quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

VIOLETA CAVALCANTI - 05 ANOS DE SAUDADE


VIOLETA CAVALCANTI
A Noite Illustrada, 18 de maio de 1943
Arquivo Nirez


Há 05 anos falecia a cantora VIOLETA CAVALCANTI.

Violeta Cavalcanti nasceu em Manaus (AM), em 01 de 07 de 1923.

Passou a morar no Rio de Janeiro com sua família aos 09 anos de idade. Quando estudava na Escola Paraná, no bairro carioca de Madureira, conheceu Villa-Lobos e passou a integrar o Conjunto Orfeônico Infantil. Ela tinha 10 anos de idade e apresentou-se no Theatro Municipal com o coral das escolas públicas do Rio de Janeiro, como solista no Canto do Pajé.


Carioca, 1938.
http://memoria.bn.br



Carioca, 1939.
http://memoria.bn.br


Em 1940, participou do programa de calouros de Ary Barroso, cantando do repertório de Carmen Miranda (de quem era fã), O Samba e o Tango, conseguindo o primeiro lugar. Ary Barroso, diante do talento da garota, afirmou: “Ganhou, mas não leva. Você já é herdeira de Carmen Miranda, portanto, profissional, e o prêmio é para calouros”. Foi difícil convencer Ary Barroso que era a primeira vez que ela se apresentava no rádio. Com a ida de Carmen Miranda para os EUA, em 1939, o início de sua carreira foi favorecida, pois passou a cantar os sucessos da Pequena Notável.


VIOLETA CAVALCANTI
A Noite Illustrada, 06 de janeiro de 1942
Arquivo Nirez


Trabalhou nas rádios Tupi, Educadora e Ipanema. Nessa última, assinou seu primeiro contrato, onde se consagrou principalmente pela interpretação original de Camisa Listrada, sucesso de Carmen Miranda, e de autoria de Assis Valente, segundo o Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.

Violeta Cavalcanti gravou seu primeiro disco em 1940, pela Victor, com as marchas Vou sair de Pai João, de J. Cascata e Leonel Azevedo, e Pulo do Gato, de J. Cascata e Correia da Silva. Nessa gravadora ficaria até 1941, gravando nove músicas. Entre 1945 e 1946, gravaria oito músicas pela Continental. Nos anos 50 gravaria na Odeon, Sinter, Star e Capitol.


A Scena Muda 1945
http://memoria.bn.br


Em 1957 abandonou sua carreira artística para se casar, mas a retomaria vinte anos depois, incentivada por Paulinho da Viola.

A partir de 1988 passou a integrar o grupo vocal As Cantoras do Rádio, ao lado de Nora Ney, Rosita Gonzales, Zezé Gonzaga, Ellen de Lima, Carmélia Alves e Ademilde Fonseca.

Ainda em 2001, ao lado de Carmélia Alves, Carminha Mascarenhas e Ellen de Lima, estreou o show As Cantoras do Rádio: Estão Voltando as Flores, com roteiro e direção de Ricardo Cravo Albin, no Teatro-Café Arena, em Copacabana.

Violeta Cavalcanti faleceu no Rio de Janeiro em 14 de fevereiro de 2014, aos 90 anos de idade.


VIOLETA CAVALCANTI
A Noite Illustrada, 30 de junho de 1942
Arquivo Nirez


Trago suas gravações realizadas na Victor e na Continental entre 1940 e 1946.




VOU SAIR DE PAI JOÃO
Marcha de J. Cascata e Leonel Azevedo
Gravada por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.562-A, matriz 33284-1
Gravado em 21 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



PULO DO GATO
Marcha de J. Cascata e Correia da Silva
Gravada por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.562-B, matriz 33285-1
Gravado em 21 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



VOCÊ NÃO NEGA QUE É PALHAÇO
Frevo Canção de Nelson Ferreira
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.714-B, matriz 52092
Gravado em 26 de dezembro de 1940 e lançado em fevereiro de 1941



MEU DINHEIRO TEM
Batucada de Germano Augusto e Zé Pretinho
Gravada por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.795-A, matriz S-052263
Gravado em 10 de julho de 1941 e lançado em setembro



PAPAI NÃO VAI
Samba de Ataulfo Alves e Wilson Batista
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.795-B, matriz S-052264
Gravado em 10 de julho de 1941 e lançado em setembro



O COELHO SAI
Frevo Canção de Nelson Ferreira e Ziul Matos
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Passos e Sua Orquestra
Disco Victor 34.869-A, matriz S-052440     
Gravado em 03 de dezembro de 1941 e lançado em janeiro de 1942



VOVÔ, VOVÓ, EU E VOCÊ
Valsa Frevo de Nelson Ferreira
Gravada por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Passos e Sua Orquestra
Disco Victor 34.869-B, matriz S-052441
Gravado em 03 de dezembro de 1941 e lançado em janeiro de 1942



AUMENTO DE SALÁRIO
Samba de Ernâni Alvarenga e Paquito
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.233-A, matriz 932-1
Lançado em janeiro de 1945



CHEQUE À GRANEL
Marcha de Ernâni Alvarenga, Paquito e Antenor Gargalhada
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.233-B, matriz 933-1
Lançado em janeiro de 1945



QUEM MANDOU TELEFONAR
Samba de Romeu Gentil e Elpídio Viana
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.350-A, matriz 1122-1
Gravado em 22 de maio de 1945 e lançado em junho



LEILÃO DA BAIANA
Samba de Max Bulhões e Gustavo de Oliveira
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.350-B, matriz 1121-1
Gravado em 23 de maio de 1945 e lançado em junho



VOU TRATAR DE MIM
Samba de Roberto Martins e Mário Rossi
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Grande Conjunto
Disco Continental 15.495-A, matriz 1302-2
Gravado em 1945 e lançado em dezembro



TEM TAMANDUÁ NO BAILE
Marcha de Mário Rossi e Roberto Martins
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Grande Conjunto
Disco Continental 15.495-B, matriz 1303-2
Gravado em 1945 e lançado em dezembro



APROVEITA SEU ARISTEU
Samba de Hernâni Braga, Paquito e Mabial
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.688-A, matriz 1518-1
Lançado em setembro de 1946



ONTEM HOJE E AMANHÃ
Choro de Benedito Lacerda e Aldo Cabral
Gravado por Violeta Cavalcanti
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Continental 15.688-B, matriz 1517-1
Lançado em setembro de 1946











Agradecimento ao Arquivo Nirez
Fonte  - http://dicionariompb.com.br/violeta-cavalcanti










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...