa semanal, sobre música brasileira, na NBC de Nova Iorque.

Do poeta e amigo Manuel Bandeira e com adaptação de Jayme Ovalle, Elsie gravou nos Estados Unidos o belo poema Berimbau.

Em 1943, Elsie faleceu em seu apartamento, na Park Avenue, em Nova Iorque. Os jornais noticiaram largamente seu falecimento, muito em parte por ter ela cometido suicídio. Patrícia Galvão, Pagu, escreveu uma crônica sobre ela, que era sua amiga.


Diario de Noticias, 21 de fevereiro de 1943, p. 01.
http://memoria.bn.br

CEDEM (Unesp)


A Manhã, 1943
http://memoria.bn.br



Crônica de Patrícia Galvão (Pagu) para sua amiga Elsie Houston.
Diario Carioca, 18 de abril de 1943, p. 03.
http://memoria.bn.br


Vamos conferir 39 gravações realizadas por Elsie Houston entre 1928 e 1941. São registros feitos no Brasil e no exterior. Em sua maioria, ela interpreta páginas de nosso folclore em cocos, batuques e canções, como Puxa o Melão, Sabiá, AribuO Barão da Bahia, e várias outras.


Elsie Houston
Foto de Man Ray
https://radiobatuta.com.br/



Revista Paratodos, 1927.
http://jotacarlos.org



 Gravações Brasileiras


EH JURUPANÃ
Coco Popular do Norte, arranjo de Elsie Houston
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Hekel, Pernambuco, Sampaio e Jararaca
Disco Columbia 7.053-B, matriz 380587
Gravado em dezembro de 1929 e lançado em 1930



ARIBU
Coco Popular do Norte, arranjo de Elsie Houston
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Zezinho e Chaves
Disco Columbia 7.053-B, matriz 380886
Gravado em dezembro de 1929 e lançado em 1930



MACUMBAGELÊ
Samba de J. da Paulicéa e Lilico Leal
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Zezinho e Petit
Disco Columbia 5.182-B, matriz 380606-1
Gravado em março de 1930



SONHADOR (AREN'T WE ALL)
Fox Trot de De Sylva, Brown e Henderson, em versão de Décio Abramo
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Napoleão e Zezinho
Disco Columbia 5.207-B, matriz 380666
Lançado em junho de 1930



SE EU TIVESSE UM FILME FALADO DE VOCÊ
Fox Trot de De Sylva, Brown e Henderson, em versão de Décio Abramo
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Napoleão e Zezinho
Disco Columbia 5.207-B, matriz 380665
Lançado em junho de 1930



MORENA COR DE CANELA
Samba, adaptação de Ary Kerner Veiga de Castro
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Petit e Zezinho
Disco Columbia 5.217-B, matriz 380649
Lançado em junho de 1930



SAUDADES DA BAHIA
Samba de Jorge Pereira Nóbrega e Nelson Silveira de Souza
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Petit e Zezinho
Disco Columbia 5.217-B, matriz 380652
Lançado em junho de 1930



POR TEU AMOR POR TI
Modinha de Raul C. Morais
Gravada por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Zezinho e Petit
Disco Columbia 5.223-B, matriz 380715
Lançado em julho de 1930



ESTÁS ZANGADINHA?
Marcha de Raul C. Morais
Gravada por Elsie Houston e Januário de Oliveira
Acompanhamento do Jazz Band Columbia
Disco Columbia 5.224-B, matriz 380701
Lançado em julho de 1930



VOU PRA BAHIA
Samba Canção de Pedro de Sá Pereira e Correia da Silva
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Petit e Chaves
Disco Columbia 5.242-B, matriz 380766
Lançado em julho de 1930



CORAÇÃO DAS MUIÉ
Canção de Plínio Brito e Domingos Magarinos
Gravada por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Petit e Chaves
Disco Columbia 5.242-B, matriz 380767
Lançado em julho de 1930



O BARÃO DA BAHIA
De Maria Amélia Barros
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas e Zezinho
Disco Columbia 7.014-B, matriz 380830
Lançado em setembro de 1930



CADÊ MINHA POMBA ROLA
Batuque Popular, arranjo de Elsie Houston
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Jonas, Zezinho e Petit
Disco Columbia 7.014-B, matriz 380832
Lançado em setembro de 1930



SHOULD I
Fox Trot de Arthur Freed e Hacio Herb Brown
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento da Columbia Dance Orquestra
Disco Columbia 7.016-B, matriz 380798-1
Lançado em setembro de 1930



YOU DO SOMETHING TO ME
Fox Trot de Cole Porter
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento da Columbia Dance Orquestra
Disco Columbia 7.016-B, matriz 380799-1
Lançado em setembro de 1930



PUXA O MELÃO SABIÁ
Canção Pernambucana Popular, arranjo de Elsie Houston Peret
Gravada por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Zezinho e Petit
Disco Columbia 7.050-B, matriz 380831-1
Lançado em 1930



COCO DENDÊ TRAPIÁ - AI SABIÁ DA MATA
Cocos Populares do Norte, arranjo de Elsie Houston Peret
Gravados por Elsie Houston
Acompanhamento de Gaó, Zezinho Jonas e Chaves
Disco Columbia 7.050-B, matriz 380885-1
Lançado em 1930



CAPOTE DO MANGÔ É TEU
Samba de Faustino Pedro da Conceição
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento da Orquestra dos Batutas
Disco Victor 33.520-A, matriz 65321-1
Gravado em 07 de dezembro de 1931 e lançado em fevereiro de 1932




VEJO A LUA NO CÉU
Samba de Faustino Pedro da Conceição
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento da Orquestra dos Batutas
Disco Victor 33.520-B, matriz 65322-2
Gravado em 07 de dezembro de 1931 e lançado em fevereiro de 1932
Obs. Na verdade é uma marcha.



Gravações Estrangeiras


DESEJO (SERESTA Nº 10)
De Villa-Lobos
Gravação Gramophone Company realizada em Paris, em 20 de junho de 1928



NA PAZ DO OUTONO (SERESTA N° 06)
De Villa-Lobos
Gravação Gramophone Company realizada em Paris, em 20 de junho de 1928



REALEJO (SERESTA Nº 12)
De Villa-Lobos
Gravação Gramophone Company realizada em Paris, em 20 de junho de 1928



ESTRELA DO CÉU É LUA NOVA
De Villa-Lobos
Gravação Gramophone Company realizada em Paris, em 20 de junho de 1928



ESTOU COM PESO


Maxixe de Sebastião Cirino
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Carlitos et son Orchestre Bresilien
Número de matriz - OPG 1015-1ª
Número de Catálogo - K-7133
Gravação realizada na França em 1932



GURIATÃ DE COQUEIRO


Coco de Severino Rangel (Ratinho)
Gravado por Elsie Houston
Acompanhamento de Carlitos et son Orchestre Bresilien
Número de matriz - OPG 1018-1A
Número de Catálogo - K-7133
Gravação realizada na França em 1932



BERCEUSE AFRICANO-BRESILIENNE
Arranjo de Elsie Houston
Gravação Gramophone Company realizada em Paris, em 26 de setembro de 1933



XANGÔ
De Villa-Lobos
Gravação Liberty Music Shop realizada em New York, em junho de 1938



FOI NUMA NOITE CALMOSA (Nº 05 MODNHA CARIOCA)
Arranjo de Luciano Gallet
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 17 de janeiro de 1941



BAHIA
De Álvaro Moreira e Hekel Tavares
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



DANZA DE CABOCLO

Coco, arranjo de Hekel Tavares

Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



BIA-TA-TÁ
Coco, arranjo de Hekel Tavares
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



BENEDICTO PRETINHO
Coco, arranjo de Hekel Tavares
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



BERIMBAU, Op. 4
De Manuel Bandeira e Jayme Ovalle
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



CHARIÔ (TRÊS PONTOS DE SANTO, Op. 10, Nº 01)
De Jayme Ovalle
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



ARUANDA (TRÊS PONTOS DE SANTO, Op. 10, Nº 02)
De Jayme Ovalle
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941




ESTRELA DO MAR (TRÊS PONTOS DE SANTO, Op. 10, Nº 03)

De Jayme Ovalle
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



TAYÊRAS
Arranjo de Luciano Gallet
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



BABALELÊ
Arranjo de Luciano Gallet
Gravação RCA Victor realizada em New York, em 24 de janeiro de 1941



CANÇÃO DO CARREIRO (SERESTA Nº 08)
De Villa-Lobos
Gravação RCA Victor realizada em New York, em17 de janeiro de 1941












Agradecimento aos amigos Dijalma Cândido, Gilberto Inácio Gonçalves e ao Arquivo Nirez







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...