sábado, 5 de fevereiro de 2022

LANA BITTENCOURT - 90 ANOS

LANA BITTENCOURT, 1958
Fundo Correio da Manhã
Arquivo Nacional




Hoje é dia de parabenizar a cantora LANA BITTENCOURT.
 
Nascida Irlan Figueiredo Passos, no Rio de Janeiro, em 05 de fevereiro de 1932, Lana Bittencourt brilharia como uma de nossas maiores cantoras a partir da década de 1950.


Estudou canto com sua avó, que era cantora lírica, e teatro com Renato Vianna e Olavo de Barros.
 
Em 1953, passou a cantar profissionalmente, recebendo nesse mesmo ano um prêmio de revelação da Rádio e TV Tupi. Ainda atuaria na Rádio Mayrink Veiga e apresentaria um programa de televisão na TV Paulistana (SP), em 1954.
 
Gravou seu primeiro disco em 30 de março de 1954 pela Todamérica, com os sambas: Samba da Noite, de Luís Fernand e Wilton Franco e Emoção, de Emanoel Gitahy e Wilson Preiera. O disco foi lançado em maio de 1954.
 
Gravou também pela Columbia e, com a chegada do Rock´ and Roll em nosso país, Lana Bittencourt gravaria algumas músicas nesse estilo, como Little Darling (1956), de M. Williams, com muito sucesso.



Little Darling (1956)



 
Ainda em 1956, gravou o sucesso Se Todos Fossem Iguais a Você, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, vendendo muitos discos.
 
Uma de suas belas interpretações é a gravação de Hymne à L'amour (Hino ao Amor), de Marguerite Monnot e Edith Piaf.
 
O sucesso de Lilltle Darling fez com que o produtor Nat Shapiro viesse ao Brasil e a convidasse para se apresentar no programa Ed Sullivan Show, um dos sucessos da TV nos EUA, em 1958. Ela cantou à capela, pois os músicos que iriam acompanhá-la não apareceram. Ao lado de Leny Eversong e dos Índios Tabajara, Lana Bittencourt foi uma das poucas brasileiras que se apresentou no célebre programa.
 
No cinema, atuou em Maluco por Mulher (1957), ao lado de Mazzaropi. Ainda atuaria em Chofer de Praça (1958), Jeca Tatu (1960), Esse Rio que eu amo (1962), entre outros.


Jeca Tatu (1960)

Lana Bittencourt canta Ave Maria



 
Lana Bittencourt ainda está em plena atividade, cantando.
 
Durante a pandemia de 2020, ela chegou a fazer algumas lives.
 
 

LANA BITTENCOURT
https://lemeriodejaneiro.blogspot.com/





Parabéns à Grande Cantora!!








SAMBA DA NOITE

Samba de Luís Fernando e Wilton Franco
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.409-A, matriz TA-626
Gravado em 30 de março de 1954 e lançado em maio de 1954


 
EMOÇÃO
Samba de Emanoel Gitahy e Wilson Preiera
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.409-B, matriz TA-627
Gravado em 30 de março de 1954 e lançado em maio de 1954


 
REGENERAÇÃO
Samba de César Siqueira
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.444-A, matriz TA-687
Gravado em 13 de julho de 1954 e lançado em agosto de 1954


 
NASCI PRA VOCÊ
Samba de Peterpan
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.444-B, matriz TA-688
Gravado em 13 de julho de 1954 e lançado em agosto de 1954


 
ROUXINOL
Marcha Hino de Luís Antônio
Gravada por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.498-A, matriz TA-741
Gravado em 12 de outubro de 1954 e lançado em dezembro de 1954


 
BABAU
Batucada de Caribé da Rocha
Gravada por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Orquestra
Disco Todamérica TA-5.498-B, matriz TA-742
Gravado em 12 de outubro de 1954 e lançado em dezembro de 1954


 
JUCA
Fox de Haroldo Barbosa
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Renato de Oliveira e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-10.157-A, matriz CBO-489
Lançado em junho de 1955


 
JOHNNY GUITAR
Bolero de Victor Young, em Versão de Júlio Nagib
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Renato de Oliveira e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-10.157-B, matriz CBO-488
Lançado em junho de 1955


 
MALAGUEÑA
Fantasia Espanhola de Ernesto Lecuona, em Versão de Júlio Nagib
Gravada por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Renato de Oliveira e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-10.169-A, matriz CBO-518
Lançado em agosto de 1955


 
POBRE MENINO RICO
Samba de Vargas Jr. e Oscar Bellandi
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-10.169-B, matriz CBO-515
Lançado em agosto de 1955


 
ANDALUCIA
Rumba de Ernesto Lecuona, em Versão de Júlio Nagib
Gravada por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Renato de Oliveira e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-10.185-A, matriz CBO-568
Lançado em agosto de 1955


 
PORQUÊ É
Samba Choro de Milton Legey e Paulo Menezes
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-10.185-B, matriz CBO-569
Lançado em agosto de 1955


 
DOLORES
Beguine de Hubert Giraud, em Versão de Edson Borges
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-10.262-A, matriz CBO-722
Lançado em outubro de 1956


 
MEU CASO
Samba Canção de Betinho e Nazareno de Brito
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-10.262-B, matriz CBO-723
Lançado em outubro de 1956


 
SE TODOS FOSSEM IGUAIS A VOCÊ
Samba Canção de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-11.009-B, matriz CBO-1144
Lançado em 1956


 
QUERO IR À BAHIA
Choro de Oscar Belandi e Elias Ramos
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-11.033-B, matriz CBO-1116
Lançado em 1958


 
SUMMERTIME
Calipso de Du Bose Heyward e George Gershwin
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Lírio Panicali e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-11.042-B, matriz CBO-1589
Lançado em 1958


 
GRAÇAS A DEUS
Samba Canção de Fernando César
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-11.069-B, matriz CBO-1594
Lançado em 1958


 
AVE MARIA
Samba Canção de Jayme redondo e Vicente Paiva
Gravado por Lana Bittencourt
Disco Columbia CB-11.124-A, matriz CBO-1121
Lançado em 1959


 
HYMNE À L'AMOUR (HINO AO AMOR)
De Marguerite Monnot e Edith Piaf
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Lírio Panicali e Sua Orquestra
Disco Columbia CB-11.147-A, matriz CBO-1588
Lançado em 1960


 
O DIO MIO
De Hoffman, Manning e Othon Russo
Gravado por Lana Bittencourt
Acompanhamento de Bob Rose e Seu Conjunto
Disco Columbia 3.151, matriz CBO-2646
Lançado em 1961














Agredecimento a Diego Nunes (https://www.memoriascinematograficas.com.br/)
e ao Arquivo Nirez









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...