sexta-feira, 9 de julho de 2021

RELEMBRANDO PEDRO RAIMUNDO

 
PEDRO RAIMUNDO







Pedro Raimundo foi um dos grandes sanfoneiros dos anos 40 e 50, representando a cultura do sul do país.
 
Saibam um pouco sobre sua vida e carreira.


Pedro Raimundo nasceu em Santa Catarina, na então Vila de Imaruí (hoje, cidade do mesmo nome), em 26 de junho de 1906. Nascido em uma humilde família, seu pai, João Felisberto, era pescador e sanfoneiro.
 
Pedro Raimundo começou a tocar sanfona aos 08 anos, trabalhando como pescador até os 17 anos. Ainda trabalharia na Estrada de Ferro Esplanada-Rio Deserto, em Santa Catarina, quando, em 1929, mudou-se para Porto Alegre. Aí, trabalhou como condutor de bondes, inspetor de tráfego, guarda-freios, maquinista de usina, balconista e oleiro. Quando trabalhava como chaveiro da estrada de ferro D. Teresa Cristina, foi vítima de um acidente, deixando-lhe um defeito na mão. Isso, no entanto, não o impediria de tocar sua sanfona com brilhantismo.


Pedro Raimundo aos 08 anos.
Revista do Rádio, 1949
http://memoria.bn.br/


 
Casou-se em 1926, na cidade de Lauro Muller (SC), e teve dois filhos.
 
No Rio Grande do Sul, na cidade de Porto Alegre, passou a trabalhar como sanfoneiro em bares e cafés. Em 1939, iniciou apresentações na Rádio farroupilha, organizando o Quarteto dos Tauras, passando a divulgar o gênero campeiro e o folclore gaúcho.
 
Querendo ir morar no Rio de Janeiro, Pedro Raimundo organizou, em 1943, um livro de ouro, angariando fundos para sua viagem, conseguindo fazer a mudança.
 
Uma vez no Rio de Janeiro, apresentou-se na Rádio Mayrink Veiga, no Show Muraro. Também se apresentou na Rádio Tupi, e nas rádios Tamoio, Guanabara e Globo.
 
Através de Almirante, foi contratado pela Rádio Nacional.




Carioca, 1944
http://memoria.bn.br/




Vamos Lêr!, 1944
http://memoria.bn.br/





Vamos Lêr!, 1944
http://memoria.bn.br/




Carioca, 1945
http://memoria.bn.br/




Fon Fon, 1945
http://memoria.bn.br/



 
Ainda no ano de 1943, gravou pela Columbia seu primeiro disco, interpretando músicas de sua autoria: o choro Tico-Tico no Terreiro e o xote Adeus, Mariana, tornando-se sucesso por todo o país. Ainda nesse ano, também de sua autoria, gravou o xote Se Deus quiser e a valsa Saudade de Laguna, onde ele declama alguns versos. Além de sanfoneiro, Pedro Raimundo também era compositor, cantor e instrumentista.
 
Em 1945, foi agraciado com o título de Gaúcho Alegre do Rádio, sendo um dos maiores cantores de xotes e músicas gauchescas alegres.
 
Ele foi o primeiro artista do sul do país que obteve sucesso nacionalmente, apresentando-se vestido com trajes típicos gaúchos.


Visão Brasileira, 1945
http://memoria.bn.br/




Visão Brasileira, 1945
http://memoria.bn.br/




Revista da Semana, 1947
http://memoria.bn.br/





A Scena Muda, 1947
http://memoria.bn.br/




A Scena Muda, 1947
http://memoria.bn.br/




Revista do Rádio, 1949
http://memoria.bn.br/



 
No cinema, Pedro Raimundo apareceu no filme Uma Luz na Estrada (1949), de Alberto Pieralise, e Natureza Gaúcha (1959), de Rafael Mancini.
 
Gravou mais de 50 discos em 78 rpm e lançou artistas como a dupla Lolita Gil e Roberto Viana, meus tios bisavós, que atuavam no Rio de Janeiro. Foram batizados por Pedro Raimundo como a Dupla Serrana (a primeira com esse nome).
 
Pedro Raimundo faleceu 09 de julho de 1973, no Rio de Janeiro, uma semana após completar 67 anos de idade.
 

Sua biografia sairia em livro no ano de 1986, escrita por Israel Lopes e Vitor Minas, lançada pela Editora Tchê, de Porto Alegre.



Fon Fon, 1952
http://memoria.bn.br/





TICO-TICO NO TERREIRO
Choro de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo ao Acordeon
Acompanhamento do Regional de Rogério Guimarães
Disco Columbia 55.462-A, matriz 658-1
Lançado em setembro de 1943



ADEUS MARIANA
Schottisch de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo ao Acordeon
Acompanhamento do Regional de Rogério Guimarães
Disco Columbia 55.462-B, matriz 661-1
Lançado em setembro de 1943


 
SAUDADE DE LAGUNA
Valsa de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo e Declamação
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.108-A, matriz 660-1
Gravado em 1943 e lançado em dezembro de 1943


 
SE DEUS QUISER
Xote de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Seu Acordeon e Conjunto
Disco Continental 15.108-B, matriz 659-1
Gravado em 1943 e lançado em dezembro de 1943


 
O CARRETEIRO
Toada de Pedro Raimundo e Pirajá
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.127-A, matriz 734-1
Lançado em abril de 1944


 
CONTIGO NO PENSAMENTO
Valsa de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.127-B, matriz 735-1
Lançado em abril de 1944


 
MEU CAVALO PARELHEIRO
Rancheira de Pedro Raimundo e Pirajá
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.128-A, matriz 736-1
Lançado em abril de 1944


 
ESCADARIA
Choro de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.128-B, matriz 737-1
Lançado em abril de 1944


 
DE GALHO EM GALHO
Choro de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo ao Acordeon
Acompanhamento de Violões
Disco continental 15.165-A, matriz 799-1
Gravado em 1944 lançado em junho de 1944


 
MORENA FACEIRA
Rancheira de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo ao Acordeon e Canto
Acompanhamento de Violões
Disco continental 15.165-B, matriz 800-1
Gravado em 1944 lançado em junho de 1944


 
GAÚCHO LARGADO
Toada de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.178-A, matriz 801-1
Lançado em junho de 1944


 
CUIDADO MANECA
Polca de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo ao Acordeon e Fala
Acompanhamento de Conjunto Regional
Disco Continental 15.178-B, matriz 802-1
Lançado em junho de 1944


 
FLOR BRASILEIRA
Toada de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento do Conjunto Tocantins
Disco Continental 15.205-A, matriz 860-1
Lançado em setembro de 1944


 
LAMENTOS
Tango de Pedro Raimundo
Gravado por Pedro Raimundo
Acompanhamento de Pereira Filho ao Violão
Disco Continental 15.205-B, matriz 923-1
Lançado em setembro de 1944



SÚPLICA
Valsa de José Marcílio, Déo e Otávio Gabus Mendes
Gravada por Pedro Raimundo ao Acordeon
Disco Continental 15.206-A, matriz 863-1
Gravado em 1944 e lançado em setembro de 1944



ADEUS MOÇADA
Polquinha de Pedro Raimundo
Gravada por Pedro Raimundo
Acompanhamento do Conjunto Tocantins
Disco Continental 15.206-B, matriz 862-1
Lançado em setembro de 1944














Agradecimento ao Arquivo Nirez










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...