Translate

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

RELEMBRANDO ARIOVALDO PIRES (CAPITÃO FURTADO)


Ariovaldo Pires
Carioca, 1937
Arquivo Nirez


Hoje, vamos relembrar o cantor e compositor ARIOVALDO PIRES (CAPITÃO FURTADO).

Ariovaldo Pires nasceu em Tietê (SP) em 31 de agosto de 1907. Era sobrinho de Cornélio Pires, que foi pioneiro nas gravações de discos caipiras. Mudou-se, ainda criança, para Botucatu e, em 1926, para São Paulo, onde trabalhou (em 1927) como auxiliar de escritório na empresa Henrique Metzger.

Em 1929 participou da inauguração da Rádio Cruzeiro do Sul, encenando um quadro caipira, substituindo o ator Sebastião Arruda. Em sua estreia como letrista, compôs com Marcello Tupynambá a toada Coração.

Durante algum tempo, assumiu o papel de caipira no programa Cascatinha do Genaro, na Rádio Cruzeiro do Sul. Nessa rádio, ao lado de Celso Guimarães, criou o primeiro programa de calouros a utilizar esse título.

Passou a apresentar o programa Cascatinha do Genaro na Rádio São Paulo, PRA-5, em 1934. Nessa época, adotou o nome artístico de Capitão Furtado, em alusão a uma proposta malsucedida com a Rádio Cruzeiro do Sul.

Em 1935, ele atuaria como coordenador artístico do filme Fazendo Fita. Em 1936, tomou parte no Primeiro Concurso de Músicas Carnavalescas, organizado pela Comissão de Divertimentos Públicos da Prefeitura de São Paulo. Ary Barroso também participava e era dado como vencedor, porém, para a surpresa de todos, a composição que venceu foi Mulatinha da Caserna, da autoria de Capitão Furtado e Martinez Grau. Essa marcha seria gravada em janeiro de 1936, na Victor, por Januário de Oliveira e Arnaldo Pescuma.


Ariovaldo Pires, Irmãos Laureano e a garota Lourdes Guimarães.
Rádio Tupy.
Carioca, 1937.
Arquivo Nirez


O Malho, 1938
http://memoria.bn.br/

Ainda em 1936, Capitão Furtado iniciou uma parceria frutífera com Alvarenga e Ranchinho, que gravariam Itália e Abssínia. Os três começaram a trabalhar na Rádio Tupi do Rio de Janeiro também em 1936, formando a Trinca do Bom Humor e gravando várias composições.


O Malho, 1937
http://memoria.bn.br/


Ao lado da atriz Jurema de Magalhães, em 1936, Capitão Furtado gravou pela Odeon o belo diálogo amoroso intitulado Adoração, com Música de Antônio Campos Negreiro e Vicente Paiva.


Jurema de Magalhães
O Imparcial, 1941
http://memoria.bn.br/

Em 1937, Capitão Furtado gravaria sozinho ou em companhia de outros artistas vários trabalhos satíricos em linguajar caipira.

Deixou a Rádio Tupi em 1939, indo para a Rádio Nacional, onde ficou por pouco tempo. Nesse ano de 1939, estreou no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, O Tesouro do Sultão, de sua autoria, música de Radamés Gnattali, com a Companhia Jardel Jércolis. A peça foi um grande sucesso.


Fon Fon, 1939
http://memoria.bn.br/

No final de 1939, ele retornaria a São Paulo, criando na Rádio Difusora o programa Arraial da Curva Torta, revelando diversas duplas caipiras, sendo Tonico e Tinoco a principal.

Capitão Furtado teve suas composições gravadas por vários intérpretes dos anos 30 e 40, compondo vários estilos, inclusive fazendo versões, como a de Lili Marlene, gravada pelo ator e cantor Ênio Santos.

Dedicou-se à música caipira e sua divulgação ao longo das décadas, recebendo homenagens de grandes vultos desse estilo musical.

Capitão Furtado faleceu em São Paulo (SP), em 10 de novembro de 1979, aos 72 anos de idade.



O Malho, 1942
http://memoria.bn.br/





Capitão Furtado Intérprete


ADORAÇÃO
Diálogo Amoroso com Música de Antônio Campos Negreiro e Vicente Paiva
Gravado por Jurema de Magalhães e Ariovaldo Pires, com Vivi no Sax
Disco Odeon 11.460-B, matriz 5372
Gravado em 27 de maio de 1936 e lançado em abril de 1937



LIGA DOS BICHOS
Moda de Viola de Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Gravada por Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Violão e Viola
Disco Victor 34.092-B, matriz 80202-1
Gravado em 18 de agosto de 1936 e lançado em setembro de 1936



OS OLHOS DA MULHER
Toadinha de Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Gravada por Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Viola e Violão
Disco Victor 34.109-A, matriz 80225-1
Gravado em 01 de outubro de 1936 e lançado em novembro de 1936



VIDA DO ZÉ LUIZ
Cateretê de Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Gravado por Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Viola e Violão
Disco Victor 34.109-B, matriz 80226-1
Gravado em 01 de outubro de 1936 e lançado em novembro de 1936



NATAL DO SERTÃO
Flagrante de Osvaldo P. Pessoa e Lucília G. Villa Lobos
Gravado por Tia Chiquinha e Capitão Furtado
Acompanhamento do Coro dos Apiacás, sob direção de Lucília G. Villa Lobos
Disco Victor 34.116-A, matriz 80241-1
Gravado em 11 de novembro de 1936 e lançado em dezembro de 1936



VIDA DE UM CONDENADO
Moda de Viola de Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Gravada por Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Viola e Violão
Disco Victor 34.149-A, matriz 80308-1
Gravado em 01 de fevereiro de 1937 e lançado em fevereiro de 1937



CHALÉ FURTADO
Moda de Viola de Ariovaldo Pires, Alvarenga e Ranchinho
Gravada por Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho
Acompanhamento de Viola e Violão
Disco Victor 34.149-B, matriz 80309-1
Gravado em 01 de fevereiro de 1937 e lançado em fevereiro de 1937



ITALIANINHA
Poesia Sertaneja de Campos Negreiros
Gravada por Ariovaldo Pires (Capitão Furtado)
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.169-A, matriz 80368-1
Gravado em 16 de abril de 1937 e lançado em maio de 1937



BRINCADEIRA DE RODA
Cantiga Infantil Popular, arranjo de Dulce Malheiros e Ariovaldo Pires
Gravada por Dulcinha Malheiros e Ariovaldo Pires
Acompanhamento de Gaita, Flautinha e Violão
Disco Odeon 11.662-A, matriz 5884
Gravado em 23 de agosto de 1938 e lançado em novembro de 1938



SE ELA VOLTASSE
Poema Sertanejo de D. P.
Gravado por Capitão Furtado
Disco Continental 15.398-A, matriz 10435-1
Gravado em agosto de 1945




Capitão Furtado Compositor

MULATINHA DA CASERNA
Marcha de Martinez Grau e Ariovaldo Pires
Gravado por Arnaldo Pescuma e Januário de Oliveira
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.035-B, matriz 80095-1
Gravado em 24 de janeiro de 1936 e lançado em fevereiro de 1936



ÊTA BUTINA
Marcha de Ariovaldo Pires e Xerém
Gravado por Xerém e Tapuya
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.290-A, matriz 80671-1
Gravado em 31 de dezembro de 1937 e lançado em fevereiro de 1938



VIDA NA FAZENDA
Schottisch de Ariovaldo Pires e Xerém
Gravado por Xerém e Tapuia
Acompanhamento de Sua Tribo
Disco Victor 34.338-B, matriz 80729-1
Gravado em 04 de abril de 1938 e lançado em julho de 1938



CAIPIRA EM HOLLYWOOD (ARTISTAS DE CINEMA)
Moda de Viola de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e Alda Garrido
Gravado por Alda Garrido e Capitão Furtado
Acompanhamento de Viola e Violão
Disco Odeon 11.601-A, matriz 5793
Gravado em 06 de abril de 1938 e lançado em maio de 1938



LINDA FLOR QUE MORREU (E O VENTO LEVOU...)
Canção de Jota Soares e Ariovaldo Pires (Capitão Furtado)
Gravada por Gilberto Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.845-A, matriz 6318
Gravado em 27 de março de 1940 e lançado em maio de 1940



E O VENTO LEVOU
Valsa de Ariovaldo Pires e Jerônimo Cabral
Gravada por Orlando Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.622-A, matriz 33387-1
Gravado em 19 de abril de 1940 e lançado em junho de 1940



SANTA DOS MEUS AMORES
Vira de Kid Pepe e Ariovaldo Pires
Gravado por José Lemos
Acompanhamento do Conjunto Portugália
Disco Victor 34.664-A, matriz 33482-1
Gravado em 09 de agosto de 1940 e lançado em outubro de 1940



PERTINHO DO CÉU
Valsa de Vicente Paiva e Ariovaldo Pires
Gravada por Pedro Celestino
Acompanhamento do Conjunto Irmãos Barroso
Disco Odeon 11.979-A, matriz 6587
Gravado em 07 de março de 1941 e lançado em abril de 1941



FELIZ TROVADOR
Valsa de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e Luís Batista Jr.
Gravada por Gilberto Alves
Acompanhamento da Orquestra Copacabana, sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.978-A, matriz 6588
Gravado em 12 de março de 1941 e lançado em abril de 1941



O MEU ROMANCE DE AMOR
Fox Canção de Ariovaldo Pires e Luís Batista Jr.
Gravado por Gilberto Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon Sob Direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.978-B, matriz 6589
Gravado em 12 de março de 1941 e lançado em abril de 1941



A VOZ DA SAUDADE
Quadro Musicado de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado)
Gravado por Moraes Neto
Acompanhamento de Nhá Zefa e Sua Embaixada
Disco Odeon 12.249-B, matriz 6670
Gravado em 19 de maio de 1941 e lançado em janeiro de 1943



LAR DOCE LAR (SEREMOS TRÊS)
Marcha de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e Orlando Monelo
Gravada por Gilberto Alves
Acompanhamento de Fon Fon e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.230-A, marcha 7070
Gravado em 28 de setembro de 1942 e lançado em dezembro de 1942



AMAR
Fox Canção de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e Ítalo Izzo
Gravado por Gilberto Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon, sob a direção de Lírio Panicali
Disco Odeon 12.347-B, matriz 7343
Gravado em 15 de julho de 1943 e lançado em setembro de 1943



SOU TÃO FELIZ
Valsa de Carlos Helm e Ariovaldo Pires (Capitão Furtado)
Gravada por Christina Maristany
Acompanhamento de Milton Calazans e Sua Orquestra
Disco Odeon X-3.283-A, matriz 7374
Gravado em setembro de 1943 e lançado em 1943



POEMA
Canção de Zdenko Fibich e Ariovaldo Pires
Gravada por Christina Maristany
Acompanhamento de Milton Calazans e Sua Orquestra
Disco Odeon X-3.283-B, matriz 7373
Gravado em setembro de 1943 e lançado em 1943



QUE BOM (A BANDA DO ARRAIAL)
Valsa de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e V. Mugnai
Gravada por Gilberto Alves
Acompanhamento de Clovis Mamede e Sua Orquestra
Disco Odeon 12.431-B, matriz 7488
Gravado em 14 de fevereiro de 1944 e lançado em abril de 1944



EM VEZ DE ME AGRADECER
Cateretê de Ariovaldo Pires, Jaime Martins e Aimoré
Gravado por Tonico e Tinoco
Acompanhamento de Violas
Disco Continental 15.385-A, matriz 10324-1
Gravado em 26 de novembro de 1944 e lançado em julho de 1945



LILI MARLENE
Canção de N. Schultze, H. Leip e T. Connor, em versão de Ariovaldo Pires
Gravada por Ênio Santos
Acompanhamento de Orquestra
Disco Continental 15.387-A, matriz 10411-2
Gravado em 10 de junho de 1945 e lançado em agosto de 1945



CATARI CATARI (CORE 'NGRATO)
Canção Napolitana de S. Cardilio e R. Cordoferro, em versão de Ariovaldo Pires
Gravada por Osny Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 13.559-A, matriz 9925
Gravado em 08 de outubro de 1953 e lançado em dezembro de 1953



JURA-ME
Tango de Maria Grever, em versão de Ariovaldo Pires (Capitão Furtado)
Gravado por Osny Silva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 13.559-B, matriz 9926
Gravado em 08 de outubro de 1953 e lançado em dezembro de 1953











Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...