domingo, 12 de abril de 2020

RELEMBRANDO ZILÁ FONSECA - 101 ANOS

ZILÁ FONSECA
A Scena Muda, 1943
http://www.bjksdigital.museusegall.org.br/




Há 101 anos nascia a cantora e compositora ZILÁ FONSECA.

Iolanda Ribeiro Angarano nasceu em São Paulo, em 12 de abril de 1919.

Iniciou sua carreira artística como cantora em São Paulo por volta do início de julho de 1936, aos 17 anos de idade, cantando na Rádio Cruzeiro de São Paulo. Adotou o nome de Zilá Fonseca (Zilah, na grafia da época). Em 15 de novembro de 1936, um domingo, ela estreou na Rádio Difusora de São Paulo.



Zilá Fonseca
Carioca, 1937
Arquivo Nirez


Correio Paulistano, 05 de julho de 1936, p. 16
http://memoria.bn.br/


Correio de de S. Paulo, terça-feira 17 de novembro de 1936, p. 06
http://memoria.bn.br/


Gazeta de Notícias, 29 de maio de 1937
http://memoria.bn.br/

A Batalha, 11 de junho de 1937, p. 05
http://memoria.bn.br/

Em fevereiro de 1937, Zilá Fonseca era a candidata nº1 da 4ª Mi-Carême de São Paulo, realizada em 1937. Ela ficaria em sétimo lugar no final da apuração.


Correio de S. Paulo, 17 de fevereiro de 1937, p. 01
http://memoria.bn.br/


Correio de S. Paulo, 25 de fevereiro de 1937, p. 01
http://memoria.bn.br/


Correio Paulistano, 11 de fevereiro de 1939, p.07
http://memoria.bn.br/

O rádio dava grande popularidade à Zilá Fonseca, que gravou seu primeiro disco em São Paulo, pela Columbia, registrando a marcha Se ele perguntar por mim, e o samba Fiz esta canção, ambas composições de Sereno. Na Columbia, voltaria a gravar no final de 1939 e ao longo de 1940, com seus discos sendo lançados em janeiro, agosto e setembro de 1940.

No começo da década de 1940, Zilá Fonseca foi morar no Rio de Janeiro, seguindo com sua vitoriosa carreira na então Capital Federal. Nesta cidade, pela Victor, gravou um disco com as marchas À Vontade do Freguês, de Francisco Malfitano e Jorge Faraj, e Olha a Conga, de Francisco Malfitano e Aloísio Silva Araújo; o disco seria lançado em janeiro de 1942.


Carioca, 1940
http://memoria.bn.br/


A Noite Illustrada, 1942
http://memoria.bn.br/


O Cruzeiro, 1943
http://memoria.bn.br/


Careta, 1944
http://memoria.bn.br/


Fon Fon, 1944
http://memoria.bn.br/



O Cruzeiro, 1944
http://memoria.bn.br/

No Rio de Janeiro sua popularidade aumentou bastante, tendo ela participado da festa de comemoração das cinquenta apresentações da revista Melhorou Muito..., estrelada por Aracy Côrtes em 1940 no Theatro Recreio. Desta festa também tomaram parte Dorival Caymmi, Ary Barroso, Joel e Gaúcho, Carlos Galhardo e outros artistas.

No cinema, Zilá Fonseca apareceu em alguns filmes, cantando, como Vamos Cantar (1941) e Samba em Berlim (1943), entre outros.


Diário Carioca, 06 de fevereiro de 1941, p. 08
http://memoria.bn.br/

Em setembro de 1944, Zilá Fonseca era uma das atrações do programa radiofônico Alô, Brasil, exibido pela Rádio Tupi, ao lado de Heloísa Helena e Sílvio Caldas.


Diário Carioca, 21 de setembro de 1944, p. 05
http://memoria.bn.br/

Em 1945, ela voltaria a gravar pela Odeon indo, em 1948, para a Star. Ao longo da década de 1950 também gravaria pelas gravadoras Todamérica, Carnaval, Columbia; também gravaria pelos selos Chantecler, Ritmos e Sarau. Também se especializou em interpretar tangos e boleros.

Zilá Fonseca se casou, na segunda metade da década de 1940, com o locutor da Rádio Mayrink Veiga, Oswaldo Luiz. Em 1948, eles eram pais de Oswaldo Luiz Filho.


A Noite Illustrada, 1948
http://memoria.bn.br/


Zilá Fonseca faleceu no Rio de Janeiro, em 30 de maio de 1992, pouco mais de um mês depois de completar 73 anos de idade.



Para ouvir as primeiras gravações de Zilá Fonseca, acessem: http://bit.ly/2IXaiQY





ZILÁ FONSECA, 1938.
Revista Carioca, que trazia na legenda:
"Zilah Fonseca, novo elemento do 'broadcasting' paulista,
em que vem obtendo exito na interpretação de sambas e marchas.
Zilah pertence ao 'cast' da PRE-2, Radio Tupy".
Arquivo Nirez



A Scena Muda, , 1942
http://www.bjksdigital.museusegall.org.br/



Gravações de Zilá Fonseca


JÁ NÃO POSSO MAIS
Samba de Milton de Oliveira e Gilberto de Carvalho
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto com Abel e Raul
Disco Odeon 12.600-A, matriz 7834
Gravado em 17 de maio de 1945 e lançado em julho de 1945



MUITA GENTE CAI NO SAMBA
Samba de Ari Monteiro
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto com Abel e Raul
Disco Odeon 12.600-B, matriz 7835
Gravado em 17 de maio de 1945 e lançado em julho de 1945



NICANOR VAI SER CHUTADO
Samba de Haroldo Lobo e Milton De Oliveira
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Severino Araújo e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.677-A, matriz 7977
Gravado em 27 de dezembro de 1945 e lançado em fevereiro de 1946



DEOCLECIANO
Samba de Mário Amorim
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Severino Araújo e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.677-B, matriz 7978
Gravado em 27 de dezembro de 1945 e lançado em fevereiro de 1946



TOQUE O BONDE
Marcha de Zilá Fonseca
Gravada por Zilá Fonseca
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Star 97-A, matriz 97-1
Gravado em 1948 e lançado em dezembro de 1948



ONDE VAMOS MORAR
Samba de A. Valentim Santos e A. Evangelista Mendonça
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Raul e Seu Conjunto
Disco Star 97-B, matriz 97-2
Gravado em 1948 e lançado em dezembro de 1948



ÊTA PESSOAL
Marcha de Henrique de Almeida, Gadé e Humberto de Carvalho
Gravada por Zilá Fonseca
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 161-A, matriz S 161-A
Lançado em 1949



A AURORA VEM RAIANDO
Samba de Nelson Trigueiro
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 161-B, matriz S 161-B
Lançado em 1949



CHIQUITINHA
Baião de Jorge Tavares e Nestor de Holanda
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 207-A, matriz S 207-A
Lançado em 1950



CHEGA NEGUINHO
Samba de Hélio Nascimento
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 207-B, matriz S 207 B
Lançado em 1950



GARNIZÉ
Marcha de Pereira Matos e Hermes Amorim
Gravada por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Guio de Morais e Seus Parentes
Disco Carnaval 037-A, matriz CA-037A
Lançado em 1951



TUDO ACONTECE
Samba de Sebastião Gomes e Leal Silva
Gravado por Zilá Fonseca
Acompanhamento de Guio de Morais e Seus Parentes
Disco Carnaval 037-B, matriz CA-037B
Lançado em 1951















Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...