Páginas

Translate

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

DOLORES DURAN - 59 ANOS DE SAUDADE

DOLORES DURAN
http://radiobatuta.com.br


Há 59 anos falecia a cantora e compositora DOLORES DURAN.

Adiléa da Silva Rocha nasceu no Rio de Janeiro em 07 de junho de 1930.

Era filha de Josefa Silva da Rocha e Armindo José da Rocha, sendo a terceira de quatro filhos do casal. Seu pai era sargento da Marinha.

A pequena Adiléa já cantava desde os três anos de idade e, aos cinco anos, participava das festas de reisado e do grupo de pastorinhas, onde saía vestida de anjo.

Devido a morte de seu pai, sua mãe apressou sua profissionalização como cantora. Ao doze anos de idade, a garota atuava no Teatro da Tia Chiquinha, programa infantil da Rádio Tupi do Rio de Janeiro.

Aos dezesseis anos passou a adotar o nome Dolores Duran. A partir de então, apresentando-se na boate Vogue e também participando do programa de César de Alencar na Rádio Nacional, gravou seu primeiro disco em 1951, no selo Star, com os sambas Que bom será, da compositora Ailce Chaves, Salvador Miceli e Paulo Marques, e Já não interessa, de Domício da Costa e Roberto Faissal.

Ao longo da década de 1950, Dolores Duran se tornou uma das principais cantoras do país, lançando músicas de sucesso que são lembradas até hoje, como Canção da Volta, Manias, Por causa de você, A noite do meu bem e Fim de caso.

Em 1955, ela se casou com o radio ator e compositor Macedo Neto, adotando Maria Fernanda. Após três anos, o casal se separou.

Dolores Duran faleceu no Rio de Janeiro em 24 de outubro de 1959.

Para homenageá-la, trago alguns de seus sucessos, embalados por sua bonita e agradável voz.



QUE BOM SERÁ
Samba de Paulo Marques, Ailce Chaves e Salvador Miceli
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 305-A, matriz S 305 A
Gravado em 1951 e lançado em dezembro



JÁ NÃO INTERESSA
Samba de Domício Costa e Roberto Faissal
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto Star
Disco Star 305-B, matriz S 305 B
Gravado em 1951 e lançado em dezembro



OUTONO
Samba de Billy Blanco
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento de Orquestra
Disco Star 349-A, matriz S 349 A
Lançado em maio/junho de 1952



UM AMOR ASSIM
Samba Canção de Dora Lopes
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento de Conjunto Boate
Disco Star 349-B, matriz S 349 B
Lançado em maio/junho de 1952



CANÇÃO DA VOLTA
Samba Canção de Antônio Maria e Ismael Neto
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento de Orquestra
Disco Copacabana 5.256-B, matriz M-821
Lançado em 1954



MANIAS
Samba Canção de Flavio Cavalcânti e Celso Cavalcânti
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento de Orquestra
Disco Copacabana 5.432-A, matriz M-1186
Lançado em agosto/setembro de 1955



POR CAUSA DE VOCÊ
Samba Canção de Antônio Carlos Jobim (Tom) e Dolores Duran
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto de Severino Filho
Disco Copacabana 5.877-A, matriz M-2143
Lançado em março de 1958



ESTATUTOS DE BOATE
Samba de Billy Blanco
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto de Severino Filho
Disco Copacabana 5.877-B, matriz M-2144
Lançado em março de 1958



A NOITE DO MEU BEM
Samba Canção de Dolores Duran
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto Michel
Disco Copacabana 6.069, matriz M-2551
Lançado em dezembro de 1959



FIM DE CASO
Samba Canção de Dolores Duran
Gravado por Dolores Duran
Acompanhamento do Conjunto Michel
Disco Copacabana 6.069, matriz M-2552
Lançado em dezembro de 1959










Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte - dicionariompb.com.br










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...