domingo, 7 de junho de 2020

RELEMBRANDO O COMPOSITOR BORORÓ - 34 ANOS DE SAUDADE


BORORÓ
Jornal do Brasil, 08 de junho de 1986, p.20
http://memoria.bn.br/



Há 34 anos falecia o compositor BORORÓ.


Alberto de Castro Simoens da Silva nasceu no Rio de Janeiro em 15 de outubro de 1898. Era filho de Elvira de Castro Simoens da Silva e Alberto de Castro Simoens da Silva (Sinhozinho), famoso boêmio e que foi professor de violão do filho.

O jovem Alberto era sobrinho da Marquesa de Santos e esteve envolvido com a música desde a infância, cantando modinhas com letras de Castro Alves, Casimiro de Abreu, Melo Moraes Filho, entre outros autores.

Seu apelido de Bororó surgiu quando um grupo de índios Bororó visitou sua casa. Na época, ele cursava o primário no Colégio Santo Inácio e, ao saber da visita, seu professor passou a chama-lo de Bororó. No começo, não aceitou o apelido, mas este ficaria por toda sua vida.

Bororó conviveu com grandes nomes de nosso cancioneiro do começo do século XX, como João Pernambuco, Quincas Laranjeiras, Gustavo Ribeiro, Rogério Guimarães, Américo Jacomino (Canhoto), para citar alguns. Iniciou sua carreira artística como compositor por volta de 1920, compondo músicas para vários ranchos: Flor da Estopa, Lírio do Amor e Mimosas Cravinas.

Formou um conjunto ao lado de Carlinhos Santos Cruz (bandolim), Fernando Albuquerque (banjo) e Eudóxio Correia (banjo), onde cantava em festas, apresentando um repertório de lundus, valsas e modinhas.

Suas músicas foram pouco gravadas, mas o que se registrou em disco foi de grande qualidade.

Seu primeiro sucesso foi justamente a primeira composição de sua autoria a ser gravada: Da Cor do Pecado, que Sílvio Caldas registrou em disco em 1939. Outro sucesso viria em 1940 com o choro estilizado, Curare, gravado por Orlando Silva.

Suas músicas, em especial Da Cor do Pecado, seriam regravadas ao longo das décadas seguintes.

Exerceu vários trabalhos até se empregar, em 1931, no Ministério da Justiça.

Bororó faleceu no Rio de Janeiro em 07 de junho de 1986, aos 87 anos de idade.


Jornal do Brasil, 08 de junho de 1986, p.01
http://memoria.bn.br/







Jornal do Brasil, 08 de junho de 1986, p.20
http://memoria.bn.br/





DA COR DO PECADO
Samba de Simoens da Silva (Bororó)
Gravado por Sílvio Caldas
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.485-B, matriz 33114-1
Gravado em 06 de julho de 1939 e lançado em setembro de 1939



CURARE
Choro Estilizado de Alberto Simoens da Silva (Bororó)
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.667-A, matriz 33488-1
Gravado em 14 de agosto de 1940 e lançado em outubro de 1940



NÓS DOIS A SONHAR
Fox de De Simoens da Silva (Bororó) e Melo de Moraes Filho
Gravado por Newton Teixeira
Acompanhado pela Orquestra Odeon, sob a Direção de Fon Fon
Disco Odeon 12.145-B, matriz 6914
Gravado em 05 de março de 1942 e lançado em maio de 1942



CANÇÃO DO ESTUDANTE
Marcha de Alberto de Castro Simoens da Silva (Bororó)
Gravada por Moraes Neto
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.224-B, matriz 7073
Gravado em 29 de setembro de 1942 e lançado em novembro de 1942



QUE É, QUE É
Choro de Simoens da Silva (Bororó)
Gravado por Sílvio Caldas
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0106-A, matriz S-052776-1
Gravado em 18 de maio de 1943 e lançado em setembro de 1943



DISSIMULADA
Chorinho de Laurindo de Almeida de Simoes da Silva (Bororó)
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento dos Brazilian Serenaders
Disco Odeon 12.706-B, matriz 8039-1
Gravado em 13 de maio de 1946 e lançado em junho de 1946



SEMPRE ESPERAREI POR VOCÊ
Samba Canção de Simoens da Silva (Bororó)
Gravado pelo Quarteto Continental
Disco Continental 16.084-A, matriz 2071
Gravado em 04 de agosto de 1949 e lançado em julho/setembro de 1949



O NOSSO AMOR TEVE FIM
Samba de Simoens da Silva (Bororó) e Dino Ferreira
Gravado por Marion
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.147-B, matriz TA-233
Gravado em 22 de janeiro de 1952 e lançado em abril de 1952



MAUS TRATOS
Samba de Simoens da Silva (Bororó) e Dino Ferreira
Gravado por Elizeth Cardoso
Acompanhamento de Conjunto
Disco Todamérica TA-5.158-B, matriz TA-254
Gravado em 01 de abril de 1952 e lançado em maio de 1952



LEVIANA
Bolero de Simoens da Silva (Bororó)
Gravado por Os Cariocas
Acompanhamento de Conjunto
Disco RCA Victor 80-0979-A, matriz SB-093350
Gravado em 04 de julho de 1952 e lançado em setembro de 1952














Agradecimento ao Arquivo Nirez











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...